Gatos

Alimentos proibidos para gatos: Conheça os 5 principais!

Existem alimentos proibidos para gatos que devem ter atenção dos tutores. Afinal, eles colocam em risco a vida do bichano. Conheça, abaixo, quais são.

Anúncios

Saiba aqui os principais alimentos proibidos para gatos 

Saiba aqui os principais alimentos proibidos para gatos 
Saiba aqui os principais alimentos proibidos para gatos 

Você sabia que existem alimentos proibidos para gatos? E muitas vezes eles podem enganar e parecer perfeitos para os bichanos. Por isso, é preciso cuidado.

Seja em razão de mitos populares ou de lendas, não raro relacionamos os gatinhos com alimentos que não são ideais para eles. Note, então, como isso pode ser um perigo! A ingestão de produtos sem indicação pode levar ao desenvolvimento de doenças e até ao óbito. Portanto, é algo que requer muita atenção.

Os gatos possuem diversas restrições. Isso se deve à presença de pré-disposição para o desenvolvimento de algumas doenças. Igualmente, pela reação que seus organismos apresentam perante algumas substâncias.

Por isso, a alimentação deve seguir alguns passos cruciais. Da mesma forma, deixar de fora alguns produtos que podem minar todos os demais cuidados que você dedica ao gatinho.

Contudo, não há motivo para desespero! Hoje já conhecemos de maneira bem profunda o organismo e a saúde dos gatinhos. Isso inclui, também, os alimentos que lhes beneficiam ou não. Por isso, existem diversos métodos de alimentação, bem como dietas específicas.

Com elas, você evita a ingestão de alimentos proibidos para gatos. Ao mesmo tempo, trabalha para a promoção da saúde e do bem-estar do seu parceiro. Interessou-se? Então não deixe de continuar a sua leitura para conhecer mais sobre o assunto.

Separamos, abaixo, uma série de informações cruciais à saúde do seu gatinho. Elas incluem dicas de alimentação, com alimentos benéficos. Também, apontam quais alimentos devem ficar longe da tigela do seu gatinho. 

Anúncios

Quais alimentos gatos podem comer?

Hoje existem diversos tipos de rações industriais no mercado. Elas se tornaram populares e muito mais acessíveis nos últimos anos. Contudo, a pluralidade também se reflete na composição de cada uma delas.

Enquanto algumas apresentam equilíbrio, outras exageram no sódio, nos conservantes e corantes. Além disso, não raro nos deparamos com uma ração que divulga uma composição que não se reflete na realidade.

Mas o que fazer, então? Hoje os especialistas são uníssonos quanto ao fato de que o alimento seco (ração) não deve ser único na dieta felina. A ração não é um alimento proibido para gatos, mas também não deve ser o único.

E como, então, complementar a alimentação para enriquecer a dieta felina? Como falamos anteriormente, a alimentação para gatos encontra problemas até mesmo nos mitos sociais. Isso se ilustra, por exemplo, pela concessão de leite para os bichanos. Entretanto, há contraindicação para isso, eis que é nocivo ao organismo do pequeno!

Da mesma forma, existem outros alimentos que são do dia a dia humano e que podem compor a alimentação do gato. O cuidado, então, deve ser em relação ao que é ou não compatível com o organismo dos felinos.

E existem diversos produtos, principalmente naturais, que podem enriquecer a dieta felina. Por exemplo, carnes ricas em ferro, como miúdos, moela, coração e fígado. O cuidado, aqui, é que sempre haja o prévio cozimento do alimento.

Da mesma forma, você pode apostar em carne de frango ou de peixe. Em relação a esta última, lembre-se de tirar os espinhos antes de servir. De outro lado, contudo, saiba que a carne de porco é um alimento proibido para gatos. Ela é tóxica para eles.

Além disso outros alimentos que possuem indicação para gatos são ovos cozidos. Juntam-se a eles algumas frutas como banana, morango, melão e melancia.

Alimentação natural felina

A alimentação natural felina garante ao seu bichano a ingestão de todos os nutrientes dos quais ele precisa. Veja como introduzi-la!

O que faz mal para os gatos?

image

Como dissemos anteriormente, existem diversos alimentos proibidos para gatos. E a proibição decorre da toxidade que ofertam. Ou, ainda, pelas reações alérgicas ou pela impossibilidade de digestão pelo organismo felino. 

Os doces, em geral, têm contraindicação. Portanto, nada de adoçar o prato do bichano.Da mesma maneira, existem algumas frutas benéficas aos bichanos. Ao mesmo tempo, algumas espécies são tóxicas e até letais. 

Igualmente, a carne de porco, como apontado acima, é nociva para os gatinhos. Assim, torna-se outro alimento proibido para gatos.

Diante disso, veja como é complexa a alimentação do seu gato. Porém, é possível mapear os alimentos proibidos para garantir o equilíbrio alimentar do felino. Veja os principais deles, abaixo, e garanta o bem-estar do seu gatinho!

