Animais

Criar um cachorro calmo: veja aqui 7 dicas!

Para criar um cachorro calmo, o ambiente e os cuidados contam bastante! Por isso, veja as dicas que separamos aqui para você!

Anúncios

Descubra como fazer para criar um cachorro mais calmo

Criar um cachorro calmo
Criar um cachorro calmo

Todos sonham em criar um cachorro calmo. Afinal, garantir companhia ao mesmo tempo em que se evita barulho e confusão fora de hora é ótimo. Mas como fazer? Confira, hoje.

Os cães, assim como os humanos, sofrem muita influência do ambiente ao redor. Com isso, respondem instintivamente ao que ocorre ao seu redor. Além disso, também repetem comportamentos, sejam eles bons ou ruins, de acordo com sua criação.

Por exemplo, considere um cachorro que costuma roer móveis, mas que nunca foi repreendido por isso. A tendência é que ele continue repetindo esse tipo de ação indesejável. Por isso, ao repreender (sem violência, é claro), ajuda a adequá-lo.

Mas isso não se limita apenas a esses comportamentos. Muitas vezes um cão é comportado perante os tutores. Contudo, ao ficar sozinho, seja por tédio, ansiedade ou medo, coloca a casa abaixo.

A boa notícia é que existem formas de criar um cachorro calmo. Da mesma maneira que a eliminação de hábitos ruins se dá pela criação e adoção de hábitos, o controle da ansiedade também segue essa linha.

Isto é, você é diretamente responsável pelo comportamento do seu cão. Sendo assim, que tal ajudá-lo a ficar mais calmo e, com isso, evitar dores de cabeça? Para isso, continue lendo e confira ótimas dicas.

Anúncios

7 dicas para fazer o cachorro ficar mais calmo

Criar um cachorro calmo
Criar um cachorro calmo

Abaixo, separamos 07 dias que vão ajudar em muito a criar um cachorro calmo. Com elas, você pode evitar que o seu cão destrua a casa quando você estiver fora. Igualmente, evita a depressão canina e ajuda no relacionamento entre você e o seu pet.

Por isso, não deixe de conferir como você, com hábitos simples, pode lidar com a ansiedade do cão e ajudá-lo a se sentir melhor.

Passeie e brinque com ele

Os cães precisam estar cansados para que consigam relaxar devidamente. Nesse sentido, considere-o como uma criança. Em dias chuvosos e sem atividades à disposição, elas costumam ficar trancafiadas em casa e extremamente ansiosas e agitadas. Já quando elas brincam, correm e se divertem, o sono à noite vem fácil.

Pois bem, a lógica em relação aos cães é a mesma. Eles precisam de entretenimento e gastar as suas energias para serem capazes de relaxar. Essa necessidade varia de acordo com o pet, sua idade e suas condições especiais.

Mas considere passear ao menos por 30 dias com o seu cão, diariamente. Isso ajuda ele a gastar energias e, ainda, ficar mais tempo com você. Uma boa forma de fazê-lo é introduzindo o cão como seu companheiro de exercícios.

Isso é muito bom especialmente para quem pratica corridas ou caminhadas. Assim, incluir o seu cão é uma forma de ajudá-lo a gastar as energias.

Por outro lado, brincadeiras no quintal, caso você tenha um à disposição, também ajudam. O cachorro pode correr, buscar objetos e se divertir muito. Tudo isso é essencial para criar um cachorro calmo.

Anúncios

Recompense-o pelos momentos de calmaria

Criar um cachorro calmo
Criar um cachorro calmo

Em segundo lugar, recompensá-lo pelos momentos em que está calmo e relaxado é uma boa idéia. Com isso, você indica ao seu pet que há recompensas por deitar-se de forma silenciosa.

Para isso, use petiscos. Ou, então, carinhos, coçadinhas e brinquedos e ossos que eles possam usar tranquilamente sem sair de uma posição confortável. Assim, eles tendem a relacionar o momento de descanso como recompensatório.

5 dicas para criar um gato em apartamento

Dos muitos mitos que as pessoas falam sobre gatos, um dos que deixa a gente mais triste é sobre apartamentos. o que isso significa? É verdade? Saiba tudo aqui!

Considere levá-lo em uma creche de pets

Outra dica que pode ajudar a criar um cachorro calmo é o uso dos serviços de creches de pets. Cresce cada vez mais esse serviço em cidades brasileiras. Ele nada mais é do que levar seu cão para passar algumas horas com tutores e outros pets.

Com isso, é como se fosse uma escolhinha. Durante o tempo em que está lá, participa de brincadeiras, socializa e ganha muita atenção. Em alguns casos é possível até mesmo atrelar o adestramento a esses momentos.

Assim, seu cão se diverte e gasta suas energias. Ao final do dia, está satisfeito e pronto pra voltar para casa com você e curtir um momento de descanso.

Anúncios

Enriqueça o ambiente para entretê-lo

É imprescindível que o seu cão encontre, dentro de casa, coisas para se distrair. Especialmente se você fica horas longe do lar. Nesse caso há muitas opções, como brinquedos, instrumentos interativos.

Até mesmo a adoção de um segundo pet pode ajudá-lo, pois terá companhia e alguém para aprontar peripécias ao longo do dia.

Contrate um pet walker

Você não tem tempo para sair passear com seu cão? Pois então é o caso de considerar contratar um profissional que o faça. Hoje existem várias pessoas que prestam serviços de pet Walker. Isto é, passeiam com pets de outras pessoas.

Com isso, você garante que o seu cão se movimentará, socializará e queimará calorias. Dessa forma, isso ajudará a criar um cachorro calmo, eis que ele tem momentos para extravasar a energia e se divertir.

Não recompense a agitação – isso não ajuda a criar um cachorro calmo

Outra questão muito importante é não recompensar agitações. Isto é, não dê petiscos para o seu cão, ou carinhos e brincadeiras, quando ele estiver muito agitado. Porém, sabemos que essa é uma das dicas mais difíceis de seguir.

Afinal, como ignorar aquela agitação e alegria do cão ao chegarmos em casa? Infelizmente o melhor, nesses momentos, é ignorá-lo até que se acalme. Em caso contrário ele irá relacionar a agitação, pulos e uivos com as recompensas e o carinho.

Guarde o carinho para o momento da calmaria

Nós já falamos acima o quão importante é dar recompensas ao cão quando ele consegue se acalmar. Contudo, é necessário ter em mente que para criar um cachorro calmo os carinhos devem se ater a esses momentos.

Isto é, sequer dê chance para que seu pet relacione sua agitação com os carinhos. Assim, somente se aproxime e dê chamegos que o seu cão tanto gosta quando ele conseguir se controlar. Isso ajuda a desenvolver a capacidade dele de controle e de se acalmar.

Gato ansioso? Entenda o que fazer!

Um gato ansioso pode ter comportamentos bem diferentes. Hoje, veja o que causa a ansiedade em gatos, como reconhecer e o tratamento.

Em Alta

content

Sobrancelhas Perfeitas: conheça o curso aqui!

O curso Sobrancelhas Perfeitas é ideal para você que está buscando ingressar na área de beleza e estética! Veja mais sobre o curso aqui.

Continue lendo
content

Alimentação natural para gatos com problema renal

A alimentação natural para gatos com problema renal precisa ser planejada com cuidado pelos tutores, já que ela deve ser balanceada. Confira!

Continue lendo
content

Alongamento de unhas faz mal? Tudo o que precisa saber!

O alongamento de unhas faz mal? Essa é uma pergunta muito comum para quem não está acostumada ao uso. Clique aqui e tire suas dúvidas.

Continue lendo