Animais

Cachorro não quer comer: como ajudar?

Uma situação em que o cachorro não quer comer é preocupante. Afinal, a nutrição é essencial para a saúde. Veja o que fazer, então.

Anúncios

Descubra como agir quando o cachorro não quer comer

Cachorro não quer comer
Cachorro não quer comer

Quanto o cachorro não quer comer é essencial que se investiguem os motivos. Igualmente, que se tomem providências para reverter a situação. Confira, hoje, algumas dicas.

Existem inúmeros motivos para um cachorro perder seu apetite. Alguns deles são comportamentais e típicos de algumas espécies. É o que chamamos de apetite seletivo, que é a escolha pelo o que se quer ou não comer.

Por isso, nesses casos é comum que o cão somente pule uma ou outra refeição. Contudo, a recusa mais frequente aponta para outras causas. Por exemplo, para doenças. Mas, também, para questões menos graves.

Comportamentos e hábitos podem levá-los a recusar alguns alimentos. Ou, então, a perder o apetite ou enrolar para comer. Seja como for, existem soluções e métodos de abrir o apetite do seu cão.

Além disso, quando o cachorro não quer comer isso deve ser visto como um sinal de alerta.  Quando estímulos comportamentais e outras questões não resolvem, isso pode apontar algo mais grave. E, aqui, o melhor a fazer é sempre procurar um veterinário.

Embora a falta de apetite possa se referir a questões pontuais e inofensivas, também pode indicar uma série de doenças. Por isso, é essencial que você sempre observe seu companheiro e o seu comportamento. Ainda, garantir que ele sempre conte com o acompanhamento veterinário.

Mas, calma, esse apenas é um alerta! Na maioria das vezes as explicações são bem mais simples. E quer saber quais são elas? Então continue lendo e veja as principais razões de mudança do apetite canino.

Anúncios

Quando o cachorro não quer comer o que pode ser?

Entenda porque o cachorro não quer comer
Entenda porque o cachorro não quer comer

Como dissemos acima, a falta de apetite canina ou recusa do alimento decorre de inúmeros fatores. Veja alguns dos principais e, na sequência, confira como lidar com isso.

Cachorro não quer comer por petiscos em exagero

Em primeiro lugar, saiba que você pode ser o motivo pelo qual o cachorro não quer comer. Quando se oferecem petiscos constantemente ao cão, ele tende a preferi-los ao invés da ração normal. E isso é prejudicial.

Primeiramente, porque pode se recusar a comer outros alimentos. Em segundo lugar, porque os petiscos costumam contar com exagero de sódio e colorantes. Por isso, pise no freio e vá com calma ao oferecer esse tipo de alimento.

Anúncios

Apetite seletivo

Outro motivo para o cachorro não querer comer é o apetite seletivo. Algumas raças menores, como yorkshire, são famosas por esse comportamento. Ele consiste na recusa de uma comida por simples seleção pelo cão sobre o que ele quer ou não.

Mas isso não significa que o cão nunca mais irá querer esse alimento em específico. Geralmente ele apenas o recusa em um momento pontual. Assim, pular uma refeição não é motivo de preocupação. Contudo, lembre-se de sempre observar o comportamento.

Excesso de calor

Assim como nós, os cães também ficam mais cansados no calor. E isso pode resultar na falta de apetite. Portanto, é natural que ocorra e que ele fi que mais lento, letárgico. Uma forma de ajudá-lo é oferecendo água fresca ou até com pedras de gelo.

Cachorro não quer comer pode ser causado por mudanças recentes

Quando o cachorro não quer comer, analise também a ocorrência de alguma mudança recente. Caninos, assim como gatos, são avessos a mudanças bruscas. A mudança de móveis ou a chegada de um novo membro na família podem levá-lo a perder o apetite.

Maus hábitos alimentares

Por fim, considere se o seu pet não tem o hábito de comer apenas na sua presença. Alguns cães e gatos se regozijam em comer com platéia. Por isso, pense em formas de mudar isso. Um veterinário bem como o adestramento pode ajudar nesse momento.

Da mesma forma, a concessão de alimentos sem restrição de horários também pode ser o motivo. Muitas vezes o cão “se perde” no horário. E, assim, passa horas sem comer, ou come e você sequer percebe.

Doenças

Ainda, quando o cachorro não quer comer ele pode indicar algum tipo de doença. Muitas vezes esse é um sinal para problemas gastrointestinais ou dores. Assim, se a falta de apetie persistir, busque um veterinário. Igualmente, garanta que seu pet tenha consultas regulares com esse profissional.

Ração úmida ou ração seca: qual escolher?

O que é melhor para os pets: ração úmida ou ração seca? Essa é uma dúvida bastante comum e, por isso, pode causar confusão. Veja como fazer.

O que fazer para abrir o apetite de cachorro?

