Gatos

Pode deixar um gato ficar sozinho por quantos dias?

Mesmo que seu gato seja um animal independente, cuidado! Isso não significa que ele pode ficar sozinho em casa por dias. Veja aqui alternativas de como não estressá-lo ou prejudicá-lo para quando você precisar sair.

Anúncios

por Samantha Scorbaioli

Publicado em 17/06/2022

Descubra se o gato realmente é independente para ficar sozinho vários dias

Mas, afinal, posso deixar meu gato sozinho? Fonte: Pixabay.
Mas, afinal, posso deixar meu gato sozinho? Fonte: Pixabay.

Embora o gato tenha uma personalidade bastante independente, esses animais necessitam de cuidados e atenção dos seus tutores tanto quanto qualquer outro pet. Aliás, erroneamente as pessoas pensam que podem se ausentar por dias e seu gato pode ficar sozinho em casa. Esse pensamento não é verdadeiro e tampouco seguro para o bichano!

No entanto, isso não significa que os tutores de gato não possam fazer viagens ou mesmo sair para trabalhar. Na verdade, tudo é questão de planejamento e cuidado para deixar a casa segura para os felinos que moram ali. Assim, você garante que pode se ausentar por um breve período sem causar traumas aos seus pets.

Mas, afinal, quantos dias e seu gato pode ficar sozinho em casa? Pois bem, se você precisa fazer uma viagem, trouxemos algumas dicas de como se preparar e preparar seus bichanos para a sua ausência. Desse modo, você poderá garantir a saúde e bem-estar de todos enquanto não retorna para casa. Então, confira a seguir tudo sobre esse assunto!

Gato se esfregando em cachorro

Gato ou cachorro: qual a escolha ideal para você?

Tanto o gato quanto o cachorro têm seu lado positivo e negativo quando se trata de animais de estimação. Confira aqui tudo o que você precisa saber sobre adotar um pet!

Anúncios

Os gatos podem mesmo ficar sozinhos?

Ainda que sejam conhecidos por serem animais de estimação mais reclusos e independentes, isso não quer dizer que os gatos podem ser deixados sozinhos por muito tempo. Nesse sentido, imagine que seu gato é como uma criança pequena. Embora eles possam ficar entretidos com brinquedos e atividades por algumas horas, os bichanos também precisam de atenção humana!

Aliás, é comum que muitos tutores de gato que moram sozinhos tenham que deixar seus animais em casa enquanto estão trabalhando. No entanto, vale lembrar que isso acontece apenas por algumas horas! Portanto, se você está se perguntando quantos dias seu gato pode ficar sozinho em casa, saiba que isso é prejudicial a sua saúde!

Ou seja, a resposta é não, seu gato não pode ficar sozinho por vários dias. Caso precise se ausentar por muito tempo, peça a um amigo que visite seu bichano para socializar com ele, colocar água fresca e comida, além de limpar as caixinhas de areia. Ou ainda, você pode procurar um hotel para gatos para deixa-lo hospedado enquanto você viaja.

O que acontece quando o gato fica muito tempo sozinho?

Então, o que acontece com o gato? Fonte: AdobeStock.
Então, o que acontece com o gato? Fonte: AdobeStock.

Antes de mais nada, é importante lembrar que gatos são animais de rotina. Ou seja, eles gostam e se sentem seguros quando seu dia a dia segue um cronograma planejado, com horários para comer, brincar e até mesmo usar a caixinha de areia. Então, imagine o que acontece quando você precisa desaparecer da vida dele por alguns dias.

Pois bem, gatos que são deixados sozinhos sem nenhuma intervenção humana podem acabar se estressando, ficando ansiosos e desenvolvendo problemas de saúde. Alguns bichanos podem até parar de se alimentar e, com níveis de estresse elevados, você pode voltar para casa apenas para encontrar seu pet muito doente.

Além do mais, lembre-se que gatos são exploradores e podem subir em lugares altos, causando acidentes e até se ferindo. Portanto, não arrisque achando que por dias e seu gato pode ficar sozinho em casa sem problemas! Faça planos para seus pets se precisar viajar para que eles estejam seguros e saudáveis quando você retornar.

Anúncios

Por quanto tempo um gato pode ficar sozinho?

Primeiramente, é importante levar em consideração a personalidade e particularidade do seu gato antes de decidir quantos dias seu gato pode ficar sozinho. Por exemplo, existem gatos que não gostam de serem deixados em casa nem mesmo por algumas horas. Enquanto isso, outros não se importam e podem até passar o dia dormindo.

Ademais, você também precisa pensar na idade do seu pet e se ele possui algum problema de saúde. Para gatos filhotes com menos de 1 ano de vida, não é interessante que eles fiquem sozinhos em casa por mais de algumas horas. Em contrapartida, gatos adultos e saudáveis podem ficar um dia inteiro sozinhos sem maiores problemas.

No entanto, lembre-se que, se você precisa se ausentar por mais de um dia, programe-se para que um amigo, familiar ou mesmo um profissional possa vir até sua casa e cuidar dos seus pets. Além disso, hotéis para gatos também são ótimas opções para quem precisa sair de casa por muito tempo.

