Animais

Raças mais dóceis de cachorro: veja as 10 principais!

Conheça, hoje, as raças mais dóceis de cachorro! Assim, encontre um companheiro verdadeiramente amoroso para seus dias!

Anúncios

Descubra as raças mais dóceis de cachorro

Raças mais dóceis de cachorro
Raças mais dóceis de cachorro

Você sabe quais são as raças mais dóceis de cachorro? Pois, então, conheça hoje as que se destacam nesse querido e encontre um pet cheio de amor pra dar!

Pessoas buscam pets por motivos diversos. Quando estamos falando de cães, muitos buscam um companheiro que também auxilie na segurança do lar. Outros cachorros, ainda, são ótimos para o pastoreio ou mesmo para a caça.

Assim, também existem as raças que são mais dóceis, as quais são especiais para ter no lar. Especialmente em lares em que há crianças ou idosos. Por isso, não deixe de conferir hoje quais são os cães que possuem fama de doçura e carinho.

Anúncios

Existem raças de cachorro que são mais dóceis do que as outras?

Sim. Existem algumas raças que naturalmente se acostumam melhor com lares, brincadeiras e pessoas de todas as idades. Isso é algo natural. Da mesma forma que alguns cães são melhores para caça, outros são melhores para companhia.

Isso, é claro, dependerá também da criação dos cães. Porém, de modo geral existem aqueles com tendências para serem mais carinhosos. Por isso, não deixe de ver, abaixo, nossa lista com as 10 raças mais dóceis!

Raças de gatos preferidas pelos brasileiros

Você conhece as principais raças de gatos que encontramos no Brasil? Pois se você ama bichinhos não deixe de conferir, abaixo, as mais comuns!

10 raças mais dóceis de cachorro para você se apaixonar

Listamos os cães que contam com as melhores famas quando o assunto é carinho. Contudo, saiba que todos os cachorros são aptos a dar amor e isso depende da sua criação e da dedicação e cuidados que você empenha a ele.

Anúncios

Golden Retriever

A primeira das raças mais dóceis de cachorro é Golden Retriever. Os cães dessa raça se adaptam perfeitamente com idosos, crianças e outros animais. Não à toa, aliás, muitas pessoas com deficiência visual utilizam-nos como cães-guia. 

Eles são muito sociáveis, gentis e pacientes. Uma coisa que chama muita atenção é a noção que eles possuem quanto à força. Com adultos, tendem a ser mais agitados, enquanto desaceleram ao lidar com crianças e idosos. 

Contudo, é preciso lembrar: eles são conhecidos por serem agitados e cheios de energia. Por isso, dependem de atenção, brincadeiras e passeios diários.    

Labrador Retriever

Outro Retriever que se destaca é o Labrador, que também está entre as raças mais dóceis de cachorro. Eles são conhecidos por serem desprovidos de agressividade, bem como ótimas companhias para crianças e idosos.

Novamente, temos um cão que ao mesmo tempo que é tranqüilo e paciente, também esbanja energia. Por isso, muitas vezes essa raça, bem como a anterior, requer adestramento. Ainda, dependem de brincadeiras e atenção diária.

Dachshund

Os “salsichinhas” também encontram lugar na nossa lista de raças mais dóceis de cachorro. Super amorosos, esbanjam carinho e companheirismo. Contudo, muitas vezes podem se tornar agressivos com terceiros, o que decorre da proteção que concede aos donos.   

Assim como Goldens e Labradores, requerem brincadeiras diárias. Entretanto, também precisam de um momento só deles, para descansar e relaxar.

Pug

Conheça as raças mais dóceis de cachorro
Conheça as raças mais dóceis de cachorro

O pug também figura dentre as raças mais dóceis de cachorro. Eles amam estar perto dos donos, seja para brincar ou simplesmente se espichar no sofá. Cheios de bom humor, garantem momentos diários agradáveis e sem estresse.

Diferentemente dos “salsichas”, contudo, costumam ser muito receptivos com terceiros. Por isso, se a sua casa conta com visitas constantes, esse pode ser a melhor opção!

