Gatos

Gatos e cachorros podem conviver? 10 dicas de ouro!

Podem gatos e cachorros conviver em harmonia? A resposta é sim! Aprenda, hoje, 10 dicas incríveis de como melhorar a adaptação dos pets!

Anúncios

por Aline Mesquita

Publicado em 19/07/2021

Descubra como acostumar gatos e cachorros a conviver

Gatos e cachorros podem conviver
Gatos e cachorros podem conviver

Muitas pessoas têm dúvida da capacidade de gatos e cachorros conviver de forma harmoniosa. Entretanto, isso é possível, desde que se tomem os cuidados necessários.

Mesmo que haja uma resistência inicial, isso é comum e decorre dos instintos dos animais. Porém, eles podem construir uma convivência não só harmoniosa, mas uma amizade. E a sua ação, enquanto tutor, é essencial para isso.

Independentemente de já ter um gato ou um cachorro e de quem será o novo pet da casa, os cuidados são os mesmos. Afinal, eles basicamente se referem às precauções no período de adaptação. Também, ao contato entre os pets, aos poucos.

Assim, continue lendo para conferir dicas incríveis e práticas para fazer gatos e cachorros conviver em harmonia. Com elas, você pode construir um lar muito divertido, cheio de amor e muita energia dos pets.

Anúncios

Pode criar gato e cachorro junto?

Gatos e cachorros podem conviver
Gatos e cachorros podem conviver

Sim, pode! O tutor deve apenas tomar alguns cuidados na fase de adaptação dos animais. Os pets tendem a ser territorialistas. Ou, ainda, ficarem com medo da nova presença ou até ciúmes. Mas, é possível superar esses obstáculos e fazer gatos e cachorros conviver.

Ter um gato é algo muito divertido. A mesma coisa se aplica à adoção de um cão. Então, por que não ter os dois? Afinal, isso é possível e não é um bicho de sete cabeças. A adaptação pode ser mais fácil do que parece. Abaixo, veja como fazer!

10 dicas para ajudar gatos e cachorros a conviver

Gatos e cachorros podem conviver
Gatos e cachorros podem conviver

Confira, agora, algumas dicas muito interessantes e realmente efetivas de como promover a interação e o convívio entre cães e gatos. Com ela, a fase de adaptação se torna mais fácil, segura e logo irá permitir um lar pra lá de feliz!

Anúncios

1. Coloque os pets em contato aos poucos

A nossa primeira dica para colocar gatos e cachorros para conviver conjuntamente é fazer a aproximação aos poucos. Jamais chegue com o pet novo, independente se cão ou cachorro, e já o coloque no mesmo ambiente que o que já mora ali.

É necessário respeitar o pet que já mora nesse espaço. Especialmente se ele for um gato, que é mais territorialista. Por outro lado, os cães são efusivos. Assim, podem demonstrar euforia ou mesmo desgosto e latidos agressivos.

Por isso, nada de chegar em casa e já colocar o pet novo no meio da sala. É necessário ter paciência e acostumar os pets uns aos outros. Ainda, demonstrar ao gato ou cão que já morava ali que o espaço ainda lhe pertence. Porém, agora é compartilhado.

2. Faça uso dos cheiros dos pets em seu favor

Os cheiros dos pets são marcantes para eles, embora muitas vezes não os sintamos. É comum que um pet que está em um cômodo sinta a presença de outro, que sequer viu, pelo cheiro. E você pode usar isso a seu favor.

Por exemplo, ao trazer o pet novo para casa, deixe-o em um cômodo separado do que já vive ali. Então, deixe-o sentir o cheiro do cão ou gato que mora na casa. Depois, transfira-o de cômodo e permita que o antigo morador sinta o cheiro do novato.

É a partir dos cheiros que os pets começam a se acostumar com a presença de outros. Por isso, use-os para que eles já se familiarizem. Isso torna o processo de adaptação muito mais fácil!

Comportamentos que gato não gosta: conheça 10

Você sabia que existem comportamentos que o gato não gosta? Eles podem estressá-los e irritá-los, o que é indesejável. Veja quais são a seguir.

3. Reserve lugares para cada um dos pets

Ainda, é ideal que cada pet tenha o seu cantinho especial. Isso se refere à caixinha de areia e fralda higiênica, mas também à comida, disponibilização de água e caminha. Separe os objetos em lugares diferentes.

