Gatos

Visão dos gatos: como ela é realmente? Veja aqui!

A visão dos gatos é famosa por ser potente e, também, pelo seu poder mesmo no escuro. Mas o que é verdade e o que é lenda? Veja, aqui!

Anúncios

Descubra como funciona a visão dos gatos

Visão dos gatos
Visão dos gatos

A visão dos gatos se cerca de lendas e mitos. Ou, pelo menos, de grandes exageros. Hoje, veja tudo sobre ela e sobre como realmente funciona e sua potência!

Os olhinhos dos gatos sempre chamam a atenção. Coloridos, são grandes e fazem até a mais dura das pessoas se derreter. Mas eles não são apenas belos. Eles também são especiais e, por isso, chamam atenção.

A visão dos felinos é algo que dá fama aos gatos. Muitos, por exemplo, acreditam que os gatos vejam no escuro. Por outro lado, não há como negar o fascínio que causa um gato visível apenas pelos olhos que brilham no breu.

Tudo isso, então, atua para que os mitos e as lendas sobre os olhos felinos surjam. E são muitas histórias, acredite! A maioria, aliás, passa bem longe do que os olhos deles realmente são capazes de fazer.

Abaixo, confira tudo sobre a visão dos gatos. Veja como ela funciona, a potência e as cores que reconhece. Também, se ela realmente funciona no escuro e outras curiosidades felinas. Assim, conheça ainda mais seu pet!

Anúncios

O que é a visão do gato? É diferente da nossa?

Saiba mais sobre a visão dos gatos
Saiba mais sobre a visão dos gatos

A visão do gato é diferente da visão humana. Contudo, saiba que em termos gerais a nossa visão é melhor do que a felina. E isso pode ser surpreendente, uma vez que os pequenos caçadores têm fama de enxergar bem.

Entretanto, não é bem assim. Primeiramente, eles sequer enxergam todas as cores. Mas, calma lá! Também não enxergam apenas cinza, como muitos acreditam. Os gatos, em verdade, são capazes de assimilar as cores violeta, azul, verde e amarelo.

E isso, por si só, limita os detalhes que eles são capazes de enxergar. Assim, por não ter um espectro de tons tão rico quanto o humano, a visão felina é de menor qualidade. O que ocorre, então, é que eles não têm capacidade de reconhecer detalhes.

Por outro lado, eles têm uma visão panorâmica mais completa que a humana. Nós, humanos, temos capacidade de enxergar em 180. Por outro lado, a visão dos gatos é de 200ºC. E é isso que lhes ajuda a reconhecerem facilmente movimentos no ambiente.

Não só isso, é claro. Ainda, há a soma do olfato poderoso e dos bigodes, essenciais para a segurança do bichano. Mas, voltando à visão temos que não é ela, exatamente, quem faz dos felinos bons caçadores.

Com quantos dias os gatos abrem os olhos?

Você sabe com quantos dias os gatos abrem os olhos? Pois isso é uma maneira de mensurar a idade do filhote. Aprenda mais, hoje.

Como é a visão dos gatos à noite?

Pois bem, outra fama da visão dos gatos diz respeito à capacidade de enxergar no escuro, à noite. Mas e isso é mito ou verdade? Essa é uma afirmação que tem seu fundo de verdade embora seja um tanto quanto exagerada.

Mas o que acontece, então? Os gatos realmente enxergam melhor que os humanos à noite ou em locais escuros. Contudo, eles necessitam de alguma fonte de luz. Ou seja, eles não enxergam no absoluto breu. É essencial que tenha algum tipo de luz, ainda que fraca.

Assim, a visão dos gatos é melhor à noite ou no escuro. Contudo, não é absoluta. Isso é possível porque eles contam com mais bastonetes do que os humanos. Com isso, a visão felina é de 6 a 8 vezes melhor do que a humana. 

Portanto, os gatos possuem a capacidade de maximizar uma luz no ambiente escuro. E, assim, conseguem se locomover e se localizar melhor, mesmo que haja pouca luz.

Anúncios

4 curiosidades sobre a visão dos gatos

Visão dos gatos
Visão dos gatos

Para terminar, que tal conferir algumas curiosidades sobre a visão felina? Elas vão além da desconstrução dos mitos sobre a visão noturna, cinza ou perfeita. Assim, é uma forma de conhecer ainda mais seu pet e a forma como ele vê o mundo.

Gato não é míope

Primeiramente, vamos desconstruir outro mito que envolve a visão dos gatos. Muitos acreditam que eles são míopes. Entretanto, não é que eles tenham essa doença. Eles apenas enxergam de forma embaçada.

Míope é quem tem miopia, uma condição que atrapalha a visão. Contudo, os gatinhos não têm essa condição. O normal deles é, realmente, não enxergar as coisas completamente nítidas da mesma forma como humanos fazem.

Todos os gatos nascem com olhos azuis

Os gatinhos nascem todos de olhos azuis. É como se fosse um azul um pouco mais brilhante e leitoso natural da primeira infância. Porém, os olhos mudam de cor. Por isso que você já viu gatinhos com todas as cores de olhos por aí.

