Cachorro

Pastor Húngaro: saiba tudo sobre essa raça de cachorro!

A raça de cachorro pastor húngaro ou kuvasz é encantadora e hoje entenderemos o porquê. Abaixo, conheça tudo sobre ela e se encante também!

Anúncios

Descubra tudo sobre a raça Pastor Húngaro

Conheça tudo sobre a raça Pastor Húngaro! Fonte: Unsplash
Conheça tudo sobre a raça Pastor Húngaro! Fonte: Unsplash

O pastor húngaro ou Kuvasz é uma raça de cachorros cuja existência já supera 13 séculos de existência! Abaixo, veja mais sobre ela e confira preço, tamanho e dicas para criar.

Como o nome já indica, esse é um cão originário da Hungria. Inicialmente, ele era criado para guarda de rebanhos, bem como para defesas. Hoje, contudo, é um grande e fofo companheiro que ama seus donos e que pode ser perfeito para você.

Com pouca tendência para latir, os pastores húngaros são obedientes e inteligentes. Ainda, são ótimos com outros animais e com crianças. Tudo isso, então, faz dele um cão único e extremamente interessante.

Se você já achou tudo isso muito legal, vai se surpreender ainda mais ao conhecer o Kuvasz! Para isso, continue sua leitura e veja, abaixo, tudo sobre os cães dessa raça, suas características, valor e curiosidades.

Pinscher 0: saiba tudo sobre essa raça de cachorro

A raça Pinscher 0 é uma das menores raças de cães que existem, eles são bem pequenos e tem a fama de estressados, mas carinhosos! Veja aqui!

Anúncios

Qual é o cachorro Pastor Húngaro e Kuvasz?

Esse cão pode se assemelhar muito ao labrador branco ou ao pastor italiano abruzesse. Aliás, muitos acreditam que ele sejam proveniente do cruzamento desse cão com pirineus. Entretanto, não há uma definição certa sobre isso, havendo dúvidas. 

De grande porte, o kuvasz possui pelagem densa e que normalmente é branca. As variações geralmente apontam para cores douradas e amarelas. Além disso, tem formato levemente crespa e é bastante macio.

Quanto custa um cachorro da raça Pastor Húngaro?

No geral, comprar um cachorro da raça kuvasz exige um investimento entre R$ 1.500 e R$ 3 mil. Contudo, cabe ressaltar que isso depende de uma série de fatores. Por exemplo, da região de compra. Também, da qualidade do canil reprodutor.

Da mesma forma, da demanda e da oferta dos cães. Portanto, espere variações de preço, mas desconfie de valores muito abaixo da média. Ainda, garanta que está fazendo negócio com um criadouro certificado e que promove os cuidados e bons tratos aos animais.

Anúncios

Qual tamanho chega essa raça?

Como dito anteriormente, o pastor húngaro ou kuvasz é um cão de grande porte. Seu peso varia entre 36 e 50 kg. Já a altura tem variação entre 56 e 66 cm. Além disso, como é natural com cães de grande porte, sua expectativa de vida é de 12 anos.

Como criar um Pastor Húngaro?

Então, como criar um Pastor Húngaro? Fonte: Pixabay
Então, como criar um Pastor Húngaro? Fonte: Pixabay

Gostou das características do kuvasz e está considerando ter um para chamar de seu? Nesse caso, não deixe de conferir nossas dicas de como cuidar de um e como criá-lo. Com isso, você garante todas as informações necessárias para garantir o bem-estar do pet e para garantir sua máxima longevidade.

Alimentação de qualidade

Em primeiro lugar, é essencial que seu pastor húngaro tenha acesso a uma ração de qualidade. Eles precisam de um grande nível de proteínas diariamente. Por isso, dê preferências às rações Premium ou Super Premium.

Além disso, atente-se à quantidade de comida diária, a fim de evitar o desenvolvimento de obesidade pelo seu cão.

Visitas regulares ao veterinário

Outro ponto importante para criar seu kuvasz com toda a qualidade e bem-estar que ele merece é garantir as consultas regulares com o veterinário. Nesse sentido, primeiramente é crucial que as vacinas sejam dadas em dia.