Cachorro não quer comer
Cachorro não quer comer

Por fim, agora que você já sabe alguns dos principais motivos que levam o cachorro a não querer comer, veja algumas soluções. Existem alguns truques que ajudam a abrir o apetite dos caninos. Confira quais são e experimente!

Sempre ofereça ração seca fresca

Primeiramente, certifique-se de sempre oferecer ração seca fresca ao seu cão. Isso significa que é preciso descartar o que ficou na tigela exposto a microorganismos e poeira. Igualmente, requer cuidados com o armazenamento do restante da ração.

Promova atividades físicas quando o cachorro não quer comer

Outra boa maneira de abrir o apetite de cachorro que não quer comer é por meio de atividades físicas. Programe-se para fazer passeios, caminhadas e corridas regulares com seu cão. Igualmente, é claro, promova brincadeiras para entretê-lo e gastar energia.

Esse gasto energético também se revela no gasto calórico. E isso tende a aumentar a fome e afastar a recusa aos alimentos.

Evite petiscos constantes

A terceira dica para quando o cachorro não quer comer é evitar os petiscos constantes. Além do baixo valor nutricional, eles podem fazer com que o cão recuse outros alimentos.

Considere introduzir complementação alimentar com produtos naturais

Outro ponto interessante para ajudar um cachorro que não quer comer é a introdução de novos alimentos. Para isso, é claro, conte com o auxílio de um veterinário. Afinal, somente ele é capaz de prescrever a dieta ideal para seu cão.

Nesse caso, é possível introduzir carnes cozidas (e sem tempero) e ovos cozidos, por exemplo. Esse cenário exige análise nutricional do cão, exames e seguir uma dieta equilibrada que siga proporções conforme prescrição médica.

Aposte na ração úmida

Por fim, você também pode usar a ração úmida, do tipo sache, para resolver o problema do cachorro que não quer comer. Esse tipo de alimento tende a atraí-los e, também, aumentar o apetite.

Sinais de gato envelhecendo

Você reconhece os sinais de gato envelhecendo? Pois saiba que isso é necessário para adaptar a vida do seu pet. Veja como perceber e o que fazer.

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Em Alta

content

Curiosidades incríveis: 15 sobre gatos que você não sabia!

Existem inúmeras curiosidades sobre os gatos que não conhecemos ou achamos que é um mito, como a visão dos gatos! Veja 15 curiosidades aqui!

Continue lendo
content

Descubra qual é a hora certa de servir seu felino!

Existe o momento correto para que você possa servir seu felino, evitando criar maus hábitos e costumes inadequados de alimentação. Veja!

Continue lendo
content

Dietas para felinos: saiba tudo sobre os diferentes tipos

As dietas para felinos são diferenciadas, atendendo a necessidade específica de cada animal, como gatos obesos ou filhotes. Saiba mais aqui!

Continue lendo

Dicas

Risco na sobrancelha: como fazer? Veja passo a passo!

Risco na sobrancelha, como fazer? É exatamente isso que iremos aprender hoje, bem como ver todos os significados que envolvem a moda!

Descubra tudo sobre risco na sobrancelha e como fazer!

Aprenda hoje como fazer risco na sobrancelha. Esse é um detalhe que faz toda a diferença nos seus fios e, ainda, está super em alta na moda! Por isso, não deixe de conferir mais.

O risco na sobrancelha, cabe dizer, não é uma novidade. Afinal, ele não surgiu nos últimos anos, embora tenha voltado a ser tendência. O que aconteceu é que, mais uma vez, a moda se mostrou cíclica, como lhe é típico.

Explica-se: volta e meia peças, acessórios, cortes de cabelo e maquiagens do passado voltam a ser tendência. Por exemplo, o que dizer da alta da calça mom, típica nos anos 1990, que nos deparamos agora? E isso se repete à pochete, papete, miçangas e por aí vai.

Com o risco na sobrancelha isso não é diferente. Ele já foi moda nas décadas de 1980 e 1990. Agora, voltou com tudo e conquistou os arcos de muitas pessoas, das passarelas à televisão e às redes sociais.

E, saiba, como pode aprender como fazer risco na sobrancelha hoje e reproduzi-lo sem sair de casa. Com isso, esbanje estilo e, também, se garanta dentro das tendências da moda. Continue lendo e confira mais sobre o assunto.

O que significa um risco na sobrancelha?

Assim como diversos outros elementos da moda e do estilo o risco na sobrancelha também levanta polêmicas. E isso se deve principalmente em relação à sua origem. Infelizmente, muitas pessoas o relacionam com a criminalidade, por exemplo.

E esse é apenas um dos significados que se dão aos riscos na sobrancelha. Contudo, não se engane: uma falsa correlação feita por algumas pessoas não torna o que elas acreditam em verdade e realidade.

Por isso, caso você tenha ressalvas em realizar o risco na sobrancelha, não se preocupe. Ele nada tem a ver com o consumo ou venda de drogas. Igualmente, não se relaciona com a criminalidade, seja em relação ao tráfico, aos roubos ou mesmo assassinatos.

