Gatos

Infecção urinária em gatos castrados: saiba como identificar!

Os felinos podem ter pré-disposição a apresentar infecção urinária. Embora seja uma doença comum, ela pode causar estragos no trato urinário do seu pet. Confira alguns sinais e sintomas e veja como evitar o surgimento!

Anúncios

por Samantha Scorbaioli

Publicado em 12/08/2022

Como saber se seu gato está com infecção urinária? Veja algumas dicas!

Entenda mais sobre essa doença. Fonte: AdobeStock.
Entenda mais sobre essa doença. Fonte: AdobeStock.

Embora a infecção urinária seja uma doença comum entre os felinos, muitos tutores podem encontrar dificuldades em identifica-la. Afinal, a infecção urinária em gatos castrados é de fato mais comum?

Além dessas dúvidas, é importante entender a gravidade dessa doença nos bichanos e ficar atento ao seu comportamento. Nesse sentido, os gatos podem apresentar sinais que podem indicar a presença de infecção.

Gato se esfregando em cachorro

Gato ou cachorro: qual a escolha ideal para você?

Tanto o gato quanto o cachorro têm seu lado positivo e negativo quando se trata de animais de estimação. Confira aqui tudo o que você precisa saber antes de adotar!

Ademais, também existem algumas dicas que podem evitar a doença, além de deixar a vida do seu gato mais saudável. Então, quer saber mais detalhes sobre a infecção urinária em gatos castrados e não castrados?

Preparamos um conteúdo exclusivo com as principais dúvidas para você entender de fato a causa dessa doença e ainda algumas dicas de como evitar. Portanto, continue a leitura e confira tudo o que você precisa saber!

Anúncios

Qual a causa da infecção urinária em gatos?

Primeiramente, é importante informar que existem diferentes tipos de infecção urinária. Nesse sentido, ela pode ser do tipo bacteriana, pode ser causada por fungos ou até mesmo a Síndrome de Pandora.

Mas, afinal, como saber qual delas está afetando seu pet? Pois bem, é imprescindível que você leve seu gato para uma avaliação veterinária caso ele apresente algum desconforto ao urinar ou outro sintoma.

No entanto, existem alguns padrões que podem te ajudar a identificar a causa de uma infecção urinária. Por exemplo, gatos mais velhos costumam apresentar a doença do tipo bacteriana ou por fungos.

Gato branco sendo examinado por veterinário

Primeira visita do gato ao veterinário

Se você é um tutor de primeira viagem, ou mesmo tendo mais de um animal de estimação, é importante entender o que fazer na primeira visita do gato ao veterinário.

Enquanto isso, os felinos mais jovens estão mais propensos a apresentar a cistite intersticial, ou Síndrome de Pandora. Esse termo é utilizado para identificar distúrbios diversos no trato urinário do felino.

Entretanto, suas causas podem ser imunológicas, endócrinas e até psicológicas! Por isso é tão importante evitar o estresse e ansiedade em gatos, já que esses quadros podem levar a um reaparecimento da doença.

Infecção urinária tem relação com gatos castrados?

Afinal, estão ligados? Fonte: AdobeStock.
Afinal, estão ligados? Fonte: AdobeStock.

Existe uma crença errada de que a infecção urinária é mais comum em gatos castrados, mas essa informação está longe da verdade! Ou seja, a castração e a doença não estão relacionados de forma alguma.

No entanto, como já explicamos, há muitas causas para uma infecção urinária em felinos. Por isso é importante analisar o ambiente e o convívio do gato com outros animais para ter certeza de que ele não está sofrendo por estresse.

Além disso, gatos castrados tem tendência maior a obesidade. Nesse sentido, a obesidade felina é sim um fator de risco que pode levar ao aparecimento da infecção de urina.

Portanto, dê alimentação saudável ao seu gato, além de um ambiente enriquecido com atividades e espaço para os animais. Lembre-se que gatos são animais solitários e muito higiênicos, e não se dão bem em ambientes tumultuados.

Anúncios

Quais são os sintomas mais comuns?

Quem é tutor de gato já deve saber que os felinos são animais de rotina! Aliás, é essa falta de rotina que pode inclusive ocasionar uma infecção urinária. Além disso, a mudança de comportamento deles pode ser um sinal de alerta.

Nesse sentido, relatos de gatos urinando fora da caixa ou nos cantos da casa é um sintoma bastante comum da doença. Ademais, também é importante ficar de olho em sinais como:

  • Frequência urinária aumentada
  • Vocalização ao urinar
  • Volume de urina reduzido
  • Sangue na urina

Então, caso o seu gato apresente qualquer um desses sintomas, leve-o imediatamente para uma consulta com o médico veterinário.

A infecção urinária em gatos castrados e não castrados pode evoluir para algo mais grave, portanto fique atento!

Como prevenir a infecção urinária em gatos? Veja algumas dicas para evitar essa doença!