Depois, ainda, deve-se ter um cuidado especial em relação ao pastor húngaro, pois ele possui tendência ao desenvolvimento de displasia coxofemoral. Isso é comum em cães de grande porte e é uma doença que atinge o quadril. Assim, causa dor e dificuldade de locomoção.

Por isso, é importante que você consulte com o veterinário quais são os melhores cuidados e precauções para evitar o desenvolvimento. Igualmente, para notar qualquer aparecimento da doença a tempo de tratá-la com sucesso.

Escovação dos pelos

Outro ponto muito importante para os cuidados com o pastor húngaro diz respeito aos pelos. Eles são de tamanho médio e levemente crespos. Por isso, tendem a fazer nós que podem até mesmo causar dor aos cães.

Dessa maneira, é crucial que haja a escovação deles. No inverno e épocas de temperaturas mais amenas, escová-los a cada 2 a 3 dias é suficiente. Por outro lado, nas épocas quentes, como o verão, é importante que a escovação seja diária.

Além disso, ainda em relação aos pelos, considere que após o banho (a cada 7 a 15 dias) é importante secar muito bem os pelos. Em caso contrário, pode haver a proliferação de fungos que podem causar doenças.

Exercícios regulares de baixa intensidade

Ainda, como outros cães o pastor húngaro também demanda exercícios físicos. Contudo, não opte pelos de grande intensidade, como é o caso de corridas. Caminhadas diárias são mais do que suficientes. Elas permitem que o cão se mova sem requerer esforço dos quadris.

Carinho e brincadeiras

Ainda, é claro, o kuvasz é um cão muito amoroso e companheiro e ele tem verdadeira paixão pelos humanos. Por isso, ele requer cuidados com brincadeiras, carinho e estímulos mentais. Portanto, lembre-se de guardar um tempo no seu dia para compartilhar afeto com o pet e deixá-lo ainda mais feliz.

Espaço

Por fim, considere que o kuvasz é um cão de grande porte. Portanto, somente o adote se você tiver, em casa, espaço disponível para isso. Ele necessita de grande espaço e, em caso contrário, pode causar muita bagunça e estresse, tanto o seu quanto o dele.

Adestramento e socialização

Por fim, o pastor húngaro requer socialização desde filhote, após completar as vacinas necessárias. Em caso contrário, ele pode se tornar agressivo com estranhos, pois é um cão de defesa. Portanto, lembre-se de passear com ele dando preferência a locais em que outros tutores e pets estão.

Além disso, sempre tenha calma ao apresentá-lo a outras pessoas. O adestramento pode ajudar, igualmente, na socialização e na disposição dele com estranhos. Com isso, você cria um cão amoroso, sociável e cheio de bem-estar.

E se você gostou de conhecer sobre o pastor húngaro, que tal descobrir outras raças de cães adoráveis? Então, confira o nosso conteúdo recomendado abaixo!

Spitz Alemão: saiba tudo sobre essa raça

O spitz alemão é um cão que voltou a conquistar fãs no Brasil. Se você é um deles, não deixe de continuar lendo para conhecer mais sobre a raça!

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Em Alta

content

Porque os gatos comem peixes? Saiba aqui!

Porque os gatos comem peixes? Essa é uma dúvida comum, principalmente pois é o que mostram desenhos e filmes. Mas qual o motivo? Saiba aqui!

Continue lendo
content

Como fazer o curso Gestão em Salão de Beleza da Prime Cursos?

Veja como fazer o curso de gestão em salão de beleza Prime Cursos e aprenda sobre investimento inicial, fluxo de caixa e muito mais!

Continue lendo
content

Curso de adestramento de cães: saiba tudo sobre isso!

O curso de adestramento de cães é ideal para você que deseja ter um cão obediente, principalmente em algumas situações. Veja mais sobre isso!

Continue lendo

Animais

As 10 raças de gatos grandes mais comuns

Gatos são criaturas fascinantes. Cada um deles possui algo em especial que chama a atenção. Têm raças que são peludas e fofas. Outras com pelo mais curto, ou sem nenhum. Algumas gostam de ter seu próprio espaço e outras que adoram seguir seus humanos. Abaixo, listamos aquelas que são notáveis pelo seu tamanho.

