Gatos

Recomendações importantes para a dieta felina

A saúde dos gatos depende do respeito às recomendações para dieta felina. Conheça, abaixo, as principais delas para o bem-estar dos bichanos e saiba o que ele pode e não pode comer, além de nutrientes sugeridos.

Anúncios

por Aline Mesquita

21/05/2021 | Atualizado em 24/03/2022

Conheça as principais recomendações para uma dieta felina saudável

Numa dieta felina devem ser evitados chocolates, leite e derivados. Fonte: Adobe Stock.
Numa dieta felina devem ser evitados chocolates, leite e derivados. Fonte: Adobe Stock.

Você conhece as principais recomendações para dieta felina? Pois saiba que segui-las está no cerne do bem-estar do seu gatinho. Por isso, conheça quais são as principais, hoje.

Assim como humanos e cães, os felinos também requerem atenção especial. Existem alimentos que são nocivos ao seu organismo. Igualmente, há outros que podem melhorar as condições de saúde deles.

Isso, então, influencia diretamente no bem-estar. Também, na longevidade do bichano, evitando-se o desenvolvimento de doenças. Caso você seja tutor de um ou mais gatinhos, precisa saber para ontem quais são essas recomendações.

Para isso, é claro, você precisa do apoio de profissionais da saúde animal. São eles que possuem todos os conhecimentos necessários ao desenvolvimento saudável do seu gatinho. 

Com ele você descobre as melhores formas de alimentar o seu companheiro. Além disso, um fator bastante relevante desse material é seu foco na alimentação natural. Diferentemente do que muitos pensam, gatos podem (e devem!) receber alimentos naturais.

Eles possuem menos sódio e outras substâncias que possam afetar o organismo dos felinos. Para conhecer mais recomendações para dieta felina de qualidade, continue lendo. Abaixo, você encontrará tudo para que o seu bichano tenha as melhores condições de vida!

Você sabe o que é a diabete felina?

Gatos também podem ter diabetes. Veja aqui como identificar os primeiros sintomas, como é o tratamento e descubra tudo sobre essa doença que também é felina.

Anúncios

O que o gato não pode comer? Saiba alimentos proibidos!

Para começarmos, é essencial que você saiba desde já o que não dar para o seu gato comer. Existem diversos alimentos e substâncias nocivas aos organismos felinos. Por isso, você deve estar atento a quais são eles para evitar qualquer incidente como intoxicação.

Chocolate

A primeira das nossas recomendações para dieta felina é jamais oferecer-lhes chocolate. Muitas pessoas já sabem dessa proibição para cães, mas ignoram que ela também se estende aos gatos.

E o que justifica essa proibição? O chocolate contém teobromina, uma substância que é tóxica para os felinos. Ela tende a acelerar o ritmo cardíaco. Além disso, pode ter efeito colateral digestivo ao causar vômito e diarréia.

Anúncios

Leite e derivados lácteos

Seguindo as recomendações para dieta felina, livre-se da imagem de um gato bebendo leite em um pires. Apesar deste senso comum parecer algo fofo e natural, é algo que afeta a saúde dos bichanos.

Após o término da amamentação, não se deve mais alimentar os gatos com leite. Aliás, com leite ou com qualquer outro produto lácteo que lhe seja uma derivação. Isso se deve ao desenvolvimento, com o passar do tempo, de intolerância à lactose.

Dessa maneira, insistir na dieta com leite pode levar a problemas gastrointestinais. Igualmente, desencadeia episódios de vômitos e de diarréia, novamente.

Alimentos com sal

Os gatos possuem tendência de desenvolver problemas renais. E, com estes, urinários. Por isso, não se deve alimentá-los com produtos com sal, que pode se acumular nos rins. Isso se soma ao fato de que eles ingerem menos água diariamente.

Com todos esses fatores, o sal na alimentação felina é algo bastante perigoso. Dessa forma, mantenha-o longe dos alimentos dos bichanos.

Abacate, uva e passas

Para terminar as nossas recomendações para dieta felina em relação às proibições, temos o abacate, as uvas e passas. Esses são alimentos que jamais devem ser ingeridos pelos gatos.

O abacate possui muita gordura. Com isso, pode afetar o sistema digestivo felino. Por outro lado, não se sabe exatamente o que na uva afeta aos bichanos. Contudo, esse tipo de alimento lhes causa problemas renais, para os quais já são grupo de risco.

Quais nutrientes estão nas recomendações para dieta felina?