Com isso, cada um deles entende que tem espaço ali. Ainda, não há perigo de desentendimentos por uso desses objetos ou pertences.

4. Gatos e cachorros podem conviver juntos, mas é importante que não os deixe sozinhos no mesmo cômodo ao sair de casa

Especialmente nos primeiros dias e na fase de adaptação, não saia de casa e deixe os pets no mesmo cômodo. Ou, ainda, com livre acesso um ao outro. Gatos e cachorros podem conviver, mas precisam antes se acostumar uns com os outros.

Por isso, ao sair, separe-os. Com o tempo, quando eles se acostumam (o que leva algumas semanas ou dias), você pode ter e dar mais liberdade. Isto é, deixá-los juntos quando você está ausente. E isso é ótimo para que eles tenham companhia, desde que já tenham se acostumado.

5. Busque adotar o segundo pet ao ter tempo para ficar em casa

Outra dica importante para ajudar no convívio entre gatos e cachorros é adotar o segundo pet quando você tiver tempo. Assim, pense nas suas férias, folgas ou mesmo no período de home Office.

A sua presença durante a fase de adaptação é ideal. Afinal, você poderá repreender atos indesejados (sem escândalo ou assustar o pet). Igualmente, ajudá-los a entenderem melhor a presença um dos outros.

6. Dê a mesma atenção ao gato e ao cão

Ainda, lembre-se sempre de dar a mesma atenção a ambos os pets. Existe uma tendência de que o pet novo ganhe mais dela, no início. Porém, isso não é saudável. Dessa forma, para gatos e cachorros conviver em harmonia, lembre-se de dedicar-se a ambos.

7. Supervisione as brincadeiras para que gatos e cachorros possam conviver no mesmo ambiente

Os primeiros contatos pessoais devem ser supervisionados. A euforia, medo ou desgostos podem aparecer e você deve estar ali para controlar a situação. A repreensão a atos indesejados ou violento deve ser firme, mas sem gritos ou violência.

8. Aposte em difusores de feromônios

Hoje existem diversos difusores de feromônios que ajudam a acalmar os pets. Gatos e cachorros podem conviver e tirar proveito desses cheiros que somente eles sentem. 

9. Considere a idade do cão e do gato

Ainda, antes mesmo de adotar o segundo pet, considere a idade deles. Cães adultos convivem bem com gatos filhotes. O contrário também é verdadeiro. Contudo, cães e gatos idosos se dão melhor com pets nas mesmas condições. 

Por isso, considere a idade do cão ou gato que você já possui antes de introduzir um novo pet ao lar.

10. “Gatifique” o ambiente

Por fim, lembre-se de ajudar o gato nessa boa convivência ao gatificar o ambiente. Isso não significa que ele será apenas do gato, mas que ele encontrará lugar para ele ali. Para isso, coloque nichos em lugares altos, por exemplo.

É possível criar gatos e pássaros juntos?

É possível criar gatos e pássaros juntos? Embora pareça incomum, não é impossível. Conheça hoje, então, algumas dicas para criá-los conjuntamente.

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Revisado por

Luiza Lamas

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Empreender na área da beleza: como fazer? Veja 8 dicas!

Empreender na área da beleza pode parecer desafiador. No entanto, é mais simples do que você imagina. Clique e saiba mais sobre isso.

Continue lendo
content

Vitaminas para pelo de cachorro: veja 10 principais!

As vitaminas para pelo de cachorro são essenciais para manter um pelo brilhante e sem quedas, mas existem outras vitaminas para a saúde.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Pacotes promocionais: vale a pena comprar 1 ano antes?

Pacotes de viagem antecipados podem ser a chave para quem precisa programar uma viagem com antecedência. Existem promoções e ofertas que fazem valer a pena na hora de organizar o orçamento!

Continue lendo
content

Como comprar passagem aérea em promoção na 123 Milhas?

Ao achar promoção de passagem na 123 Milhas, é preciso agir rápido para garantir o desconto. Veja aqui como é fácil fazer sua compra! A plataforma facilita o pagamento e dá para dividi-lo em até 12 vezes no cartão.

Continue lendo
content

Azul Linhas Aéreas é boa? Veja se vale a pena para viajar!

Embora seja uma companhia aérea mais recente no Brasil, a Azul Linhas Aéreas já é a terceira maior empresa do país nesse segmento. Ela é responsável por mais de 900 voos diários, atendendo com qualidade e excelência.

Continue lendo