Ficou curioso? Vire a página e confira!

10 – Bobtail Americano

O Bobtail Americano possui uma cauda curta que ocorre de forma natural nesta raça. É um gato atlético e robusto, com muita energia disponível, seu macho adulto pode chegar a pesar cerca de 7 kg. Apesar de possuírem uma aparência selvagem, o mesmo não pode se dizer de seu temperamento, pois são amorosos e amigáveis. Acima de tudo, são excelentes companheiros e se adaptam facilmente ao ambiente em que são inseridos.

9 – Selkirk Rex

De longe ele pode parecer um ursinho de pelúcia porém, é um gato de verdade com pelo cacheado. Seus cachos são resultado de mutação natural entre espécies. Inclusive, fazem parte do gene dominante, mas nem todos os filhotes nascem com essa pelagem. Esta raça pode chegar a pesar mais de 7 kg.

8 – Gato Siberiano

O Siberiano é o gato nacional da Rússia. Não é incomum que esta raça exceda 9 kg. Em virtude de seu tamanho, pode levar até 5 anos para que um siberiano atinga a sua maturidade completa. Sua estrutura conta com um leve arqueamento nas costas, por causa da diferença no tamanho de suas pernas traseiras, um pouco mais longas do que as dianteiras, contribuindo, dessa forma, para sua incrível agilidade e capacidade atlética.

Uma característica única desta raça é que ela produz menos quantidade de Fel d 1 do que a maioria dos gatos. Portanto, para quem sofre com alergias, é possível conviver com um siberiano.

7 – Shorthair Britânico

A raça de gatos preferida do Reino Unido. São calmos e muito equilibrados, ou seja, perfeitamente britânicos. Possuem um corpo robusto, seu peso varia entre 5 a 8 kg. Por serem fortes, são considerados como o “Buldogue” dos gatos. Embora possam apresentar as mais variadas cores em seus pelos, o mais popular é o gato azul (cinza).

6 – Van Turco

O Van Turco é um gato branco altamente inteligente, atlético e ativo. Não é uma raça que gosta muito de colo e abraços, em conclusão, são indepentes e adoram seu próprio espaço.

É uma raça que se originou na Turquia, nas regiões do lago Van, razão pelo qual recebe este nome. Aliás, faz parte das poucas raças naturais do mundo, sendo selecionado somente pela natureza. Uma característica marcante destes gatos se refere a sua pelagem, que apesar de ter uma base branca, possui marcações em tom ruivo na cauda e na cabeça.

Surpreendentemente, o Van Turco é uma raça de gatos que não têm problemas com água, de tal forma que adoram nadar. Sua estrutura corporal permite que façam isso com muita naturalidade, mesmo que seu peso possa chegar até 8 kg.

5 – Norueguês da Floresta

De origem natural e originária da Noruega, como o seu próprio nome já diz, esta raça conta com um pelo longo e grosso, ao passo que lhe garante proteção contra baixas temperaturas.

Apesar de sua aparência fofa, estes felinos eram a companhia escolhida pelos Vikings na Idade Média. São gatos atléticos, com estrutura forte e de corpo esguio, e uma cauda longa e fina. Possuem uma cabeça em formato similar a de um triângulo equilátero, com orelhas altas e pontiagudas, de onde saem tufos de pelos pela parte interna. Os machos adultos podem pesar de 8 a 12 kg.

4 – Chausie

O Chausie é uma raça híbrida, resultante do cruzamento entre o gato absínio e gatos selvagens da Ásia central, e se parece muito com os felinos do Egito antigo, uma vez que possui orelhas largas e focinho alongado. A média de peso para um macho adulto fica entre 4,5 a 7 kg.

Seu pelo apresenta coloração variada, no entanto, é a única raça doméstica que possui um padrão de cor preta grisalha, por consequência de seus ancestrais selvagens. É um gato ágil, e em virtude da sua estrutura corporal, é capaz de dar pulos de até 6 metros de altura. Além disso, são muito ativos e sociáveis, de tal forma que necessitam de donos que disponham de atenção.

