Cachorro

Lhasa apso: saiba tudo sobre essa raça de cachorro!

A raça lhasa apso é uma das mais comumente encontradas nos lares brasileiros. Confira, hoje, tudo sobre os cães da raça e como cuidá-los!

Anúncios

Descubra tudo sobre a raça Lhasa apso 

Lhasa apso
Lhasa apso

O lhasa apso é um dos cães de raça mais populares no Brasil. E isso não se deve a pouco, pois o rostinho angelical deles é extremamente convincente. Conheça mais sobre ele!

Essa é uma raça de origem tibetana e ela está envolta em lendas. Com isso, além de ser um ótimo companheiro e esbanjar fofura, o cão lhasa apso também traz consigo misticismo e sinais de sorte. Assim, tê-lo por perto pode refletir boa aventurança.

Conheça mais, hoje, sobre esses cães. Confira curiosidades, características físicas, necessidades especiais e valor. Assim, saia desse artigo como uma verdadeira expert em cães dessa raça. Você com certeza vai se encantar com eles a cada linha.

Spitz Alemão: saiba tudo sobre essa raça

O spitz alemão é um cão que voltou a conquistar fãs no Brasil. Se você é um deles, não deixe de continuar lendo para conhecer mais sobre a raça!

Anúncios

Qual é o cachorro Lhasa apso?

O lhasa apso é um cão de pequeno porte. Ele, apesar de passar a imagem de ser frágil, é bastante genioso e esbanja personalidade. Contudo, o reconhecimento dele se dá pelas características físicas e não, necessariamente, pelo comportamento.

Então, quando estamos falando de um cão dessa raça nos referimos a um pequeno animal de pelos densos, compridos e sedosos. A cor tradicional desses cães é a branca com dourado. Contudo, também podem se apresentar em cores mel, cinza e preto.

Além disso, eles possuem orelhas finas, um bigode charmoso e marcado e, ainda, olhinhos redondos que se destacam no meio da densa pelagem.

Como é o comportamento do cachorro Lhasa Apso?

Lhasa apso
Lhasa apso

Os cães dessa raça podem enganar muito com seu rostinho angelical e inocente. O que acontece, em verdade, é que eles realmente são ótimos companheiros e têm muito apego aos donos. Contudo, são desconfiados com estranhos. Além disso, também tem tendência a latir e muita energia.

Isso, entretanto, não gera qualquer perda de pontos aos cãezinhos dessa raça. Eles são ótimas companhias e, ainda, gostam de passar tempo com seus tutores. Aliás, seus ataques de latidos e rosnados geralmente se apresentam apenas quando ele acreditar que seu tutor está em perigo. Isso ocorre, então, na presença de estranhos.

Por outro lado, ele é o melhor amigo da criançada. Além de se dar bem com os pequenos, também tem alta capacidade de desenvolver um bom relacionamento com outros animais. Com isso, ele é perfeito para conviver com outros pets.

O lhasa apso é bastante inteligente. Contudo, ele não é o mais concentrado dos animais. Por isso, ensinar truques pode requerer bastante tempo e paciência, com algumas repetições de exercícios a mais do que normalmente ocorreria.

Anúncios

Qual a diferença de Lhasa Apso e Shih Tzu?

É muito comum que as pessoas confundam ambas as raças. Enquanto o lhasa apso veio do Tibete, o Shih-Tzu é um cãozinho chinês. Eles realmente têm algumas semelhanças, como os pelos compridos, os olhinhos redondos e em destaque no meio dos fios e porte.

Além disso, até 150 anos atrás eles eram ainda mais parecidos, acredite! Assim, passaram a se diferenciar a partir de alguns novos cruzamentos que criaram algumas características próprias para cada raça, a fim de diferenciá-las.

Mas como, então, saber qual é o shih tzu e qual é o lhasa apso? Pois bem. Os cães da raça lhasa possuem o focinho mais alongado. Outro ponto, então, se refere aos pelos. O Shih Tzu tem fios mais finos, enquanto os lhasa possuem pelagem mais grossa.

Qual a diferença da origem do Lhasa Apso?

Lhasa apso
Lhasa apso

Essa é uma das questões mais interessantes sobre os cães dessa raça. A princípio eles eram encontrados apenas no Tibete. Ali, então, eram exclusivas companhias dos monges ou, então, da nobreza. Ainda, o cão dessa raça somente poderia sair do país caso fosse dado na condição de presente.

E é isso mesmo que a história indica ter ocorrido! Em 1933 o 13° Dalai Lama – líder religioso tibetano – presenteou o pesquisador Suydam Cutting com um casal de cães da raça lhasa apso. O norte-americano, então, passou a criá-los nos Estados Unidos.

Além disso, é aqui que entra boa parte do misticismo que envolve os cães dessa raça. Acredita-se que quando se recebe um deles de presente, em verdade está se recebendo sorte e prosperidade.

Quanto custa um cachorro da raça Lhasa apso?

O valor dos cães da raça varia de acordo com o local de venda e com o criadouro. Contudo, é normal que varie entre R$ 600 e R$ 2 mil.

