Gatos

Treinar o gato para usar a caixa de areia: 8 dicas incríveis!

Está pensando em adotar um gatinho? Então veja dicas de como treinar o gato para usar caixa de areia. Isso é muito mais fácil do que parece, confira!

Anúncios

Descubra como treinar seu gato a usar uma caixa de areia facilmente

Treinar gato caixa de areia
Treinar gato caixa de areia

Muitas vezes é preciso treinar seu gato para usar a caixa de areia. Contudo, muito em razão da sua natureza higiênica, isso pode ser feito em poucos passos. Aprenda!

Os gatos são instintivamente higiênicos. E isso se revela no fato de que eles se limpam constantemente. Ainda, por se irritarem com ambientes sujos. Da mesma forma eles têm cuidados com o local em que fazem as necessidades, geralmente.

Contudo, por algumas questões específicas o felino pode encontrar dificuldades em usar a caixa de areia. Isso pode ser pela tenra idade. Ainda, pela falta de controle sobre o corpo, durante as primeiras semanas de vida. Por fim, por dificuldades impostas no ambiente.

Seja como for, existem formas de adaptá-lo ao uso do banheirinho. Abaixo, confira algumas dicas essenciais de como treinar o gato para caixa de areia. Assim, você garante um lar limpo e cheiroso e uma convivência harmoniosa com o felino!

Anúncios

Qual o melhor local para a caixa de areia?

Como treinar gato caixa de areia
Como treinar gato caixa de areia

Em primeiro lugar, lembre-se de que gatos são muito higiênicos. Dessa forma, jamais deixe a caixa de areia e o pote de comida e de água próximos. Ele não gosta de comer próximo ao local em que faz as necessidades. E, bem, isso é bastante compreensível, certo? Por isso, lembre-se de deixá-los em lugar separado, em cômodos distintos.

Da mesma maneira, lembre-se de deixar a caixa de areia em um local acessível. Em caso contrário de nada adiantará ter uma caixa limpa e adaptável. Afinal, ele não conseguirá acessá-la. Assim, veja se há obstáculos no caminho. Igualmente, lembre-se de deixar as portas que levam até o local da caixa de areia abertas.

Quanto ao local, muitas pessoas escolhem a lavanderia. Esse é um ótimo lugar. Contudo, repare se o barulho da máquina de lavar não está assustando o bichano. Isso pode fazer com que ele evite a caixa. 

Como escolher uma areia de gato adequada?

Quem é tuto de gatos, sabe que a caixinha de areia dos gatos é uma das coisas mais importantes para quem tem esses bichanos em casa.

Como treinar gato a usar a caixa de areia? 8 dicas!

Treinar gato caixa de areia
Treinar gato caixa de areia

Para acabar com qualquer dúvida, separamos 08 dicas incríveis que com certeza irão ajudá-lo. Assim, você fica tranquilo sabendo que o felino está fazendo as necessidades no local correto. Da mesma forma, ajuda na adaptação do felino!

Anúncios

Escolha uma caixa compatível com seu gatinho

Primeiramente, lembre-se de escolher uma caixa que não apenas esteja no local correto. Ela também deve ser compatível com o gato. Considere caixas altas impedirão filhotes de usá-las. Igualmente, apresentam obstáculos para gatos idosos ou com limitações físicas. Por exemplo, com artrite.

Além disso, a caixa não pode ser muito pequena. Ela deve ser capaz de abarcar uma boa quantidade de areia. Também, precisa dar espaço para o bichano utilizá-la sem ter o perigo de se sujar. Assim, tenha atenção ao porte dos gatos e às necessidades especiais.

Caso necessário, peça instruções do veterinário ou de atendentes de lojas especializadas. Isso pode garantir a melhor escolha. Igualmente, o sucesso ao treinar o gato para caixa de areia.

Mantenha a caixa sempre limpa

Aqui novamente cabe a máxima: gatos são muito higiênicos. Por isso, de nada adianta ter uma caixa acessível se ela estiver suja. Assim, restos de fezes e grânulos de urina tendem a incomodá-los. Além disso, oferecem perigo de os felinos se sujem ao utilizarem a caixa.

E isso, por si só, tende a afastá-los da caixa e desviar as necessidades para outros lugares. Por isso, lembre-se: é necessário limpar a caixa ao menos uma vez ao dia. Essa limpeza diária nada mais é do que o uso de uma pá para retirada de resíduos.

Troque a areia periodicamente e desinfete a caixa

Além disso, para treinar o gato para a caixa de areia não basta limpá-la diariamente. Você precisa operar a troca completa da areia periodicamente. As areias costumam indicar o tempo médio de duração em suas embalagens.

Contudo, nem sempre ela durará o tempo prometido. Isso dependerá dos cuidados diários. Igualmente, do número de gatos da casa. Assim, observe a areia. Ela sempre deve conter uma parte seca, macia e fofa. Em caso contrário, está repleta de rejeitos.