Cuidados para quem precisar deixar o gato sozinho por 3 dias a uma semana

Confira algumas dicas. Fonte: AdobeStock.
Confira algumas dicas. Fonte: AdobeStock.

Pois bem, agora que você sabe que não é nem um pouco recomendável deixar seu gato sozinho por dias, saiba que existem algumas dicas incríveis para garantir a saúde e bem-estar dos felinos caso você precise se ausentar. Portanto, se você precisa viajar ou mesmo passar dias fora de casa, não deixe de conferir a seguir.

Assim, você poderá garantir que seu bichano vai estar mais confortável e seguro e você pode evitar que ele fique estressado ou mesmo doente. Então, confira a seguir algumas dicas simples para que seu gato fique em casa sem maiores problemas e inclua algumas mudanças em seu planejamento de viagem.

Peça ajuda a um vizinho, amigo ou parente

Antes de tudo, agora que você sabe que quantos dias seu gato pode ficar sozinho, pode pedir para que alguém visite sua casa se precisar se ausentar por mais de 24h. Então, fale com um amigo ou vizinho e peça a ele que vá até sua casa pelo menos uma vez ao dia para interagir com seu pet.

Além disso, é interessante trocar a água do bichano, limpar as caixas de areia e até mesmo colocar mais ração seca ou úmida para o pet. Vale lembrar que brincadeiras, carinho e atenção também são muito bem-vindos para que o gatinho não se sinta muito sozinho ou fique estressado.

Deixe caixas de papelão, brinquedos e comida

Pois bem, caso você precise se ausentar por apenas um dia, então poderá optar por deixar seu bichano sozinho em casa até você voltar. No entanto, certifique-se de que ele tem comida seca suficiente até você voltar! Aliás, um comedouro automático pode ser uma boa opção para quem passa longas horas fora de casa frequentemente.

Ademais, deixe água limpa e fresca, além de caixas de areia limpa para que ele possa usar tranquilamente. Outra opção imprescindível é disponibilizar esconderijos como caixas de papelão para que ele brinque e se distraia enquanto está sozinho. Além do mais, use e abuse dos brinquedos e arranhadores pela casa!

Segurança

Independente da quantidade de dias que seu gato pode ficar sozinho, é muito importante que você deixe a casa segura para seu pet! Nesse sentido, não deixe tomadas abertas ou fios soltos onde ele possa se enroscar. Então, faça uma varredura na casa antes de sair e certifique-se de que tudo está seguro.

Além disso, deixe algumas frestas de janelas abertas para circular o ar, mas evite lugares por onde ele possa escapar. Tudo é válido para minimizar o risco de acidentes mais graves enquanto você está fora. E lembre-se que nunca é recomendado deixar seu gato sozinho por mais de um dia em casa, ok?

Agora, se o seu problema não é sair de casa, e sim tirar o gato de casa para levá-lo a uma consulta veterinária, por exemplo, também podemos te ajudar. Confira a seguir um guia completo de tudo o que você precisa fazer para não estressar seu pet na hora de tirá-lo de casa. Acesse nosso conteúdo a seguir e veja nossas dicas!

Primeira visita do gato ao veterinário

Se você é um tutor de primeira viagem, ou mesmo tendo mais de um animal de estimação, é importante entender o que fazer na primeira visita do gato ao veterinário.

Sobre o autor  /  Samantha Scorbaioli

Amante da literatura, dos animais e da escrita, sempre em busca do conhecimento e de novos desafios. Acredita que sabedoria ganha é sabedoria compartilhada, e que tudo pode ser feito de forma criativa e descomplicada.

Revisado por

Luiza Lamas

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Teste de cosméticos em animais: saiba mais sobre isso!

Mesmo sendo uma prática mal vista ainda há teste de cosméticos em animais! Saiba mais sobre o que é esse teste e que marcas ainda fazem.

Continue lendo
content

A importância do veterinário para a saúde dos seus pets!

O profissional veterinário está ligado à saúde dos animais e da sociedade. Descubra a importância do veterinário na vida do seu pet!

Continue lendo
content

Brow lamination: tudo sobre a técnica para sobrancelhas

A mais nova técnica para sobrancelhas é a Brow lamination, que faz o desenho de forma não invasiva e dura até 2 meses. Confira tudo sobre!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como solicitar o cartão de crédito Santander Elite Platinum?

Se você costuma viajar com frequência e quer ter uma experiência mais prática e confortável, então veja como solicitar o cartão Santander Elite Platinum e comece a aproveitar os benefícios o quanto antes. Confira!

Continue lendo
content

Como calcular e reservar suas diárias de hotel?

Se você quer entender como reservar diárias de hotel e como conseguir valores mais baratos nas reservas, então confira aqui nossas dicas imperdíveis!

Continue lendo
content

Conheça o cartão BRB DUX Visa Infinite: opção de cartão Premium do Banco de Brasília

Com uma lista extensa de benefícios, o cartão de crédito BRB DUX Visa Infinite oferece atendimento personalizado e muitos benefícios. Confira aqui suas características e analise suas vantagens e desvantagens antes de solicitar o seu.

Continue lendo