Beagle

Aqui, novamente, temos uma combinação entre carinho e muita energia. Os Beagles estão dentre as raças mais dóceis de cachorro ao mesmo tempo que estão dentre os mais brincalhões e aventureiros.

Isso, então, faz com que ele demande atenção. Muitas vezes, ainda, precisam de adestramento. Porém, com os cuidados certos eles podem ser a alegria diária das crianças.

Poodle

Obedientes, fiéis, inteligentes e dóceis, os Poodles também não poderiam ficar fora da nossa lista. Porém, seu companheirismo e bom comportamento dependem de alguns treinamentos na infância pra evitar a teimosia característica.

No geral, são ótimos para crianças e idosos e costumam ser menos enérgicos que as raças que listamos acima.

Lhasa Apso

Outra das raças mais dóceis de cachorro é o Lhasa Apso. E isso é muito interessante, visto que a personalidade forte desses pequenos muitas vezes os faz passar pelo contrário. Por isso, não se engane! Eles são incríveis e muito companheiros.

Leal e doce, requer brincadeiras para demonstrar esse lado. Entretanto, em pouco tempo se entrega completamente e será, com certeza, um grande companheiro para crianças se toda a família. 

Buldogue inglês

Continuando a nossa lista de raças mais dóceis de cachorro temos um que tende a enganar em um primeiro momento. Estamos falando do Bulldog Inglês. Apesar da cara aparentemente brava e fechada, o resultado é amor e companheirismo. 

Apesar de poder apresentar dificuldade de interação com outras raças, ele é ótimo para crianças e brincadeiras. Basta ter um pouco de paciência para adaptá-lo. Então, ele se torna um xodó perfeito para seu lar, traquilo e amável.

Dálmata – uma das raças mais dóceis de cachorro que existe

Raças mais dóceis de cachorro
Raças mais dóceis de cachorro

Para terminar a nossa lista de raças mais dóceis de cachorro temos os dálmatas. Eles são cães muito amigáveis e brincalhões. De porte médio a grande, são famosos pela pelagem branca com manchas pretas. Assim, além de terem conquistado as telas do cinema, podem conquistar seu lar.

Esses cães se caracterizam pela animação e a inteligência. Ainda, costumam ser muito comportados. Isso ajuda na sua adaptação com a família e com outros animais.

Shih-tsu

Outra das raças mais dóceis de cachorro é o Shih-tsu. E ele é ótimo, também, para espaços pequenos, uma vez que tem porte pequeno. O cão dessa raça costuma ser brincalhão e, ao mesmo tempo, companheiro para qualquer coisa. E isso inclui até mesmo sonecas.

Eles se adaptam facilmente com outros animais, bem como com todos os membros da família. Aqui, contudo, existem dois cuidados cruciais. O primeiro se refere à pelagem deles. Por terem pelos compridos, os Shih-tsu requerem tosas freqüentes, escovação do pelo e produtos especiais.

Além disso, eles não abrem mão de uma caminhada diária. Assim, somente opte por essa, dentre as raças mais dóceis de cachorro, caso você tenha tempo para isso. Caso tenha, saiba que a experiência será incrível!

Banho em cachorro

Dar banho em seu cachorro é algo essencial para a saúde do seu pet e para o bem-estar de todos. Mas qual é a frequência correta? Confira a resposta aqui!

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Em Alta

content

Gato anão: conheça a raça Munchkin

O Munchkin é uma raça doméstica de gato anão. Possui pernas curtas devido à uma mutação genética natural. Se parece com um gato em miniatura.

Continue lendo
content

Com quantos dias os gatos abrem os olhos? Saiba aqui!

Com quantos dias gatos abrem os olhos? Essa é uma dúvida muito comum dos tutores que estão com gatos filhotes! Por isso, tire suas dúvidas.

Continue lendo
content

Sobrancelhas Perfeitas: conheça o curso aqui!

O curso Sobrancelhas Perfeitas é ideal para você que está buscando ingressar na área de beleza e estética! Veja mais sobre o curso aqui.