Outra dica importante é que depois de trocar a areia você precisa desinfetar a caixa. Para isso, primeiro descarte a areia velha. Depois, com água corrente e desinfetante, como água sanitária, limpe a caixinha. Você também pode usar produtos próprios para limpezas de rejeitos de animais. É possível comprá-los em petshops.

Saiba escolher a areia

Para ter sucesso ao treinar gato para a caixa de areia, saiba escolher qual irá usar. Existem diversos tipos, hoje. Algumas são de sílica, outras de madeira, grãos finos e até de cereais. Dê preferências às macias, de grãos pequenos e que aglutinem fezes e urina. 

Tenha um número de caixas de areia adequado ao número de gatos

Outro ponto essencial é que o número de caixas de areia deve ser proporcional aos gatos da casa. O ideal é que tenha uma caixa de areia para cada gato. Além dessas, uma extra. Com isso, eles se sentem mais à vontade, com privacidade e não estranham cheiros.

Não economize na areia

É importante que você sempre deposite uma boa quantidade de areia na caixa. Em caso contrário ela tende a criar uma espécie de argila na parte de baixo. Ou seja, acumula dejetos e logo está imprópria para uso.

Além disso, os gatos maiores tendem a virar as caixas com pouca areia. E isso incide em bagunça e sujeira.

Incentive o uso da caixa e aposte em reforço positivo

Ao perceber que o gato está se preparando para urinar, por exemplo, incentive-o a ir até a caixa de areia. Mostre o caminho, chame-o e, se necessário, use brinquedos para atraí-lo. Depois, não deixe de usar reforço positivo, como o uso de petiscos para parabenizá-lo.

Ajude-o nas primeiras semanas de vida para treinar gato caixa de areia

Para terminar nossas dicas para incentivar gato a usar caixa de areia, incentive-o. Isso é crucial principalmente nas primeiras semanas de vida. Logo depois de servir ração, leve-o até a caixa. Também, não dê espaço para que ele faça fora do lugar. Mantenha portas de quartos fechadas.

Como brincar com gatos

Você sabe como brincar com gatos? Pois saiba que as brincadeiras são indispensáveis para o bem estar desses animais. Confira dicas de como fazer!

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Animais

Animais de estimação para apartamento: como escolher?

Existem vários animais de estimação para apartamento. Assim, mesmo locais pequenos ou altos podem ser bons para um companheiro! Veja dicas.

Descubra como escolher e cuidar de animais de estimação para apartamento

Buscando animais de estimação para apartamento? Então confira aqui algumas opções. Também, veja dicas especiais de como garantir o conforto e segurança do pet.

Muitas pessoas abrem mão de ter um pet justamente pelo local em que moram. Contudo, mesmo lares pequenos encontram animais que se adaptam bem. Por isso, se este for o seu caso, não postergue mais o seu sonho de ter um companheirinho.

Ter animais domésticos é uma maneira de alegrar o lar. Com eles, o ambiente fica mais leve e divertido. Ainda, eles são ótimos companheiros para toda a família, inclusive para crianças e idosos.

Aliás, diversas pesquisas mostram como o relacionamento da família e como o bem-estar dos membros melhora com a presença de um pet. Independentemente do lar corresponder a um apartamento ou casa, há opções.

Porém, cabe lembrar que mesmo animais de estimação para apartamento exigem cuidados, atenção e carinho. Além disso, existem algumas questões pontuais e diferentes. 

Mas não se preocupe! Hoje iremos apresentar para você opções de pet e, também, como adaptá-lo no lar. Então, continue lendo. Abaixo, você encontra dicas de alguns animais que são perfeitos para ter em apartamento. Também, dicas de como garantir seu bem-estar.

Quais são os animais de estimação para apartamento mais indicados?

Essa pergunta possui várias respostas. E elas variam de acordo com as suas preferências, tempo e espaço. Além disso, quanto às adaptações que você poderá fazer em sua casa. Assim, veja alguns desses animais de estimação para apartamento.

Gatos

Primeiramente, os gatos são ótimos para se ter em apartamento. Eles são companheiros, brincalhões e podem passar períodos sozinhos sem grandes dramas. Mas isso não significa que você pode ficar horas ou dia longe de casa. Eles também gostam de atenção.

Eles são muito higiênicos, outro bom motivo para mantê-los no seu apartamento. Além disso, eles precisam apenas de espaço para caixa de areia, local confortável para dormir, pote de comida e de água.

Chinchila

A chinchila é uma mistura de esquilo, coelho e rato. Ela é muito fofa e é um dos animais de estimação para apartamento. Elas requerem pouco espaço. Também, são tranqüilas. Mas, cuidado: elas exigem um local que não seja barulhento ou agitado.

Ela necessita de uma gaiola. Porém, você pode tirá-la dela de vez em quando para brincar e para que ela fique mais à vontade. Contudo, não a deixe solta por longos períodos ou quando você não estiver por perto.