Veja algumas dicas para prevenir a doença! Fonte: AdobeStock.
Veja algumas dicas para prevenir a doença! Fonte: AdobeStock.

Além de tratar a doença em si, também é possível mudar algumas rotinas em casa para prevenir a infecção urinária em gatos castrados e não castrados. Aliás, algumas mudanças podem influenciar positivamente na saúde do seu pet.

Dessa forma, trouxemos algumas dicas simples que você pode aplicar em casa para evitar o aparecimento dessa e de outras doenças. Portanto, veja a seguir o que você pode fazer para ajudar seu gatinho a ficar mais saudável!

Ração úmida

Mais uma crença incorreta que é bastante popular entre tutores de felino é que o famoso sachê é apenas um petisco. Aliás, muitos evitam oferecer esse alimento ao bichano pensando estar contribuindo para sua saúde.

Entretanto, essa é uma informação incorreta! O sachê, ou ração úmida, é um alimento essencial para o gato. Nesse sentido, a frequência ideal é que você ofereça esse tipo de alimento todos os dias ao seu pet.

Além de aumentar a ingestão hídrica do seu gato, o sachê também vai incentivar o bichano a beber mais água. Uma boa dica é misturar um pouco de água ao sachê no prato para deixar ainda mais líquido!

Fontes de água

Se você já é um tutor de gato deve ter percebido que os felinos não bebem água com frequência. Desse modo, é importante incentivar a ingestão de líquidos sempre que possível, como no caso da ração úmida.

Além do sachê, você também pode espalhar potes de água fresca em mais de um lugar da casa, preferencialmente onde o gato costuma ficar. Materiais como inox ou cerâmica podem manter a água fresquinha por mais tempo.

Ademais, investir em um bebedouro com água corrente é uma boa opção! Gatos se interessam pela água em movimento e acabam ingerindo mais do líquido quando encontram um bebedouro.

Caixas de areia

Embora não seja algo muito agradável de se ter em casa, as caixas de areia são itens essenciais para a saúde urinária do seu gato. Aliás, você sabia que existe uma fórmula para o número ideal de caixas disponíveis?

Pois bem, para evitar qualquer problema territorial ou de comportamento, o ideal é que você tenha sempre uma caixa a mais do que o número de gatos em casa. Por exemplo, se você tem dois gatos, o ideal são três caixas de areia.

Ademais, é importante que as caixas estejam em locais seguros para que os gatos se sintam confortáveis para utilizar. Fique atento se os seus pets estão usando todas as caixas disponíveis e experimente trocar de lugar caso necessário.

Por fim, já pensou em se prevenir ainda mais e contratar um plano de saúde especial para o seu pet? O Dog Life possui diversas clínicas conveniadas e pode ser uma boa economia na hora do sufoco!

Veja mais informações a seguir e aproveite!

Plano de saúde Dog Life: como fazer para seu pet?

Se você quer dar a melhor proteção ao seu pet, confira como fazer o plano Dog Life. O plano funciona como um plano de saúde para humanos, com uma boa rede credenciada!

Sobre o autor

Samantha Scorbaioli

Amante da literatura, dos animais e da escrita, sempre em busca do conhecimento e de novos desafios. Acredita que sabedoria ganha é sabedoria compartilhada, e que tudo pode ser feito de forma criativa e descomplicada.

Revisado por

Luiza Lamas

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Como se cadastrar no Jovem Aprendiz Renner 2022?

Participe do Programa Jovem Aprendiz Renner 2022 e tenha a chance de conseguir o primeiro emprego! Veja um passo a passo para se inscrever.

Continue lendo
content

Como fazer o curso Técnico em Estética SENAC?

Para fazer o curso Técnico em Estética do SENAC você só precisa realizar sua inscrição no portal e fazer o pagamento para garantir sua vaga!

Continue lendo
content

Como fazer o curso Técnico em Massoterapia SENAC?

Quer saber como fazer curso Técnico em Massoterapia do SENAC? Basta acessar o site e escolher sua turma, é simples! Veja o passo a passo!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Ecotrips Brasil é confiável? Veja como funciona antes de comprar

Com a Ecotrips Brasil você poderá aproveitar viagens para lugares exóticos e estar sempre em contato com a natureza. Há 20 anos no mercado, a agência oferece serviços seguros e de qualidade.

Continue lendo
content

Passagem aérea em promoção na Azul: voos a partir de R$180!

A Azul Linhas Aéreas oferece voos com qualidade e conforto. Além disso, você também pode encontrar promoções incríveis, além de descontos para economizar nas suas férias! Veja como aqui!

Continue lendo
content

5 dicas fáceis para viajar com seu gato sem stress

Embora gatos não sejam fãs de passeios, existem formas de acalmá-los para fazer uma viagem tranquila e agradável! Por exemplo, é importante ter um bom planejamento para que tudo corra sem estresse. Veja mais aqui!

Continue lendo