Animais

Viajar sem seu animal: Pet Hotel ou Pet Sitter

Por

Lucas Silva 

| Publicado em

Você vai viajar de avião e não quer levar seu cachorro? Vai para aquela cidade de praia meio isolada, tem medo de levar seu gato, e o bichano se perder? Vai tirar uma segunda lua-de-mel e não quer levar seu filho de quatro patas?

Não tem problemas: deixe seu amigo em um Pet Hotel (Hotelzinho) ou com um Pet Sitter.

Apesar de viajar com seu bicho é superlegal, tem viagens que é melhor ele não ir; então, escolher um bom cuidador para ele é essencial.

O primeiro lugar é uma casa especializada, com uma equipe que vai garantir amor, carinho e cuidados para seu cachorro ou gato, mas num lugar estranho a ele. O segundo, é uma pessoa que vai na sua casa, durante algumas horas do dia, e lá vai se dedicar, exclusivamente, ao seu amigo peludo, dando todo o amor e cuidado que ele precisa.

Porém, qual é a opção mais adequada para seu animal? Qual é a mais adequada para o seu estilo de vida? A seguir, listamos algumas vantagens e desvantagens de Pet Hotéis e Pet Sitters, para te ajudar a decidir qual serviço escolher, e assim, poder aproveitar sua viagem, sem preocupação!

ANÚNCIOS

Conforto

Se para nós, sair um pouco da rotina, experimentar uma cama nova, acordar com uma bela paisagem é renovador, para o cachorro ou gato, às vezes é assustador. Pense bem: ele está em um lugar que ele não conhece, com pessoas e animais que ele não conhece.

Assim, o chamar um Pet Sitter é uma opção bem melhor, em termos de conforto. Seu animal não vai sair do lugar dele, da cama dele, não vai se afastar dos seus brinquedos e do seu cantinho do xixi…

Claro que tem animais que conseguem se dar muito bem em lugares novos. Também temos Pet Hotéis que, igual hotéis para pessoas, são muito mais luxuosos que nossas casas. Então, se você acha que seu amigo merece dar essa variada de ambiente, vale a pena investigar.

Mas é como diz o ditado: não há lugar como nosso lar.

Ponto: Pet Sitter

ANÚNCIOS

Socialização

A não ser que você seja o tutor de vários animais, quando você viaja, seu gato ou cachorro vão ficar sozinhos em casa. O Pet Sitter vai na sua casa, vai brincar com eles e, eventualmente, poderá levar seu amigo para passear. Mas ele ficará sozinho, principalmente de noite.

Gatos são, por instinto, animais mais propensos a ficarem sozinhos. Pense em um tigre, ou um leopardo: grandes felinos solitários. Diferente de cães, que evoluíram dos lobos, que viviam em enormes alcatéias. Assim, em um Pet Hotel, seu animal vai interagir com outros bichos da sua espécie e até de outras.

Para algumas raças de cachorro e até de gatos, ficar muitos dias sozinho pode ser bastante estressante. Pense bem: um som diferente, pessoas diferentes no bairro, ou situações inesperadas (como gritos de torcedores em dias de jogos) são coisas que vão assustar seu animal.

Se ele estiver com outros animais, no Hotelzinho, vai se sentir mais seguro, mais acolhido. Na sua casa, principalmente de noite, ele não terá ninguém para passar essa sensação de segurança.

Ponto: Hotelzinho

ANÚNCIOS

Atendimento individual

Quando falamos dos nossos animais, todo dono é igual: “todos os gatos são parecidos, mas só o meu gato faz isso”, vão dizer os donos. O mesmo vale para cachorros.

Dessa forma, o serviço que vai, melhor atender às necessidades exclusivas do seu animal, é um Pet Sitter. Nos Pet Hotéis, é claro que seu cachorro ou gato será muito bem cuidado, será observado de perto por cuidadores especializados e carinhosos, e vai brincar bastante. Mas, será um tratamento genérico – porque terão lá muitos outros animais

Dessa forma, só um Pet Sitter, contratado para cuidar exclusivamente do seu animal, vai saber fazer aqueles cafunés e brincadeiras que só o seu cachorro ou gato gostam. Essa pessoa estará lá para entender seu amigo peludo, para se dedicar exclusivamente para ele, e eventualmente, para fazer chamadas de vídeo para você falar com seu bichinho.

