Gatos

10 dicas e cuidados principais que os gatos precisam!

Confira as nossas dicas com os principais cuidados que você deve ter com seu gato. Ainda que seja um tutor de primeira viagem ou experiente, você vai encontrar dicas valiosas para melhorar a adaptação do seu pet em casa!

Anúncios

Conheça os cuidados essenciais que um gato precisa ter

Confira os cuidados que gatos precisam. Fonte: Unsplash.
Confira os cuidados que gatos precisam. Fonte: Unsplash.

Se você pretende adotar um amigo peludo, saiba que existem alguns cuidados específicos que um gato precisa que são diferentes de outros animais. Portanto, para mantê-lo saudável e feliz, confira nossas dicas de cuidados que gatos precisam para preparar a chegada do seu pet.

Adestramento de gatos: 5 dicas de como fazer!

O adestramento de gatos é uma forma de mantê-lo muito mais calmo dentro de casa, evitando fugas que podem colocar a saúde dele em risco. Veja!

Anúncios

O que é preciso para se ter um gato saudável?

Então, ainda que o gato seja um animal independente, ele também precisa de muito amor e carinho de seus tutores. Aliás, gatos costumam passar a imagem de pets fáceis de cuidar, já que dormem a maior parte do tempo.

No entanto, o comportamento felino vai muito além de ronronar e dormir e você precisa ficar atento aos cuidados que gatos precisam. Além disso, é importante fazer visitas de rotina com o médico veterinário, manter uma alimentação saudável e ter uma rotina de brincadeiras e atividades.

Desse modo, seu pet poderá ter toda a atenção que precisa, e você terá um gato feliz e saudável. Pensando nisso, trouxemos algumas dicas que com certeza vão te ajudar, principalmente se você for um tutor de primeira viagem. Continue a leitura e confira.

Quais os cuidados alimentares e ambientais que devemos ter com os gatos? 10 dicas essenciais!

Antes de mais nada, não é só o cão que é o melhor amigo do homem. Aliás, muitos felinos podem ser tão companheiros quanto um cachorro, ou até mais! No entanto, quando se trata de criação e hábitos, é necessário cuidados que gatos precisam que são diferentes dos outros animais. Confira nossas dicas abaixo!

Anúncios

Caixa de areia

Primeiramente, gatos são considerados animais bastante asseados. Aliás, não é preciso ensinar um gatinho onde ele deve fazer suas necessidades. Ou seja, seu instinto o leva direto para a caixa de areia! Dessa forma, esse é um dos principais cuidados que gatos precisam.

Primeiramente, fique atento ao número de caixas de areia disponíveis para o seu gato! Nesse sentido, a quantidade de caixas deve ser sempre um número a mais do que o número de gatos na casa. Por exemplo, se você tem 1 gato, deverá ter 2 caixas de areia, se tem 3 gatos, então são 4 caixas, e assim por diante.

Ademais, é importante manter as caixas limpas! Afinal, você gosta de usar um banheiro quando ele está todo sujo? Então, seu gato também não gosta! Assim, procure fazer a limpeza pelo menos 2x ao dia.

Por fim, fique atento onde você está colocando as caixas de areia para o seu pet utilizar. Não adianta esconder caixas em lugares de difícil acesso do felino, ou colocá-la ao lado de eletrodomésticos barulhentos.

Então, procure um local tranquilo e reservado para deixar o banheiro do seu gatinho. Assim você garante que ele vai se sentir confortável ao utilizar as caixas de areia, e evita problemas como necessidades foram do local correto.

Alimentação

Mas, afinal, qual a alimentação ideal? Fonte: Unsplash.
Mas, afinal, qual a alimentação ideal? Fonte: Unsplash.

Então, seu gato vai precisar de uma alimentação saudável e balanceada e, portanto, você deve oferecer uma ração específica para felinos. Aliás, esqueça o mito de que gatos gostam de tomar um pouco de leite. Eles podem até gostar, mas isso pode trazer problemas de saúde para o seu pet! Evite!

Ademais, é importante oferecer rações de boa qualidade e que não tenham corante. Então, evite grãos coloridos ou rações a granel. Se possível, procure rações de categoria Premium ou Super Premium, pois elas são mais completas e de melhor qualidade.