Anúncios

O que o gato não pode comer? Saiba 5 alimentos proibidos para gatos!

image

Para ajudar você na tarefa de garantir a longevidade e o bem-estar do seu gato, não deixe de continuar lendo. Nós separamos 05 alimentos proibidos aos felinos. Dessa maneira, você não corre o risco de servi-los na melhor das intenções.

1. Chocolate

Muitas pessoas sabem que o chocolate é nocivo aos cães. Porém, sequer imaginam que ele também seja um alimento proibido para gatos. Por isso, jamais deixe à disposição do seu gatinho esse tipo de doce.

O chocolate possui uma toxina que é nociva aos bichanos. Ela pode causar reações adversas e bastante preocupantes.

2. Leite e produtos lácteos

Em segundo lugar, esqueça da imagem de um gato fofo se deliciando com uma tigela de leite. Esse é apenas um mito popular que, aliás, pode ser bastante nocivo. Os gatos não devem consumir leite após o desmame.

Durante o crescimento os gatinhos desenvolvem intolerância à lactose. Dessa maneira, o leite é um alimento proibido para gatos. O mesmo ocorre em relação aos seus derivados.

3. Uva

A uva também está proibida para o consumo de gatos. Embora os especialistas não tenham mapeado o que, exatamente, faz mal na fruta, sabemos que os felinos tem reações negativas após o consumo.

4. Alimentos com sal

Gatos têm tendência ao desenvolvimento de doenças renais e urinárias. Portanto, o sal é um alimento proibido para gatos, que já possuem retenção de líquidos. Assim, é muito importante que você jamais salgue alimentos (mesmo carnes) que irá oferecer a ele.

5. Abacate

Por fim, o abacate também deve ficar longe da dieta felina. Isso se deve ao fato de que a fruta é bastante gordurosa. Assim, afeta o sistema intestinal do felino, além de auxiliar na tendência à obesidade.

Recomendações importantes para a dieta felina

A saúde dos gatos depende do respeito às recomendações para dieta felina. Conheça, abaixo, as principais delas para o bem-estar dos bichanos.

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Em Alta

content

Como fazer o Curso de Sobrancelha A Nossa Escola?

O curso de sobrancelha A Nossa Escola oferece conteúdo online de qualidade para você ingressar no mercado da beleza. Veja como se inscrever!

Continue lendo
content

Cachorros em Apartamento: Um Guia Completo

É perfeitamente possível ter cachorros em apartamento, mas seja responsável e dê uma boa qualidade de vida ao pet! Veja nossas dicas!

Continue lendo
content

Qual curso de beleza ganha mais dinheiro? Veja!

Qual curso de beleza ganha mais dinheiro? Se você tem dúvidas, venha saber mais e decidir qual área investir em sua formação profissional.

Continue lendo

Cursos

Curso de yoga: descubra tudo sobre e comece a fazer!

Quem se interessa por exercícios e equilíbrio mental e físico encontra no curso de Yoga uma ótima oportunidade. Veja como fazer e lucrar com isso.

Entenda mais sobre fazer um curso online de yoga

O curso de Yoga encontra cada vez mais demanda pelo público. Isso se deve à popularização das técnicas e aos benefícios que trazem ao corpo e mente.

Até um tempo atrás eram raras as academias que ofereciam aulas diferentes. Elas se limitavam à musculação, aeróbica e algumas aulas de lutas. Porém, hoje, elas trazem outros tipos de exercícios e de cuidados com o físico e com a mente.

Isso se deve, por exemplo, à popularização das técnicas orientais. Também, à maior divulgação dos estudos que as envolvem e à própria globalização. E o aumento da busca por aulas de yoga impulsiona isso.

Porém, isso não é apenas uma oportunidade para quem quer um exercício para chamar de seu. Nem apenas para as academias profissionais. Muitas pessoas buscam o curso de Yoga, hoje, para transformá-la em profissão.

Com um curso desse tipo, você pode se beneficiar com os efeitos positivos dos exercícios à mente e ao corpo. Mas não só isso. Você também pode se especializar para repassar os conhecimentos e virar um instrutor de Yoga.

E, para isso, existem inúmeros motivos. Primeiramente, você pode ministrar aulas em qualquer lugar. Na casa do aluno, em estúdio de exercícios ou mesmo em parques, ao ar livre. Em segundo lugar, muitas pessoas abandonam os exercícios tradicionais para abraçar as técnicas orientais.

Da mesma forma, muitas pessoas evitam esse tipo de aulas em academias. Afinal, a exclusividade de atendimento em aulas particulares ou de pequenas turmas melhora a prática da Yoga. E, por isso, a academia tradicional não é o melhor lugar para isso.

Ainda, considere que mesmo com a alta no interesse pelo curso de Yoga, ainda existem poucos profissionais disponíveis no mercado. Assim, não há profissionais suficientes para o número de alunos que demandam esse aprendizado.

Dessa maneira, quem se interessa por exercícios ou já é um praticante de Yoga, deve considerar transformá-la em profissão. E hoje veremos como isso é possível. Abaixo, conheça os cursos que podem ajudar você a virar um instrutor dessas técnicas que conquistaram o mundo.