Além disso, alguns Pet Sitter podem fazer visitas ao seu animal, algumas semanas antes da sua viagem. Assim, seu gatou ou cachorro não vão estranhar quando ele for lá, e você não estiver, e o profissional já vai conhecendo melhor, cada necessidade própria, do seu amigo peludo.

Um Pet Sitter é alguém que vai amar seu pet tanto quanto você.

Ponto: Pet Sitter

Seu gato está entediado? Descubra aqui arranhadores divertidos e diferentes para ele se distrair!

Segurança

Quando você hospeda seu gato ou cachorro em um Pet Hotel, lá haverá monitoramento por câmeras, 24 horas, provavelmente, um veterinário plantonista, além de diversas pessoas, cuidando para que seu cachorro não sinta frio, fome sede, e fique sempre limpo. Ou seja, é um lugar seguro, administrado por pessoas experientes e dedicadas.

Um Pet Sitter precisa ser uma pessoa de sua extrema confiança. Existem alguns pet shops que, eventualmente, oferecem o serviço. Mesmo assim, pense bem: trata-se de uma pessoa que vai entrar, sozinha (é o que se espera) na sua casa, e, sem ninguém ver, e sem nenhuma presença de câmeras de monitoramento, vai cuidar de seu amigo – e ter acesso às suas coisas.

Por isso, é muito importante você pesquisar bem, quem é o Pet Sitter, caso opte por esse serviço. Pesquisar referências, o que falam dele nas redes sociais, se há fotos do profissional com outros cães e gatos, se ele tem conhecimentos básicos de veterinária e primeiros socorros, se ele sabe sobre alimentação animal…

Além disso, haverá períodos em que o seu animal estará sozinho, no caso de contratar um Pet Sitter. Assim, se acontecer algum problema na casa, no momento em que o Pet Sitter já tiver ido embora, não terá lá ninguém pra resolver isso de forma rápida.

É claro que existem milhares de Pet Sitters excelentes, como também existem Pet Hotéis com atendimento e instalações que deixam a desejarem. Por isso, pesquisar sobre Hoteizinhos, ver avaliações em sites especializados e redes sociais, procurar fotos, é muito importante.

Mas, de maneira geral, Pet Hotéis são mais seguros – em uma avaliação genérica.

Ponto: Hotelzinho

ANÚNCIOS

Valores

Um Pet Sitter é um profissional que vai dedicar algumas horas do seu dia, exclusivamente, ao seu gato ou cachorro. Ele estará com seu animal por certo período de horas, vai conversar com ele, levar para passear, dar banho, fazer toda a higiene…

Em um Pet Hotel, seu animal será cuidado, limpo, bem alimentado, brincará bastante. Mas ele não será o único animal do lugar.

Logo, alguns serviços de Pet Sitter podem ser tão caros quanto de um Hotelzinho, se não mais.

O Hotelzinho tem o custo com lavanderia e limpeza das áreas comuns, ração, eventuais remédios e brinquedos (principalmente se você tiver um cachorro que adora destruir coisas), além das contas como água, luz e eletricidade. E alguns são tão luxuosos quanto hotéis de luxo para pessoas.

Um Pet Sitter vai cobrar pelo horário que estará, pelo serviço (só alimentar e brincar? Correr com o animal? Aparar o pelo e as unhas?), mas não vai somar ao valor total as contas como mercado, farmácia e brinquedos. Logo, talvez seus valores sejam menos, mas nesse caso, você terá que arcar com todas as outras contas.

Então, vale você pesquisar bastante, sobre a estrutura e as facilidades de cada serviço, se a questão do valor for um problema.

Ponto: Empate

Resultado

Tanto um Pet Sitter quanto um Pet Hotel podem ser escolhas boas ou não, para o seu gato ou cachorro, quando você for viajar. A primeira coisa a fazer é você analisar o que você acredita que será o melhor para seu amigo. Em segundo lugar, você deve pesar as vantagens e desvantagens de cada serviço, e então, procurar aquele que for o melhor possível, o que mais te agradar e te passar confiança, dentro das suas condições.