Além disso, é importante informa que sachês não são petisco! Isso mesmo, os sachês são o que chamamos de ração úmidas e devem ser oferecidos com frequência. Nesse sentido, gatos são animais difíceis de ingerir água, desse modo os sachês ajudam nesse consumo. Portanto, é importante oferecer pelo menos 1 sachê ao dia para o seu gato.

Água

Pois bem, talvez a dica mais importante da nossa lista de cuidados que gatos precisam, fique atento a ingestão de água do seu gato! Assim, os felinos são conhecidos por não gostarem muito de água, seja para tomar banho ou mesmo para beber.

Dessa forma, é importante incentivar ao máximo o consumo de água do seu pet. Além de oferecer sachês diariamente, procure deixar disponível sempre água fresca. Aliás, bebedouros são ótimas opções para atrair a atenção do bichano até a água.

Escovação

Antes de tudo, se existe um mito que é a mais pura verdade sobre os felinos é que eles detestam tomar banho! Na verdade, seu banho é diferente do banho dos humanos, por exemplo. Ou seja, os gatos se limpam enquanto se lambem, e você pode e deve ajudá-los com uma boa rotina de escovação.

Desse modo, utilize escovas com cerdas mais macias para escovações diárias. Assim, as escovas raquete, com cerdas mais duras, devem ser reservadas para escovações semanais. Ademais, evite dar banho no seu gato!

Aliás, a água vai apenas estressar seu pet, e ele vai ficar bastante infeliz de estar molhado por tanto tempo. Portanto, se você realizar escovações frequentes, pode ter certeza de que não será necessário dar um banho em seu gatinho.

Enriquecimento ambiental

Esse com certeza é um item dos cuidados que gatos precisam que os tutores facilmente ignoram. Pois bem, gatos também precisam de um ambiente propício ao seu desenvolvimento. Isso significa que instintivamente ele vai procurar escalar, pular ou se esconder debaixo dos seus móveis.

Assim, o ideal é que você invista em arranhadores e parquinhos verticais para que seu gato possa explorar ao máximo todo o ambiente. Aliás, parquinhos verticais são ótimas opções para quem mora em apartamento e não tem espaço para colocar outros tipos de brinquedos e atividades.

Veterinário

Antes de tudo, essa dica de cuidados que gatos precisam vale também para qualquer outro animal de estimação que você tenha. Desse modo, procure realizar visitas de rotina com seu pet ao médico veterinário tanto para consultas quanto para vacinação.

Ou seja, não espere que seu bichinho esteja doente ou debilitado para levá-lo a uma clínica. Se você se prevenir e fizer visitas periódicas, poderá evitar doenças mais graves e até custos mais elevados com veterinário.

Rotina

Você sabia que gatos são animais rotineiros? Pois bem, isso significa que eles gostam de fazer as mesmas coisas todos os dias, como hábitos. Dessa forma, quando alguma coisa acontece para mudar as atividades com as quais ele está acostumado, o gato pode ficar estressado. Aliás, até mesmo mudar móveis de lugar pode incomodar o bichano!

Portanto, procure manter uma rotina correta de alimentação, escovação e brincadeiras. Estipule um horário para cada atividade, e siga o cronograma. Assim, seu gatinho vai se sentir mais seguro e você evita comportamentos indesejados como miados excessivos e até mesmo necessidades fora da caixinha.

Brincadeiras

Então, como dito anteriormente, seu gato é um animal de rotina. Por isso, procure manter um horário só para ele e instigue seu instinto caçador! Como todo pet, ele vai exigir de amor e atenção, então procure brincar com ele pelo menos 15 minutos diariamente.

Além disso, você pode utilizar varinhas, bolinhas de papel, ratinhos ou qualquer outro objeto que aguce os sentidos dele. Você pode até usar petiscos durante a brincadeira para tornar tudo mais interessante para ele. Assim, o importante é que você exercite sua curiosidade e mostre o quanto ele é importante.

Segurança

Aqui temos outro mito de cuidados que gatos precisam que pode custar a vida do seu pet, então fique atento! Pois bem, gatos não precisam e não devem sair de casa para passear, a não ser que estejam devidamente guiados por seus tutores. Portanto, é muito importante que você tele suas janelas e evite que ele tenha acesso livre à rua.

Aliás, gatos que saem para as famosas “voltinhas” podem adquirir doenças ao entrar em contato com outros felinos, mesmo com a vacina em dia. Além disso, existem outros perigos como carros, cachorros e até outras pessoas má intencionadas. Então, mantenha seu gato em um ambiente controlado e seguro, dentro da sua casa.