Pois bem, agora que já sabemos o que não pode figurar na dieta felina, cabe saber o que lhes faz bem. Por isso, listamos uma série de nutrientes que são indispensáveis na alimentação dos gatos. São eles que permitem o fortalecimento do organismo. Então, confira:

  • Proteínas: principais fontes de energia para os gatos, auxiliam no fortalecimento do sistema imunológico. Igualmente, trabalham em prol da formação e manutenção dos músculos e da pele;
  • Gorduras: principalmente os ácidos graxos, como ômega 3 e 6, estão dentre as recomendações para dieta felina. Ajudam na proteção dos órgãos internos, bem como no isolamento térmico;
  • Carboidratos: ainda, os carboidratos (fibras e amido) também não ficam de fora das recomendações para a dieta felina. Atuam como fonte de energia e para a manutenção de um sistema digestivo saudável;
  • Vitaminas: auxiliam no crescimento do bichano, bem como no metabolismo na gordura, dos carboidratos e das proteínas. Dentre as mais importantes estão as do tipo A, C, D, E e K.

Como alimentar gato obeso?

Obesidade é fator de risco para saúde de gatos. Fonte: Unsplash.
Obesidade é fator de risco para saúde de gatos. Fonte: Unsplash.

A obesidade nos gatos é um fator de risco para a saúde deles. Por isso, requer cuidados específicos, bem como o respeito às recomendações para a dieta felina. Nesses casos, há necessidade de redução nas gorduras, bem como de sal e produtos industrializados.

O melhor caminho é seguir a recomendação do seu veterinário. Existem, hoje, diversas rações especiais para esses fins. Elas levam a alcunha de light e trazem equilíbrio para as refeições do gatinho.

Por outro lado, outra boa forma de alimentar um gato obeso é pela substituição da ração industrializada pela natural. Com isso, você sabe exatamente o que o felino está comendo. Igualmente, as proporções e os ingredientes da refeição.

Contudo, seja para alimentação natural ou não, lembre-se de consultar o veterinário e de seguir suas orientações.

Quais são as recomendações para a melhor dieta felina?

É importante comprar a ração adequada para cada fase de crescimento do gatinho. Fonte: Adobe Stock.
É importante comprar a ração adequada para cada fase de crescimento do gatinho. Fonte: Adobe Stock.

A dieta felina deve seguir alguns cuidados para que mantenha a saúde e dê ao gato todos os nutrientes de que ele precisa de acordo com cada fase da vida. E aqui está, então, a primeira recomendação ao escolher a ração: compre-a de acordo com a idade do gatinho.

Além disso, também o faça de acordo com a sua condição. Nesse caso, se ele é ou não castrado. Existem rações especiais para cada fase, assim como para a presença ou não da castração, que requer cuidados alimentícios.

Igualmente, busque as marcas que não abusam de ingredientes químicos. Da mesma forma, que respeitam a quantidade de sal que os bichanos podem consumir.

Caso você tenha adotado um gatinho de rua e queira dicas de como cuidar dele, não saia do site e esse o conteúdo a seguir, preparado com muita atenção e informações importantes. É só clicar no link abaixo!

Criar gato de rua: como fazer?

Criar um gato de rua requer alguns cuidados específicos. Afinal, é preciso checar sua saúde, garantir sua adaptação e lhe dar tempo. Confira dicas!

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Revisado por

Luiza Lamas

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Como baixar o aplicativo Meu INSS para agendar serviços?

Veja como baixar o aplicativo Meu INSS e utilizar os serviços e informações disponíveis, assim você evita filas em uma agência física!

Continue lendo
content

Animais de estimação para apartamento: como escolher?

O mais correto é ter animais de estimação para apartamento de pequeno porte, para evitar problemas com os condôminos, mas isso não é regra!

Continue lendo
content

Plano de saúde pet Porto Seguro: conheça e saiba quanto custa!

O plano de saúde Pet Porto Seguro é ideal para os tutores que estão em busca de uma boa cobertura para seu melhor amigo! Saiba mais.

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Como viajar para Orlando com milhas? Quantas é preciso ter?

Viajar sem pagar nada pelo voo pode ser uma realidade. Assim, existem estratégias para acumular o máximo de milhas para emitir passagens sem gastar nada! Então, se você quer conhecer Orlando, veja nossas dicas para acumular milhas e comprar suas passagens.

Continue lendo
content

Conheça o cartão Caixa Elo Mais e saiba se vale a pena!

Se você quer um cartão de fácil solicitação e que ofereça benefícios incríveis e programa de pontos excelente, então o cartão CAIXA Elo Mais é para você. Saiba mais sobre ele aqui!

Continue lendo
content

Michelle Tour Viagens é confiável? Veja como funciona antes de comprar

Com mais de 20 anos de experiência no mercado de turismo, a agência Michelle Tour oferece pacotes nacionais e internacionais para viagens corporativas ou a lazer. Conheça-a e veja como comprar com ela!

Continue lendo