Cada serviço tem seus pontos positivos e negativos, e, como cada gato e cada cachorro é um ser único, às vezes, um serviço será melhor para o bichano de um tutor, mas não será para outro.

Por isso, é importante você conhecer seu pet, e então pensar consigo mesmo, qual serviço será melhor para ele. O mais importante é não deixar a oportunidade das suas merecidas férias passar. Seu animal ficará bem, se o serviço escolhido for realizado por pessoas dedicadas e carinhosas.

Todo mundo merece umas férias. Até nossos amigos de quatro patas!

E você? Já hospedou seu gato ou cachorro em um Hotelzinho? Já contratou um Pet Sitter? Conte para nós como foi, nos comentários. Diga se esquecemos de abordar alguma coisa.

E para não perder mais nenhuma postagem do Senhor Gato, assine nossa newsletter e fique por dentro do melhor conteúdo sobre gatos e demais pets!

Animais

Os 15 animais fofos que podem matar: eles até parecem doces, mas que têm comportamentos assustadores

Muitos animais têm aparência fofa e têm tudo para enganar os homens quanto à sua doçura: pelos brilhantes, olhos arredondados, cara de bonzinho… No entanto, no casos dos listados no nosso texto, eles podem ser bem perigosos para outros bichos e até mesmo para os seres humanos!

Por

Priscila B. 

| Publicado em

Muitos animais têm aparência fofa e têm tudo para enganar os homens quanto à sua doçura: pelos brilhantes, olhos arredondados, cara de bonzinho… No entanto, no casos dos listados no nosso texto, eles podem ser bem perigosos para outros bichos e até mesmo para os seres humanos!

Já escutou aquele velho ditado “quem vê cara não vê coração”? Se sim, então saiba que isto se aplica plenamente no reino animal, uma vez que a natureza nos presenteou com animais fofos que podem matar não só outros bichos, como até mesmo os seres humanos!

A natureza nos presenteou com animais fofos que podem matar não só outros bichos, como até mesmo os seres humanos, a exemplo do pit bull.

Pois é, o reino animal funciona dessa maneira: nem sempre o que se parece ser de fato é. Quer um exemplo? Então veja o pit bull. Esta raça de cachorro tem tudo para ser mansa e uma bela companhia para o homem, mas, se treinada de maneira errada, ela se torna extremamente agressiva, podendo atacar e até mesmo matar qualquer ser vivo que a coloque em situação de perigo.

No caso dos animais listados no nosso texto, a lógica se mantém. Embora na maioria das vezes não sejam aptos aos adestramentos, uma vez que vivem em meio à natureza, os bichos fofinhos citados abaixo são, na verdade, muito perigosos. Então, fique atento quando se deparar com algum deles!

15. Golfinho

O primeiro da lista dos animais fofos que podem matar é o golfinho. Pois é, até ele! Bastante gracioso e, por conta disso, atração turística de vários lugares, como em Cancún no México, é impossível resistir ao seu charme – embora fique o alerta quanto à exploração do bicho para o turismo, que não é nada animal friendly.

O primeiro da lista dos animais fofos que podem matar é o golfinho. Pois é, até ele! Todavia, no caso, trata-se da espécie Golfinho-roaz, famoso por aparecer no filme Flipper.

No entanto, quando falamos neste animal num tom de perigo, trata-se, na verdade, da espécie Golfinho-roaz. Famoso por aparecer no filme Flipper, este tipo de golfinho é superpredador, matando, inclusive, tubarões só usando o focinho e dando um golpe fatal nas brânquias ou no estômago do seu “inimigo”. Quem diria, não?

14. Papa-léguas

Você já deve ter ouvido falar no papa-léguas, não é mesmo? Afinal, o bichano possui um desenho animado para chamar de seu na televisão desde 1949. Criado pelo diretor Chuck Jones com histórias desenvolvidas pelo escritor Michael Maltese, esta série infantil fez a cabeça das crianças por muito tempo.

O papa-léguas da vida real é muito diferente do desenho animado que nos acompanhou durante a infância. Enquanto na televisão era a vítima, na natureza ele é o predador.