Isso não afeta a visão felina. Apenas é uma fase pela qual passam nas primeiras semanas de vida, quando o corpo está terminando sua formação.

Gatos não enxergam até completarem 02 semanas de vida

A visão dos gatos inexiste até que completem 02 semanas de vida! É isso mesmo, eles só passam a enxergar após cerca de 15 dias. Dessa forma, eles não contam com o sentido da visão até completarem esses dias de vida.

Além disso, nos primeiros dias elas também não ouvem. Contudo, possuem outros sentidos nesse início da vida, como olfato e paladar.

Gatos usam os olhos para se comunicar

Outro fator muito interessante sobre a visão dos gatos é que seus olhinhos têm outras funções além de enxergar. Os felinos usam muito os olhos para se expressar e se comunicar e isso é muito fofo.

Sabe aquelas piscadinhas que seu gato dá, primeiro com um olho, depois com ambos (ou ao contrário) virando a cabecinha pro lado? Pois saiba que isso é uma forma de ele demonstrar carinho e amor.

E muitos tutores replicam esses gestos, para os gatos, como resposta. E aí, que tal tentar com o seu pet? Isso pode ser bastante interessante e divertido, além de aproximar você e o bichano.

Agora que você já sabe tudo sobre a visão dos gatos pode entender melhor, também, como seu gato vê o mundo. Assim, livre-se dos mitos e seja o verdadeiro expert felino que seu pet merece!

Mitos sobre gatos: conheça os 5 mais famosos!

Existem muitos mitos sobre os gatos. Conheça hoje os principais deles, bem como as origens e a verdade por trás e cada um.

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Em Alta

content

25 celebridades que amam gatos, tanto quanto nós

Conheça aqui as 25 celebridades que amam gatos e que também não conseguem resistir aos encantos e às fofuras dos bichanos!

Continue lendo
content

Os pais do reino animal que são verdadeiras mães: descubra quem são eles

Você saberia nos dizer quais são os pais do reino animal que são verdadeiras mães? Se não, então está mais do que na hora de descobrir!

Continue lendo
content

Cachorro poodle toy: saiba tudo sobre essa raça!

O cachorro poodle toy é uma raça de cães populares no Brasil, com uma pelagem média e um rostinho encantador, tem várias cores! Saiba mais.

Continue lendo

Animais

Quais pets ter em um espaço pequeno? Veja 10!

Você sabe dizer quais são os melhores pets para ter em espaço pequeno? Veja, hoje, como um lar pequeno não é motivo para não ter um animal de estimação!

Descubra quais pets são os melhores para ter em um espaço pequeno

Quais pets ter um espaço pequeno? É muito comum que pessoas que moram em apartamentos ou casas pequenas tenham essa dúvida.

Afinal, como garantir o bem-estar do pet quando não se tem espaço? É possível conciliar a qualidade de vida dele com a falta de cômodos amplos? Pois saiba que sim! Existem várias opções de animais de estimação, mesmo quando seu lar é pequeno.

Abaixo, então, confira quais são esses animais e veja quais são as opções que você possui ao adotar um pet. Dessa forma, a sua casa, ainda que compacta, poderá dar o conforto necessário que o pet precisa.

10 pets para ter em espaço pequeno

Selecionamos especialmente para você 10 pets que se adaptam bem aos espaços pequenos. Por isso, se o seu lar for compacto e você sonha em ter um animal para chamar de seu, seu desejo será passível de realização!

Peixe

Em primeiro lugar, os peixes são ótimos pets para ter em casa. Para isso, você precisa ter apenas espaço para comportar um aquário. Também, cuidar com a temperatura da água e com a decoração do espaço. Afinal, ele influencia no bem-estar do peixe.

Aposte em pedras, plantas artificiais e outros elementos decorativos para o aquário. Dessa forma, o peixe se sentirá no seu ambiente natural. Ou seja, poderá se sentir em casa, seguro e em bem-estar.

Contudo, alguns cuidados são necessários. Por exemplo, existem animais aquáticos que convivem bem com outras espécies. Outros, não. Dessa forma, saiba qual é o peixe que você deseja ter em casa. Depois, analise se é possível ou não juntar outros animais ou espécies.

Além disso, lembre-se de analisar o espaço que cada espécie precisa. Algumas precisam de mais espaço que outras, o que influenciará no tamanho do aquário. Igualmente, na sua capacidade de litros de água.

Para isso, não deixe de conversar com um veterinário. Assim, você poderá encontrar um peixe cujo espaço que ele exige é compatível com o que você tem em casa. Da mesma maneira, se será possível adaptá-lo a outras espécies.

Porquinho-da-Índia

Outro pet para ter em espaço pequeno é o porquinho-da-índia. Esse pequeno roedor é encantador e, além disso, se dá muito bem com as crianças. Eles tem uma alimentação natural e, também, admitem rações de grãos.