Atenção

Então, dê carinho ao seu gatinho. Fonte: Unsplash.
Então, dê carinho ao seu gatinho. Fonte: Unsplash.

Embora você já deva ter ouvido que gatos são animais independentes, eles também precisam da sua atenção e carinho. Desse modo, é importante saber que os cuidados que gatos precisam não se resumem apenas a comida e água. Assim, eles também vão precisar de amor e cuidado!

Portanto, estabeleça um vínculo afetivo com seu pet, dê carinho quando ele pedir, e procure brincar e cuidar dele com amor todos os dias. Dessa forma, você com certeza vai ter um companheiro tão fiel e leal quanto o cão, mas com muitos ronrons.

Então, quer ver dicas de como e onde adotar o seu gatinho? Pois confira nosso conteúdo a seguir com 15 ONGs de adoção para você escolher seu amigo peludo!

Adoção de gatos: conheça 15 ONGs para adotar

A adoção de gatos não é apenas um resgaste, pois quem faz a adoção terá uma vida muito mais alegre! Veja algumas ONGs para adotar um gatinho!

Sobre o autor  /  Samantha Scorbaioli

Amante da literatura, dos animais e da escrita, sempre em busca do conhecimento e de novos desafios. Acredita que sabedoria ganha é sabedoria compartilhada, e que tudo pode ser feito de forma criativa e descomplicada.

Em Alta

content

Cursos de meditação gratuitos: comece a meditar!

Os cursos de meditação gratuitos são perfeitos para quem está buscando iniciar a prática hoje mesmo. Clique e veja mais aqui!

Continue lendo
content

As 20 raças de gato mais caras do mundo!

Você sabe quais são as raças de gato mais caras do mundo e quanto elas podem custar? Pois confira nossa lista e escolha seu bichano favorito!

Continue lendo

Beleza

O Boticário é cruelty free? Saiba aqui!

Você sabe se o Boticário é uma marca cruelty free? Confira, hoje, se uma das maiores marcas de cosméticos do Brasil usa animais para testes.

Descubra se a marca O Boticário é cruelty free

O Boticário é cruelty free? Veja, hoje, tudo sobre os seus produtos e sobre a relação que a marca tem com o uso de animais em testes cosméticos e dermatológicos.

Muito se fala sobre a responsabilidade social das empresas. Ela se revela no cuidado com as leis trabalhistas e ambientais. Ainda, ao respeito à diversidade e à promoção de medidas que ajudem na construção de uma sociedade melhor e mais justa.

Portanto, quando falamos em responsabilidade social também nos referimos aos processos produtivos. E, neles, o respeito à vida. Contudo, esse respeito não deve ser apenas à vida humana, mas a todas as formas de vida que existem.

E é exatamente aqui que entra o conceito de cruelty free. Ele se refere ao uso de animais em testes para produtos humanos. Para saber mais sobre o assunto e se o Boticário é cruelty free, continue sua leitura e confira!

Produtos cruelty free: o que são? Veja aqui!

Hoje muito se fala em produtos cruelty free. Mas você sabe exatamente o que são eles? Conheça hoje e veja as vantagens e porque usá-los.

O que são marcas cruelty free?

São marcas que dispensam do seu processo produtivo o uso de animais para testes dos novos produtos e fórmulas. Por isso, esse selo se refere às fabricantes de cosméticos, produtos de higiene e de beleza que não usam animais como testes.

O termo, portanto, se refere ao respeito à vida animal e ao não uso de animais como cobaias. Porém, não diz respeito apenas ao uso direto de animais. Ele também inclui o uso indireto. Isto é, que a marca não use ingredientes cujos fabricantes usam testes animais.

Assim, exige-se que a marca não use animais em seus testes e, também, não patrocine testes de terceiros em bichos.

Portanto, para saber se o Boticário é cruelty free é necessário analisar esses pontos na sua conduta. Abaixo, então, confira se o grupo Boticário pode ser visto dessa maneira.

Afinal, a marca O Boticário é realmente cruelty free?

A marca Boticário aponta que não usa testes em animais há mais de 20 anos. Igualmente, que não faz uso de ingredientes que surgem a partir de testes em animais. Portanto, ela pode ser considerada como cruelty free.