Em verdade, o risco na sobrancelha nada mais é do que um sinal de ostentação. Ou seja, de estilo e de demonstrar que você tem estilo e que se orgulha dele. Por isso, o risco se relaciona ao orgulho de ser quem se é, às suas posses, habilidades e realizações.

Não à toa, aliás, muitos Mcs do universo do Funk aderiram aos riscos na sobrancelha. Enquanto alguns optam por apenas um, em um dos arcos, outros fazem riscos diversos. Eles podem ser plurais, em mais de uma sobrancelha ou em direções diversas.

Dessa forma, esqueça qualquer preconceito quanto aos riscos na sobrancelha e veja como fazer. Afinal, eles voltaram para ficar e são um dos elementos mais interessantes de moda da atualidade. E você não vai querer ficar de fora, certo?

Assim, continue lendo e veja como fazer o risco de forma correta. Seja para homem ou para mulher, esse é um cuidado e diferencial para quem ama esbanjar estilo e gosta de deixar sua personalidade clara.

Curso de design de sobrancelha online

Ainda tem dúvidas sobre fazer ou não um curso de design de sobrancelha? Então não perca tempo e confira as respostas às principais questões.

Em qual sobrancelha fazer o risquinho?

Isso é uma escolha que vai caber a cada pessoa. Afinal, como vimos acima, o uso do risco na sobrancelha nada mais é do que ostentação. Por isso, não tenha medo em “errar” de sobrancelha ou dar outro significado ao símbolo que não o esperado.

Além disso, lembre-se de que essa é uma escolha estética pessoal. Isto é, a escolha da sobrancelha cabe a você e como você preferir. Mas alguns elementos podem ajudar na escolha, a saber:

  • Sobrancelha falhada: uma boa forma de como fazer o risco na sobrancelha é optando por fazê-lo em uma sobrancelha que tenha falhas de fios. Com isso, você resolve este problema e usa o risco para disfarçar a falta de pelos;
  • Uso de franja lateral: se este for o seu caso ou, ainda, você use um corte de cabelo que tende a mostrar melhor um lado do rosto do que outro, dê preferência à sobrancelha do lado com maior destaque. Afinal, você não via fazer um risco na sobrancelha para escondê-lo, certo?
  • Opinião de designer: também, não deixe de consultar seu designer de sobrancelhas para obter opinião de qual seria a melhor escolha, dentre seus arcos, para o  risco de sobrancelha. Muitas vezes alguns detalhes que nos passam batidos são claros para eles e podem direcionar melhor a escolha.

Passo a passo do risco na sobrancelha: como fazer

Por fim, confira abaixo o passo a passo de como aderir à tendência do risco na sobrancelha e como fazer esse detalhe apaixonante.

01 – Retire o excesso de pelos

Em primeiro lugar, para fazer o risco na sobrancelha é essencial que ela esteja limpa. Ou seja, feita, com a extração dos pelos em excesso e corte das pontas mais compridas. Por isso, comece fazendo seu design de sobrancelhas normalmente.

02 – Marque o local do risco

Logo em seguida, com um lápis de maquiagem, marque sua pele ponde deseja fazer o risco. Para isso, por exemplo, você pode fazer um ponto na parte superior e na inferior da sobrancelha, mostrando início e fim do risco.

Lembre-se, ainda, de que você pode fazer um risco só ou duplo. Igualmente, que ele pode ser mais fino e discreto ou mais largo. Ainda, você pode optar por riscar a sobrancelha de forma reta ou na diagonal, bem como no meio ou no final dela.

Por isso, não tenha pressa. Se necessário faça testes e sempre se imagine com o risco em diferentes lugares. Da mesma forma, busque inspirações para saber qual você acha mais bonito e que combinará mais com o seu rosto.

03 – Retire os pelos

Por fim, é chegado o momento de fazer o risco na sobrancelha. Nesse caso, você pode usar uma maquininha com borda fina ou uma navalha. Seja como for, é imprescindível ter muito cuidado! Considere, por isso, buscar um profissional da sobrancelha para evitar erros e acidentes!

Opções de curso de sobrancelha online e gratuito

Um bom curso de sobrancelha online e gratuito pode dar grandes oportunidades profissionais. Veja aqui como escolher o melhor!

Você também pode gostar

content

Criar gato de rua: como fazer? Veja 8 dicas simples!

Criar um gato de rua é muito desafiador para os tutores, já que ele possui hábitos preestabelecidos, e que precisa se adaptar a nova vida,

Continue lendo
content

Como fazer o curso Gestão em Salão de Beleza da Prime Cursos?

Veja como fazer o curso de gestão em salão de beleza Prime Cursos e aprenda sobre investimento inicial, fluxo de caixa e muito mais!

Continue lendo