Uma peculiaridade destes gatos se encontra na sua alimentação, visto que o Chausie exige uma dieta especial, que consiste basicamente em carne. Embora não seja uma condição generalizada, muitos gatos desta raça não conseguem fazer a digestão de alimentos à base de plantas, uma vez que pode lhes resultar em desnutrição crônica. Dessa forma, é necessário ter cuidado na hora de comprar seu alimento, pois o mesmo deve ser livre de glúten.

3 – Ragamuffin

Ragamuffins são descendentes de outro gato doméstico popular, e que também faz parte desta lista, o Ragdoll. Seu peso pode atingir entre 8 a 9 kg. Além disto, a raça necessita em torno de 4 a 5 anos de idade para amadurecer por completo , ou seja, continuam como filhotes por um bom período de tempo, elevando assim o nível de fofura.

Seu pelo é sedoso e de tamanho médio, podendo apresentar diferentes cores e padrões. Entretanto, todos os filhotes nascem com pelo de coloração branca e desenvolvem sua cor conforme crescem. Também possuem uma cauda longa, cônica e peluda, e olhos grandes com formato de nozes, de tal forma que os proporcionam uma aparência doce e meiga.

Não só adora a companhia humana, como também faz de tudo por um abraço, inclusive se jogar nos braços de seus donos para poder recebê-lo. Em resumo, o Ragamuffin é uma raça doce, de temperamento tranquilo e muito carinhoso.

2 – Ragdoll

O Ragdoll recebe este nome (tradução do inglês: boneca de pano) por ter uma tendência a ficar com o corpo mole enquanto é segurado. É um gato de estrutura grande e atlético, dessa forma, alguns machos conseguem atingir a marca de 15 kg. Além disso, pode chegar a ter três vezes o tamanho de outros gatos.

A raça Ragdoll surgiu do cruzamento entre um Angorá branco com outras raças de pelo longo que possuiam características dos siameses. Dessa forma, temos um gato de olho azul intenso e de pelo macio e sedoso. Assim também apresenta coloração pontual, de tal forma que sua face, orelhas, pernas e rabo são mais escuros do que o restante do corpo.

Apesar de sua estrutura mais robusta, é uma raça muito dócil e amorosa, são considerados como o “cachorro dos gatos”, visto que adoram seguir seus donos e estar perto das pessoas tanto quanto possível. Pensando em ter um gato pela primeira vez? O Ragdoll é uma raça muito indicada para se ter como primeiro gato!

1 – Maine Coon

Para os fãs de Harry Potter esta raça já é familiar. Quem não lembra da famosa gatinha do zelador de Hogwarts, Argus Filch? A sra. Norris é da raça Maine Coon.

Esta raça de gatos é muito popular nos Estados Unidos, embora existam diversas teorias sobre sua origem, acredita-se que seu desenvolvimento ocorreu na região de Maine. Um gato de tamanho grande, com o corpo alongado, podendo chegar a pesar 11 kg. Entretanto, a média dos machos adultos é de aproximadamente 7,5 kg. Apesar de todas as características de grande dimensões desta raça, o que mais impressiona é o tamanho do seu bigode, o maior já registrado, atingindo um total de 16,5 cm.

Quer ter certeza de que o gato é da raça Maine Coon? Basta checar sua testa, uma vez que muitos deles possuem uma marca em formato da letra M.

Podemos considerar estes gatos como fofuras em larga escala. Haja braço para conseguir segurar estes adoráveis e nada pequenos felinos!

Você também pode gostar

content

Cachorro fazendo xixi fora do lugar: o que fazer?

O cachorro fazendo xixi fora do lugar pode indicar diversas questões, inclusive problemas de saúde. Portanto, veja as dicas a seguir!

Continue lendo
content

Gato persa: saiba tudo sobre essa raça de gato!

O gato persa é uma das raças mais conhecidas de gatos, por seu jeito peculiar e cara de mal humor, ele conquista muitos corações! Veja mais.

Continue lendo
content

Plano de saúde para animais Dr. Pet: conheça e veja quanto custa!

O Plano de saúde para animais Dr. Pet chegou no mercado para oferecer serviços de qualidade e boa cobertura. Clique aqui e leia mais!

Continue lendo