Seus produtos possuem selos que apontam o reconhecimento dessas condições por importantes órgãos internacionais, como veremos abaixo. O que deve ficar claro, contudo, é que o Boticário pode ser cruelty free, mas não é vegano.

Uma empresa vegana é aquela que não usa ingredientes com origem animal, qualquer seja ela. Da mesma forma, requer que a empresa não patrocine eventos que sacrificam ou maltratam dos animais. 

Contudo, o que acontece é que apesar do Boticário ser cruelty free, ele usa alguns ingredientes de origem animal. Por exemplo, leite e mel, dentre vários outros. Entretanto, já é possível ver grandes avanços da marca.

Uma simples pesquisa no seu site aponta que o Boticário possui 1.017 produtos veganos. Isto é, sem qualquer ingrediente de origem animal. Além disso, todos os que são assim possuem informação nas embalagens, sendo facilmente reconhecíveis.

Por fim, cabe ressaltar que mesmo tendo alguns selos de cruelty free, o Boticário ainda causa algumas polêmicas quanto às suas condutas. Abaixo, entenda.

O que diz a marca O Boticário ?

O Boticário ressalta, em sua página, a inexistência de uso de animais em testes. Veja o que diz publicação do grupo ainda em abril de 2021:

“O Grupo Boticário e O Boticário não realizam testes em animais nos produtos fabricados em suas operações, para marcas próprias e/ou licenciadas, nem em matérias-primas há mais de 20 anos, mesmo não havendo legislação que proíba a prática no Brasil, e exige esse mesmo compromisso de seus fornecedores.

Não realizamos testes em animais e fomos pioneiros no Brasil na criação de métodos alternativos. Hoje, são mais de 50 métodos desenvolvidos por nossos pesquisadores, que garantem a segurança e a eficácia dos produtos. Entre eles, destacam-se a pele 3D – que simula a pele humana – e o organs on a chip – que atua como um órgão humano em um chip.”

Além disso, a marca se orgulha dos seus selos que atestam o não uso de animais em testes. Veja, então, o que diz a marca Boticário sobre ser cruelty free:

“Temos o selo Beauty Without Bunnies, da PETA, voltado a marcas que oferecem cosméticos e outros produtos de cuidados pessoais que não são testados em animais. Também temos o selo Leaping Bunny, o que significa que todos os produtos das nossas marcas são aprovados pela organização de proteção animal Cruelty Free International, um programa de referência internacional que certifica produtos livres de crueldade animal”.

O que dizem sobre isso?

Como vimos acima, o Boticário afirma ser cruelty free ao mesmo tempo em que sustenta selos de instituições importantes que afirmam isso. Onde estão, então, as polêmicas? Pois bem, vamos aos fatos.

Muitas instituições e representantes da causa vegana e animal afirmam que o Boticário não seria realmente cruelty free. E isso decorreria do fato de que ele faz parte da ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos).

Ou melhor, não só faz parte, mas também ocupa importantes papéis no conselho da Associação. Dessa forma, em 2018 essa associação, cuja presidência estava nas mãos do Grupo Boticário, entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federar.

Essa ação, então, visava derrubar algumas leis estaduais que proíbem o uso de animais nos testes. Portanto, ativistas apontam que o Boticário não é cruelty free. E isso se deve ao fato de que ele tenta, ainda, derrubar normas que protegem o reino animal.

Nesse sentido, o principal argumento dos ativistas é que a empresa ocupava a presidência da ABIHPEC. Com isso, tomou um posicionamento nocivo e que representaria os princípios da empresa.

Portanto, mesmo que o Boticário não use testes em animais no seu processo produtivo, é como se ele estivesse sendo favorável à liberação. E, com isso, permitia outras empresas e o próprio Boticário ao uso desses testes. 

Marcas cruelty free

Você sabe quais são as marcas cruelty free? Então confira a lista completa e saiba com quem comprar sem que isso cause prejuízos aos animais.

Você também pode gostar

content

Aprenda como fazer design de sobrancelha sozinha

Com técnicas corretas, como marcação e preparação da pele, é possível entender como fazer design de sobrancelha sozinha. Veja as dicas aqui!

Continue lendo
content

Viajar com gatos: é possível? Como?

Tomando alguns cuidados especiais, é possível sim viajar com o seu gato de forma tranquila e saudável para vocês dois. Confira nossas dicas!

Continue lendo