O espaço necessário para um porquinho-da-índia é de cerca de 2,5 metros quadrados. Esse é o tamanho ideal para que eles se movimentem e, ainda, encontrem bem-estar. Ainda, é possível criá-los com outros pets da mesma espécie.

Curso de alimentação natural para pets

Um curso de alimentação natural para pets é uma ótima forma de promover o bem-estar do seu companheiro. Conheça, hoje, algumas opções.

Hamster

Outro roedor que faz sucesso nas listas de pets para ter em espaço pequeno é o hamster. Assim como os porquinhos-da-índia, ele necessita de uma gaiola para ficar em segurança. Nesse caso o tamanho ideal é de 60 x 50 centímetros. 

Os hamsters amam brinquedos e acessórios para interagir. Por isso, certifique-se de que eles os terão à disposição. 

Coelho

Outros pets para ter em espaço pequeno são os coelhos, que enriquecem nossa lista de roedores. Eles também precisam de uma gaiola que, nesse caso, deve ser de ao menos 50 x 70 centímetros.

Os coelhos são boas opções para quem tem crianças. Contudo, ele requer cuidados diários. Por exemplo, limpeza da gaiola. Também, atenção com sua alimentação, que deve ser rica em feno, água e outros vegetais fontes de fibras.

Papagaio

Os papagaios são divertidos e ótimos pets para ter em espaço pequeno. Da mesma forma como a ave que veremos abaixo, eles necessitam sair diariamente de suas gaiolas. Elas, aliás, devem ser espaçosas.

Cacatua

Outro pássaro que você pode optar ao procurar pets para ter em espaço pequeno é a cacatua. Ela é grande e albina. Porém, não é um pássaro que deve ficar na gaiola, embora esta deve ser ampla e espaçosa.

As cacatuas necessitam, diariamente, de exercícios. Para isso, andar pela casa e ter contato com o tutor. Entretanto, tenha cuidado: elas somente se dão bem em ambientes calmos e silenciosos. Se não for o caso do seu lar, essa não é a melhor esscolha.

Gatos

Os gatos são outros ótimos pets para ter em espaço pequeno. Os felinos se adaptam muito bem aos apartamentos e casas pequenas. Contudo, lembre-se de telar as janelas para evitar que eles saiam. Igualmente, para eliminar os riscos de acidentes.

O gato precisa, basicamente, de um cantinho silencioso, seguro e privado para suas necessidades. Para isso, basta ter uma caixinha de areia e limpá-la diariamente. Igualmente, em outro lado da casa, água fresca e comida.

Ainda, é claro, um espaço para uma caminha, que pode ser uma almofada ou um nicho de tecido.

Os gatos gostam de lugares altos. Por isso, mesmo que você tenha pouco espaço na sua casa, use o ambiente vertical. Isto é, coloque nichos e lugares, no alto, onde eles podem sentar e brincar.

Cachorros

Os cachorros de pequeno porte também se adaptam bem como pets para espaço pequeno. Nesse caso, eles requerem espaço para seus potinhos de água e comida. Ainda, você pode usar em casa uma fralda higiênica canina para que ele faça suas necessidades.

Contudo, lembre-se que o cachorro precisa de movimentação diária. Assim, saiba que mesmo que ele se adapte em espaço pequeno, requer saídas, brincadeiras e voltinhas. Portanto, analise se você tem disponibilidade para isso.

Tartaruga

As tartarugas também são pets par ter em espaço pequeno. Contudo, esse espaço deve ser suficiente para que ela consiga andar e, também, tenha acesso à água. Os terrários devem ter, ao menos, 40 x 20 cm. Igualmente, ele precisa ter luzes com raios UVA/UVB.

Iguana

A iguana fecha a nossa lista de pets para ter em espaço pequeno. Esses répteis são encantadores e, com certeza, animais de estimação bem diferentes. Elas requerem um terrário de AL menos 80 x 50 centímetros. Isto é, requerem um bom espaço.

Por isso, analise seu lar para ver se ele é capaz de comportar um terrário como esse. Além disso, o espaço deve ter plantas artificiais, água e bebedor, pedras e tubo fluorescente. Ainda, sua dieta é herbívora, de forma que se alimenta de frutas e verduras.

Cachorro fazendo xixi fora do lugar: o que fazer?

Problemas com cachorro fazendo xixi fora do lugar? Pois não se preocupe. Confira as principais causas e soluções para corrigir esse comportamento!

Você também pode gostar

content

Curso de moda: descubra tudo sobre ele e como fazer!

O curso de moda é interessante para quem deseja ingressar nesse mercado e atuar na área, que tem várias vertentes. Saiba mais sobre a seguir!

Continue lendo
content

Curso de maquiagem da Quem disse Berenice: como é?

O curso de maquiagem da quem disse berenice é um curso maravilhoso, com várias técnicas e material de qualidade para aprender! Veja mais aqui

Continue lendo
content

Aprenda como fazer design de sobrancelha sozinha

Com técnicas corretas, como marcação e preparação da pele, é possível entender como fazer design de sobrancelha sozinha. Veja as dicas aqui!

Continue lendo