No entanto, quem assistia ao desenho, deve se lembrar que o papa-léguas era, na verdade, a vítima de um coiote, que estava sempre criando armadilhas para caçá-lo. Na vida real, a história é outra e o papa-léguas é mais um daqueles animais fofos que podem matar sem dó e nem piedade. Extremamente agressivo na hora de caçar, é preciso tomar muito cuidado com ele.

13. Dingo

Considerado o cão fofo mais perigoso do mundo, o dingo é uma subespécie dos lobos cinzentos. Como caça em bando, ele ataca animais maiores e perigosos, como os emus, a segunda maior espécie de ave terrestre do mundo, e também se alimenta de cangurus, coelhos e até gados.

Considerado o cão fofo mais perigoso do mundo, o dingo é uma subespécie dos lobos cinzentos, que atacam animais maiores e perigosos, como os emus.

Para se ter ideia, o dingo, juntamente com o seu bando, é capaz de matar até 50 ovelhas em apenas uma noite de caça! Impressionante, não? Mas podemos ficar tranquilos quanto a ter que enfrentá-lo, já que o animal vive em terras australianas, bem longe do nosso Brasil.

12. Ariranha

Se você é leitor do nosso blog, já deve ter se deparado com este que faz parte da lista dos animais fofos que podem matar: ariranha. Isto porque ele também é considerado um dos animais mais raros do mundo!

Além da ariranha fazer parte da lista dos animais fofos que podem matar: ariranha, ela também é considerada um dos animais mais raros do mundo!

Também chamada de “lobo-de-rio”, ariranha é um mamífero mustelídeo, característico do Pantanal e da bacia do Rio Amazonas, na América do Sul. Assim como o Dingo, este animal também caça em matilhas e o grupo consegue enfrentar até animais maiores, como panteras, graças à sua técnica violenta chamada “cabo de guerra”, em que se estica o animal até os órgãos internos se romperem.

11. Foca-leopardo

Apesar da aparência de coisa-mais-fofa-do-mundo (alás, olhe a foto abaixo – até parece que está sorrindo!), a foca-leopardo, considerada a segunda maior espécie de foca na Antártida, é uma excelente predadora e se alimenta de pinguins, cefalópodes e, pasme!, até de outras focas. Ou seja, ela é a definição do termo canibalismo selvagem.

Apesar da aparência de coisa-mais-fofa-do-mundo, a foca-leopardo é uma excelente predadora e se alimenta de pinguins, cefalópodes e, pasme!, até de outras focas.

Embora seja a inimiga número 01 de outros animais na Antártida, ela é tão lindinha e fofinha que ninguém esperava que representasse perigo ao ser humano, mas representa. Inclusive, há relatos de ataques destes animais cometidos contra pesquisadores. Felizmente, não foram fatais, mas, né, é bom saber da informação para ficar esperto em uma eventualidade de encontrá-la.

10. Doninha

Em décimo lugar da nossa lista de animais fofos que podem matar é a doninha. Existente em diversas espécies (inclusive a doninha-de-patas-pretas também já esteve anteriormente no nosso blog por ser um dos animais mais raros do mundo), este bichano tem um comportamento extremamente agressivo. Tão agressivo que a doninha costuma viver sozinha, pois é perigosa até para os membros da mesma espécie.

Em décimo lugar da nossa lista de animais fofos que podem matar é a doninha. Existente em diversas espécies, este bichano tem um comportamento extremamente agressivo.

Na hora da caça, costuma envolver o corpo da vítima e esmagar o crânio ou a traqueia, dando uma mordida. Depois, a doninha ainda usa a pele da vítima para fazer ninhos. É mole? Um fato curioso é que, no caso das doninhas, são as mães que garantem a alimentação dos filhotes. Então, depois de darem cria, a agressividade aumenta para poder capturar suas presas e não dar chance para que elas escapem.

09. Panda

Tamanha a sua fofura, é difícil de acreditar que o panda é um dos animais fofos que podem matar, não é mesmo? Mas é verdade! Obviamente, todos nós adoramos estes peludos graciosos, pois eles parecem inocentes e indefesos, só que a realidade é outra e é melhor não cruzar o caminho de um panda irritado.

Tamanha a sua fofura, é difícil de acreditar que o panda é um dos animais fofos que podem matar, não é mesmo? Mas é verdade!