Continue lendo

Gatos

Dietas para felinos: saiba tudo sobre os diferentes tipos

Você é um tutor de gato? Então precisa ficar de olho nas dietas para felinos e nos nutrientes essenciais para seu pet. Conheça mais sobre o assunto!

Descubra todos os tipos de dietas para felinos e seus benefícios

Cada gato possui uma necessidade nutricional diferente, isso pode variar por diversos fatores, incluindo fatores comportamentais, raça e região onde habitam. Logo, as dietas para felinos devem atender a todas as necessidades.

E por isso, é necessário entender quais são os tipos de dietas disponíveis para os felinos, de forma que o alimente, e mantenha-o saudável.

Diferentes tipos de dietas para felinos

Quando falamos em dietas para felinos não nos referimos apenas àquelas para controle de peso. Em verdade, elas dizem respeito à alimentação equilibrada, essencial para gatos!

Logo, existem diferentes tipos de alimentos que auxiliam na saúde do seu gato. Por isso, elas não são importantes apenas quando ele está com algum problema. Ou seja, elas são essenciais ao bom desenvolvimento em todas as fases da vida.

Contudo, a dieta ideal para o seu gato depende das condições de saúde dele.

Em termos gerais, ele necessita de proteínas, gorduras saudáveis (Ômega 3 e 6) e carboidratos. As proteínas são as substâncias mais importantes dentre essas três.

Porém, é possível que essa alimentação precise de outros cuidados. Isso ocorre quando o seu gato possui algum tipo de restrição, como em caso de alergias.

Igualmente, no caso de obesidade felina. Da mesma forma, por problemas gastrointestinais ou urinários.

Assim, dentre os tipos de dietas para felinos estão:

  • Alimentação natural;
  • Alimentos naturais combinados com industrializados;
  • Dietas especiais com restrição de substâncias em razão de alergias;
  • Alimentação com restrição de gorduras e com base em proteínas para emagrecimento.

Dessa forma, essa pode parecer uma tarefa complicada. Entretanto, com a orientação correta e com os cuidados essenciais, você pode tirar isso de letra!

Por isso, abaixo, encontre dicas que vão ajudar você a encontrar o equilíbrio perfeito para a alimentação do seu gato!

Como escolher uma areia de gato adequada?

Quem é tutor de gatos, sabe que a caixinha de areia dos gatos é uma das coisas mais importantes para se ter em casa. Descubra como escolher a areia de gato mais adequada!

Qual a dieta ideal para gatos?

A dieta para felinos dependerá de cada gato. Afinal, condições de saúde trazem variações quanto aos alimentos e proporções de nutrientes essenciais.

Atualmente, existem diversos tipos de dietas para gatos. Isso decorre da pluralidade dos tipos de alimentos para os felinos. Veja quais são os principais tipos deles:

  • Alimentos secos: os alimentos secos são as rações e os petiscos. Eles contêm baixo teor de gordura e geralmente incluem ingredientes como peixes, vitaminas e outras proteínas. Não deve ser o único tipo de alimento nas dietas para gatos. Muitas das marcas pesam a mão nos corantes e conservantes, o que pode ser prejudicial;
  • Semi-secos: são os alimentos de mais difícil conservação e também mais caros. Eles contêm bastante nutrientes;
  • Úmidos: são os saches e enlatados. Eles se destacam principalmente pela hidratação que promovem. Isso é interessante pela baixa ingestão de água pelos felinos. Contudo, possuem muitos conservantes, de forma que devem ter controle;
  • Alimentação natural: por fim, também existem os alimentos naturais. Eles são os produtos in natura, como carnes, legumes, tubérculos e outros. Nesse caso, há o cozimento dos alimentos para os felinos, sem adição de sal ou qualquer tipo de tempero. Podem dar mais trabalho, mas também oferecem o maior equilíbrio alimentar quando feitas corretamente.

Contudo, diante da pluralidade de alimentos, também temos a diversidade de dietas para felinos. Elas podem se pautar no uso de todos os tipos de alimentos ou de dois deles. Para entender como funciona, confira os itens que se seguem!