Porquinho-da-índia

Os porquinhos-da-índia são ótimos animais de estimação para apartamento. Eles são muito carinhosos e divertidos. Além disso, compactos, de forma que precisam apenas do espaço para uma gaiola. Esses animais são perfeitos para crianças!

Cachorros de pequeno porte como animais de estimação para apartamento

Ainda, os cães também não deixam de ser animais de estimação para apartamentos. Contudo, aqui é preciso apostar em um de pequeno porte. Em caso contrário você pode transformar sua casa em um verdadeiro caos.

Dentre as raças de pequeno porte temos Yorkshire, Pinscher, Pug, Buldogue francês, Poodle, Schnauzer e outros.

Hamster

Para fechar nossa lista de animais de estimação para apartamento temos os hamsters. Esses pequenos roedores, novamente, exigem pouco espaço. São divertidos e costumam encantar as crianças, principalmente porque amam brincadeiras.

Quais os cuidados com animais de estimação para apartamento?

Agora você já tem algumas opções de animais de estimação. Assim, veja dicas de como criá-lo em segurança e com muita diversão!

Tele as janelas e sacadas para animais de estimação para apartamento

Em primeiro lugar, cuidado com os espaços passíveis de acidentes como quedas. Isso é importante para quaisquer dos animaizinhos que listamos, mas principalmente para os gatos. Eles gostam de subir em locais altos e isso pode levar a acidentes.

Adapte o local ao animal

Ainda, lembre-se de adaptar o local para os animais de estimação para apartamento. Por exemplo, caso aposte em um hamster ou porquinho-da-índia, precisará de serragem e de uma gaiola. Nela deve ter comida, roda para brincadeiras, etc.

Por outro lado, para gatos certifique-se de ter locais altos para eles subirem. Também, disponha de uma caixa de areia. Já para os cachorros, tenha espaço para uma fralda ou tapete higiênico, lembrando-se passear periodicamente com ele.

Deixe à disposição dele brinquedos para os animais de estimação para apartamento

Outro ponto importante é entreter o seu companheiro. Por isso, compre brinquedos e coisas divertidas. Elas irão variar de acordo com o animal que você escolher. Contudo, todos eles possuem objetos preferidos e que você acha em petshops.

Mantenha a comida e o banheiro do pet em locais diferentes

No caso de gatos e cachorros, mantenha a comida e o banheiro (caixa de areia ou tapete higiênico) em locais distintos. Em caso contrário, eles podem se recusar a comer. Da mesma forma, a comida pode ser contaminada e as conseqüências são inúmeras.

Deixe o banheiro em local acessível

Outro ponto importante quando falamos de gatos e cachorros é o local do banheiro. Seja caixa de areia ou tapete higiênico, precisa estar em um local acessível. Ou seja, que ele possa ir a qualquer momento e que não encontre obstáculos.

Por exemplo, considere o banheiro do animal na lavanderia do apartamento. Nessa hipótese, certifique-se de que a porta de acesso esteja sempre aberta.

Crie uma rotina para gatos e cachorros

Por fim, caso os animais de estimação que você deseja sejam gatos os cachorros, crie rotinas. Para os cães, por exemplo, a rotina envolve a alimentação, as brincadeiras e passeios. A mesma coisa ocorre com os gatos. Eles amam rotina e, por isso, permita-os ter uma!

Com essas dicas você poderá criar seus animais de estimação em apartamento sem qualquer problema. Assim, não deixe de segui-las. Igualmente, não postergue mais o seu sonho de ter um pet que, com certeza, será motivo de alegria.

Ainda, tenha paciência durante o período de adaptação e conte sempre com o apoio de um veterinário. Esse profissional pode lhe orientar da melhor maneira possível. Seu pet, lar e família, então, agradecem.

Mas, se ainda estiver com dúvidas, principalmente sobre como criar um gatinho dentro de um apartamento, que tal conferir mais algumas dicas no conteúdo abaixo?

5 dicas para criar um gato em apartamento

Leia aqui nossas dicas, e crie seu gato, seja numa duplex, seja num studio, sem medo de deixar o gato infeliz.

Você também pode gostar

content

Curso gratuito de aquarela Domestika: conheça aqui!

O curso gratuito de aquarela Domestika é uma opção incrível para quem está buscando aprender um pouco mais sobre a técnica. Veja mais aqui!

Continue lendo
content

Empreender na área da beleza: como fazer? Veja 8 dicas!

Empreender na área da beleza pode parecer desafiador. No entanto, é mais simples do que você imagina. Clique e saiba mais sobre isso.

Continue lendo
content

Conheça opções de curso de sobrancelha online e gratuito

O curso de sobrancelha gratuito e online é uma excelente opção para quem está buscando a profissionalização! Veja opções do Senac e outras.

Continue lendo