Isto porque, ao invadir o território do animal, fazendo com que ele se sinta irritado, você pode acabar gravemente ferido, pois estamos falando de um animal selvagem que tem característica bem similar a de um urso, podendo atingir até 160 kg. Então, já fica o recado: se avistar um panda, é melhor ir contra os seus instintos e sair de perto o quanto antes!

08. Cisne

Sim, o cisne! Quem o vê flutuando calmamente em um lago, jamais imagina o quão agressivo um cisne pode ser. Ainda porque estes animais são os símbolos de amor e romance, já que o formato de seus pescoços, quando junta em dois, formam um coração perfeito, não é?

Quem o vê flutuando calmamente em um lago, jamais imagina o quão agressivo um cisne pode ser.

No entanto, caso você encontre alguém que tenha se aventurado em aproximar demais de um cisne, pode ter certeza de que irá lhe relatar que essas aves têm um terrível problema de agressividade. Por exemplo, em 2012, um cisne em um lago em Des Plaines, Illinois (EUA), foi capaz de derrubar o caiaque de um funcionário do parque. O problema poderia ter acabado por aqui, mas foi além: o animal o impediu de nadar em direção à margem, fazendo com que ele se afogasse e morresse por causa do cansaço. Uma enorme tragédia!

07. Tamanduá

O tamanduá é um animal bem típico do Brasil e não é incomum nos depararmos com ele pelas estradas brasileiras, principalmente na região centro-oeste do nosso país. No entanto, caso você encontre este bicho perdido por aí, saiba que, apesar de parecer simpático e inofensivo, ele é um dos animais fofos que podem matar.

Caso você encontre este bicho perdido por aí, saiba que, apesar de parecer simpático e inofensivo, o tamanduá é um dos animais fofos que podem matar.

Você deve se perguntar como o tamanduá pode ser um risco, já que nem dentes ele tem. O questionamento faz sentido, desde que você não olhe para as garras do bicho. Essas sim são a sua verdadeira arma! Além de serem usadas para cavar, este animal não hesita de usá-las para se defender. Pode ter certeza: estas patas podem provocar um estrago grande com apenas um golpe.

06. Diabo-da-tasmânia

Talvez o nome do animal já diga tudo, mas dê só uma olhada na carinha dele. O bicho parece tão engraçado e fofinho que nos faz cair naquele típico caso em que a emoção é maior que a razão. Afinal, o nome já estava nos alertando, não é mesmo? Então, sim, o diabo-da-tasmânia é sim perigoso, principalmente quando alguém tem a péssima ideia de mexer em suas tocas. Neste caso, o diabo-da-tasmânia é capaz de matar uma pessoa.

O bicho parece tão engraçado e fofinho que nos faz cair naquele típico caso em que a emoção é maior que a razão, mas, sim, o diabo-da-tasmânia é sim perigoso

Sendo assim, com a informação de que o diabo-da-tasmânia é capaz de matar uma pessoa, chegamos ao nosso top 5 de animais fofos que podem matar. E aí, você tem alguma ideia do que mais está por vir?

05. Elefante

Embora seja um dos maiores e mais fortes animais do mundo, as pessoas tendem a ver os elefantes como criaturas simpáticas e inofensivas. Todavia, a verdade é que a humanidade os trata de forma cruel, quase sempre em busca de suas presas de marfim ou exploração para o turismo, e talvez essa seja a razão do aumento do número de incidentes fatais envolvendo homens e elefantes.

Embora seja um dos maiores e mais fortes bichos, as pessoas tendem a ver os elefantes como criaturas simpáticas e inofensivas, mas eles são um dos animais fofos que podem matar.

Como bem sabemos, os elefantes são extremamente inteligentes e, por isto, há quem acredite que estes ataques são uma forma de vingança planejada. Então, quando são caçados ou se sentem encurralados, eles mostram o porquê de estarem na lista de animais fofos que podem matar.

04. Lóris-preguiçoso

Você já ouviu falar do lóris-preguiçoso? Se ainda não, então agradeça por ter chegado a sua hora de descobri-lo, pois estes olhinhos arredondados que dão uma fofura a mais no bicho só nos faz enganar. Isto porque estamos falando do mamífero mais venenoso do mundo.

Este olhar arredondado e encantador do lóris-preguiçoso só nos faz enganar porque estamos falando do mamífero mais venenoso do mundo.