Qual tamanho chega essa raça?

Os cães lhasa apso são de porte pequeno. Assim, é normal que a altura deles varie entre 15 a 25 centímetros. Ou seja, eles são bem pequeninos. Quanto ao peso, ele costuma variar entre 5 e 7 kg. Isso é o que permite, então, que eles sejam ótimos em apartamentos!

Como criá-lo?

Por fim, não deixe de conferir algumas dicas especiais que se voltam exclusivamente aos lhasa apso e às necessidades especiais desses cães. Primeiramente, os pelos deles requerem muitos cuidados. Afinal, são densos, grossos e crescem com rapidez.

Dessa forma, eles requerem uma lavagem constante, de frequência semanal ou quinzenal. Por outro lado, a escovação dos pelos dele ocorrer diariamente. Isso ajuda a eliminar fios soltos, impede o acúmulo de sujeira e microrganismos e a formação de nós.

Aliás, fique sabendo que nesse caso o desfazimento de nós não é apenas uma questão estética. Os cãezinhos da raça lhasa apso costumam sofrer com dor quando seus pelos apresentam nós. Assim, lembre-se de dar atenção diária para isso.

Além disso, os cães dessa raça têm muita energia. Apesar disso, não são tão adeptos aos exercícios intensos. Por isso, o melhor aqui é dar mais de uma caminhada curta ao dia. Igualmente, cansá-lo na base de brincadeiras caseiras.

Quanto ao espaço, eles não requerem grandes locais. Assim, é possível criá-los em apartamento. Para isso, é claro, deve-se dar atenção à limpeza e às saídas para que ele possa mexer as perninhas e gastar energia.

Por fim, ele requer tudo aquilo que outros cães necessitam. Ou seja, visitas ao veterinário, alimentação de qualidade e muito amor e carinho. Com isso, você pode criar um cãozinho feliz, dócil e saudável!

Raças mais dóceis de cachorro

Conheça, hoje, as raças mais dóceis de cachorro! Assim, encontre um companheiro verdadeiramente amoroso para seus dias!

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Em Alta

content

Revenda produtos Eudora e garanta sua renda extra!

A Revenda de Produtos Eudora pode ser uma excelente opção para quem está buscando renda extra. Saiba mais sobre isso aqui !

Continue lendo
content

Comunicação felina: tudo sobre a linguagem dos gatos

A comunicação felina é repleta de sinais e sons que os gatos emitem quando querem dar alguma mensagem. Conheça mais sobre ela aqui!

Continue lendo
content

Colorimetria na micropigmentação de sobrancelha: veja!

A colorimetria na micropigmentação é uma nova técnica para harmonizar e suavizar os traços de procedimentos de micropigmentação. Confira!

Continue lendo

Gatos

Gestação felina: tudo que você precisa saber!

A gestação felina causa muitas dúvidas. Sabendo disso, separamos hoje todas as principais informações sobre o período e cuidados. Veja quais são, abaixo.

Entenda a gestação felina e os cuidados necessários 

Quanto tempo dura a gestação felina? Há necessidade de intervenção no parto? Como reconhecer que minha gata está prenha? Veja todas essas respostas, hoje.

O desenvolvimento dos gatos é muito rápido. E isso não se refere apenas ao crescimento ao longo da vida. A gestação deles é igualmente rápida. Por isso, muitas vezes a descoberta dela ocorre já ao final do período.

Além disso, as gatas entram no cio, período reprodutivo, inúmeras vezes ao ano. É normal que ele ocorra por 10 dias a cada 02 meses. Isso explica, então, as ninhadas constantes. Também, infelizmente, a quantidade de felinos em abandono nas ruas.

Por isso, é preciso muita atenção. Especialmente se a gatinha tem acesso à rua ou, então, conviva com outros gatos não castrados. A gestação felina necessita de alguns cuidados que garantem o bem estar da mamãe gata e o desenvolvimento dos filhotes.

Dessa forma, não deixe de conhecer, hoje, tudo sobre a gestação de gatos. Com isso, você pode tomar os cuidados necessários ao reconhecer a gravidez da sua gatinha. Ou, então, saberá o que fazer ao final da gestação e para prevenir esse tipo de situação.

Como identificar a gestação felina?

As gatas dão vários sinais de que uma gestação está em curso. Alguns são mais sutis, enquanto outros são gritantes. Veja as principais formas, então, de identificar se a gata está prenha:

  • Sinais mamários: dentre os principais sinais da gestação felina estão aqueles que ocorrem nas mamas da gata. Ao redor delas aparece uma pelagem fina. Além disso, elas ficam maiores e adquirem cor rósea;
  • Comportamento: as gatas têm aumento de apetite no início da gestação, principalmente no primeiro mês. Também, ficam mais carentes e tem necessidade de atenção e proximidade humana. Ainda, fica mais arisca com outros animais, em uma espécie de prévia do instinto materno;
  • Peso: somente a partir de 04 semanas de gestação é que há um aumento de volume e peso. Primeiramente ele ocorre na região atrás das costelas, expandindo-se ao restante do corpo depois.