Principais dúvidas sobre curso de yoga

Aprenda, hoje, como um curso nessa arte oriental pode lhe ajudar. Antes, contudo, veja algumas ressalvas. A Yoga, embora seja considerada como uma prática que se alia às práticas meditativas, possui diversas correntes.

Por exemplo, o termo se apresenta em cada uma das diferentes abordagens espirituais da religião Hindu, de natureza indiana. Portanto, ela apresenta variações e metodologias diferentes.

Alem disso, ela não se relaciona apenas com métodos e costumes indianos que se interligam ao hinduísmo. Da mesma forma, as práticas meditativas que a Yoga traz se refletem no budismo e em outras religiões de cunho oriental.

O que deve ficar claro é que existem diversos tipos de técnicas e vertentes. Isso, aliás, é natural. Além disso, a Yoga vai bem além das questões físicas. Ela é, antes de tudo, para meditação. Contudo, ela aplica essa meditação de forma a conectar físico e etéreo.

5 melhores opções de curso de manicure

Um curso de manicure pode ser o passo inicial de uma carreira profissional de sucesso! Então, não perca tempo e confira aqui tudo sobre a área

Quanto custa o curso?

Como falamos acima, existem diversos tipos de vertentes da Yoga. Portanto, com os cursos não seria diferente. Ou seja, a variedade de cursos também leva à diversidade nos valores das aulas.

Além disso, é preciso lembrar que a aula de Yoga (para prática com professor) e o curso de Yoga são diferentes entre si. No primeiro caso há a concessão de aulas presenciais e com periodicidade semanal, geralmente.

Já no segundo caso temos a profissionalização. Ou seja, o aprendizado com vias no repasse do conhecimento. Esse é o caso em que você pode guardar os conhecimentos para seu treino caseiro sem acompanhamento de professor. Ou, então, para se transformar no professor de terceiros.

No caso das aulas, elas costumam custar cerca de R$ 50 a sessão, o que também varia. Já o curso de Yoga pode custar entre R$ 200 (online) e R$ 6 mil (presencial).

Quem pode fazer o Curso de Yoga?

Qualquer um que não tenha limitações físicas e que goste de exercícios pode fazer o curso. Seja com a intenção em transformá-lo ou não em profissão, os benefícios são inúmeros e não há contraindicação.

Assim, você pode fazê-lo em busca do equilíbrio entre corpo e mente. Ou, então, para o próprio fortalecimento muscular. Da mesma forma, para combater o estresse e a ansiedade. A auto conexão é outra questão relevante. 

Qual o melhor curso de Yoga?

Isso varia de acordo com o que você procura. Alguns dos cursos são online e isso pode apresentar algumas limitações. Por exemplo, nesse caso o professor não poderá corrigir uma postura incorreta ou ajudá-lo presencialmente com apoio.

Contudo, esse é o tipo mais em conta. Ou seja, mais barato para o seu bolso. Ainda, você tem mais opções, uma vez que encontra inúmeros tipos de técnicas sem sair de casa. Portanto, para quem tem facilidade em aprendizado online, essa é uma ótima alternativa.

Por outro lado, o curso presencial costuma ser mais completo e complexo. Ao mesmo tempo, também, é mais caro e por isso o investimento é bem maior. O melhor curso de Yoga, então, dependerá da sua capacidade financeira e das opções que existem onde você mora.

Quanto ganha em média um professor de yoga?

Assim como nas demais profissões, o salário de quem faz curso de Yoga varia. Por exemplo, a cidade em que se atua faz toda a diferença. Igualmente, a demanda e o local em que se presta serviços.

Um professor particular tende a ganhar muito mais do que um professor de Yoga que trabalhe em estúdio ou academia de terceiros. Além disso, a experiência, o número de alunos e a divulgação dos serviços fazem toda a diferença.

Em termos gerais um professor de Yoga iniciante tende a ganhar R$ 2.100. Já os mais experientes tendem a lucrar R$ 3.600 mensais, ao menos. O valor pode chegar até R$ 5.280.

Curso de design de sobrancelha online

Ainda tem dúvidas sobre fazer ou não um curso de design de sobrancelha? Então não perca tempo e confira as respostas às principais questões.

Você também pode gostar

content

Maquiagem airbrush: guia completo para aprender a técnica

A maquiagem airbrush é uma técnica inovadora, que permite que a durabilidade seja muito maior, e a ainda tem um resultado incrível.

Continue lendo
content

Alongamento de cabelo faz mal? Tudo o que precisa saber!

O alongamento de cabelo faz mal? Pois isso irá depender do tipo de técnica e da saúde do seu cabelo! Saiba mais em nosso post.

Continue lendo
content

Fazer penteados para festas? Veja 8 opções simples!

Como fazer penteados para festas é sempre uma dúvida, principalmente pelo número de opções. Por isso, separamos 8 indicações simples!

Continue lendo