O lóris-preguiçoso produz o veneno através de uma glândula em seu braço, que é inofensivo para si e que ele lambe para criar uma mordida venenosa. Ela, por sua vez, pode provocar choque anafilático e outras condições realmente perigosas, o que faz com que o lóris seja comparado com uma cobra venenosa. Soa assustador, mas a verdade é que estes bichos são pequenos monstros.

03. Leão-marinho

Quem não ama esses animais aquáticos, que podem aprender tantas proezas e parecem tão fofos? Porém, tenha cuidado: os leões-marinhos são carnívoros grandes e fortes que adoram devorar pinguins. Aliás, nem os humanos estão completamente a salvo destes bichos.

Os leões-marinhos são carnívoros grandes e fortes que adoram devorar pinguins, sendo que nem os humanos estão completamente a salvo destes bichos.

Com dentes longos e fortes, os leões-marinhos podem ficar muito agressivos, caso alguém chegue muito perto. Em 2003, por exemplo, a bióloga britânica Kirsty Brown, de 28 anos de idade, estava nadando quando foi arrastada e afogada para mais de 60 metros de profundidade por um leão-marinho. Infelizmente, não sobreviveu ao ataque.

02. Glutão

Apesar de ser de pequeno tamanho, o glutão é um dos animais fofos que podem matar, já que é capaz de abater presas consideravelmente maiores que ele. Extremamente agressivo, suas garras afiadas e mandíbulas fortes são uma receita perfeita para o perigo, ainda mais levando em conta que o glutão é muito esperto.

Apesar de ser de pequeno tamanho, o glutão é um dos animais fofos que podem matar, já que é capaz de abater presas consideravelmente maiores que ele.

Aliás, verdade seja dita: um animal que inspirou o Wolverine da Marvel não pode ser lá muito carismático, não é mesmo? Pois é, talvez você não saiba, mas o glutão serviu de inspiração para a criação deste personagem. Inclusive, traduzindo o seu nome para inglês, você descobre que wolverine e glutão são a mesma coisa!

01. Canguru

Para finalizar a lista de animais fofos que podem matar, temos o canguru, bicho típico da Austrália. Para quem não sabe, este animal é muito bom de briga e não é incomum ver relatos dele entrando em conflito com humanos. Inclusive, em 2009, uma mulher foi espancada por canguru, que estava sendo perseguido pelo cachorro da vítima. A violência foi tanta que ela foi levada ao hospital e submetida a uma cirurgia, recebendo 25 pontos para fechar as feridas causadas pelo canguru.

Para finalizar a lista de animais fofos que podem matar, temos o canguru, bicho típico da Austrália.

E então, gostou de conhecer os animais fofos que podem matar? Com certeza, depois deste nosso texto, você ficará esperto quando se deparar com algum deles em sua frente, não é mesmo?

Continuar Lendo

Em Alta


Siga nas Redes Sociais

AVISO LEGAL

O Senhor Gato não solicita em nenhuma situação quantias em dinheiro para liberação de qualquer tipo de produto financeiro, seja cartão de crédito, financiamento ou empréstimo. Caso isto aconteça, nos avise imediatamente.

Trabalhamos para manter todas informações o mais atualizadas possível. Porém, vale ressaltar que essas informações podem divergir das informações encontradas nos sites de instituições financeiras e/ou de provedores de serviços de um site específico. Com relação a instituições com as quais não temos parceria: não garantimos a precisão e atualidade das informações. Lembre-se sempre de ler as condições de uso e termos de aquisição das instituições financeiras que você escolher. Recebemos uma pequena quantia das publicidades em nosso site e dos nossos parceiros quando indicamos um usuário que solicita algum produto ou proposta. Tudo que publicamos é baseado em avaliações quantitativas e qualitativas de cada produto. Vale ressaltar que nossos parceiros podem influenciar diretamente os produtos sobre os quais escrevemos e revisamos, e também sobre a ordem dos "melhores" artigos e posicionamento de produtos no Senhor Gato. Dada a quantidade de informações em nosso site, não fornecemos nenhum tipo de garantia sobre a qualidade e atualidade das informações; por isso, priorizamos informações de nossos parceiros.