Para confirmar o estado gravídico da gata, não deixe de consultar um veterinário. Com um ultrassom você rapidamente confirma se suas desconfianças têm embasamento ou não. Além disso, é esse o profissional que pode lhe preparar para dar o melhor conforto à gata durante a gestação felina.

Alimentação natural felina

A alimentação natural felina garante ao seu bichano a ingestão de todos os nutrientes dos quais ele precisa. Veja como introduzi-la!

Como saber que a gatinha vai parir? Entenda os sinais

Para saber se os gatinhos filhotes estão para nascer, observe esses sinais:

  • Isolamento da felina em um local confortável e quente;
  • Lambidas constantes na genitália e descarga vaginal de um fluído (tampão mucoso);
  • Queda da temperatura corporal da felina (37,8ºC a 38ºC);
  • Contrações.

Principais dúvidas e respostas sobre a gestação felina

Veja, ainda, as respostas para as principais dúvidas sobre a gestação de gatos. Com isso você se prepara para receber filhotinhos lindos e encantadores.

Quanto tempo dura a gestação felina?

A gestação felina é muito rápida. Ela tem duração média de 02 meses, ou seja, 08 semanas! Com isso, em apenas 60 dias nascem gatinhos pra lá de fofos.

Quantos filhotes nascem por vez?

Geralmente cada gestação felina gera entre 04 e 06 filhotes. Contudo, isso varia, podendo até mesmo ser demais ou menos gatinhos. Quando nasce apenas um filhote, dá-se o nome de feto-único. Ele tende a nascer bastante grande.

Afinal, ele conta com todos os nutrientes apenas para si. Não há outros embriões com quem dividi-los. Com isso, ganha peso ainda no útero. Entretanto, isso pode causar problemas à mamãe, que precisa lidar com todo esse peso.

Como é o nascimento dos gatinhos?

A gata encontra um local tranqüilo para parir, e quente. Por isso, fica mais quieta e em isolamento. Quando suas contrações começam, ela expele um tampão mucoso. Após, passa a expelir os gatinhos, o que acontece naturalmente com as contrações.

O nascimento de cada um deles varia entre 30 a 60 minutos, embora possa ser mais rápido Os filhotes são expelidos em sacos amnióticos e com o cordão umbilical. A gata, então, estoura esse saco e corta o cordão com os dentes.

Depois, lambe o filhote para limpá-lo e, também, para estimulá-lo a respirar. Veja só como a gata é bastante auto-suficiente!

A gata precisa de intervenção durante o parto?

Geralmente não precisa. Ela consegue expelir os animais, ajuda-os a se livrar da bolsa amniótica e os limpa, ajudando os gatinhos a respirar. Além disso, é ela quem solta o cordão, com mordidas.

Portanto, a gata sabe exatamente o que está fazendo. Seus instintos lhe auxiliam a direcionar rapidamente cada ação necessária. Isso ocorre antes, durante e depois do nascimento dos filhotes.

Contudo, caso algum filhote fique preso não deixe de contatar um veterinário. A mesma coisa deve acontecer quando:

  • O parto superar 24 horas;
  • Contrações não forem seguidas do expelir de filhotes;
  • Tampão mucoso preto ou com cor de sangue;
  • Da mesma forma, em qualquer sinalização de dificuldade pela felina.

Quais são os cuidados principais na gestação felina?

A gata precisa de uma alimentação especial durante a gestação. Afinal, ela estará gastando muito mais energia no desenvolvimento dos filhotes. Além disso, esses precisam de alguns nutrientes essenciais para que se desenvolvam corretamente.

Portanto, sua gata deve ter uma alimentação rica. Confira com o veterinário qual é a melhor opção caso sua pet esteja passando por uma gestação felina.

Como são os filhotes nos primeiros dias?

Nos primeiros dias após o nascimento os gatos são muito dependentes. Por exemplo, eles somente abrem os olhos aos 15 dias. Ainda, eles começam a ouvir apenas aos 09 dias. Assim, ao nascerem eles estão completamente alheios a alguns estímulos externos.

Após um mês e meio eles se tornam capazes de começar a se alimentar de forma independente. Até então ficam dependentes da mamãe gata. Esta, aliás, somente dará atenção a eles durante esse período inicial em que eles dependem integralmente dela.

Problemas de saúde felina

Quem tem um gato não pode perder nossas dicas sobre problemas de saúde felina. Com elas, você previne doenças e garante o bem-estar do bichano!

Você também pode gostar

content

Leptospirose em gatos e cachorros: veja tudo sobre isso!

A leptospirose em gatos e cachorros é muito preocupante e precisa ser evitada pelos seus tutores. Por isso, veja como prevenir aqui!

Continue lendo
content

Conheça 15 Cursos de Modelagem e Confecção Eduk!

Os cursos de modelagem e confecção Eduk são indicados para quem deseja atuar na área de criação de novos modelos ou ter sua própria confecção.

Continue lendo
content

8 melhores cursos para quem quer ser esteticista!

Confira 8 opções de cursos para ser esteticista e descubra instituições de ensino de qualidade como SENAC e UNIP. Veja mais aqui!

Continue lendo