É melhor dar ração ou comida para gatos?

Até há alguns anos atrás era comum que os pets fossem alimentados com comida caseira. Nesse caso, os mesmos alimentos que iam ao prato dos humanos iam, também, para a tigela dos gatos e cães.

Isso se devia ao alto preço das rações industriais. Igualmente, à falta de conhecimento sobre as melhores formas de tratar o pet. Contudo, hoje o cenário é outro. O mais comum, agora, é o uso dos alimentos secos e industrializados.

Contudo, qual é o melhor para as dietas para felinos? Isso dependerá de cada caso. Primeiramente, a comida caseira para gatos, do mesmo estilo de consumo dos humanos, não é uma alternativa.

Além disso, não é possível compartilhar os mesmos alimentos. Afinal, nós consumimos temperos, sal e gorduras diversas. Já os felinos não devem consumir essas substâncias, que podem lhes causar problemas irreversíveis.

Porém, isso não significa que a alimentação caseira não seja possível para as dietas para gatos. Em verdade, a alimentação feita em casa é possível, mas deve ser natural, longe de sal e de adição de gorduras.

O melhor, a princípio, é equilibrar as dietas para felinos com ração e alimentação caseira, caso não seja possível manter apenas a segunda opção. Com isso, eles absorvem todos os nutrientes essenciais para o organismo saudável e pelos fortes e brilhantes!

5 dicas para uma boa dieta para felinos

Veja, por fim, 05 dicas para desenvolver para o seu pet um cardápio completo. Com as dietas para gatos você melhora a saúde do seu gatinho e garante longevidade e qualidade de vida.

1. Promova a alimentação natural nas dietas para felinos

Primeiramente, considere a alimentação natural como uma via para promover a saúde do seu gato. Ela consiste no preparo de alimentos em casa, seguindo uma dieta com proporções exatas.

Para isso, consulte o médico veterinário sobre as suas opções. Caso não seja possível adotar integralmente as dietas para gatos com alimentação natural, ao menos a use em conjunto com os alimentos secos.

2. Invista em proteínas de qualidade

Outra dica essencial para as dietas para felinos é utilizar proteínas de qualidade. Esse é o principal nutriente na alimentação dos gatos.

Ademais, é importante que sejam ricas em ômega 3 e 6. Também, o controle quanto à gordura. Assim, ótimas opções são ovos cozidos e carnes magras cozidas.

3. Cuidado com as frutas

Portanto, ao procurar a alimentação natural, tenha cuidado com as frutas. Pois algumas, como abacate e uva, são contraindicadas. Elas causam problemas gastrointestinais pelo excesso de gordura e reação urinária,

4. Jamais dê chocolate ao seu gato

Ademais, nunca dê chocolate ao seu gato. As dietas para felinos excluem os doces de forma completa, sendo que os chocolates são os principais perigos.

Contudo, eles são tóxicos para os gatos.

5. Hidratação é essencial

Por fim, saiba que as dietas para gatos exigem cuidado com a hidratação. Esses felinos tendem a tomar pouca água. Uma forma de promover maior consumo é mantendo os potes sempre limpos.

Ou, ainda, investir em uma fonte elétrica, eis que eles preferem água corrente.

Recomendações importantes para a dieta felina

A saúde dos gatos depende do respeito às recomendações para dieta felina. Conheça, abaixo, as principais delas para o bem-estar dos bichanos.

Você também pode gostar

content

Curso de sobrancelha Senac: conheça o curso online!

Conheça o curso de sobrancelha Senac, com conteúdo de qualidade e certificação, ele é ideal para quem quer se especializar na área!

Continue lendo
content

Cólica no cachorro: o que fazer para ajudar?

A cólica no cachorro pode trazer muito desconforto e dor ao seu melhor amigo. Por isso é importante identificar e tratar, veja como aqui!

Continue lendo
content

Como fazer o Curso de maquiagem Escola Madre?

Se você quer fazer o curso de maquiagem Escola Madre, então, confira aqui o passo a passo e aproveite todo o conteúdo desse curso incrível!

Continue lendo