Dicas

Adestramento de gatos: 5 dicas de como fazer!

O adestramento de gatos é uma forma de mantê-lo muito mais calmo dentro de casa, evitando fugas que podem colocar a saúde dele em risco. Veja!

Anúncios

Descubra como fazer o adestramento de gatos facilmente

Adestramento de gatos
Adestramento de gatos

Embora muitos duvidem, o adestramento de gatos é algo que pode acontecer. Afinal, assim como outros pets eles são capazes de aprender truques e internalizá-los na rotina.

A opção por gatos como animais de estimação cresce a cada ano no Brasil. E isso se deve a inúmeros fatores. Por exemplo, eles são amorosos e, ao mesmo tempo, resguardam uma independência. Ainda, não requerem grandes espaços.

Da mesma forma, eles são muito higiênicos e silenciosos. Dessa forma, adaptam-se ao dia a dia moderno e corrido ao mesmo tempo em que são motivos de alegria e diversão. E estas últimas podem ficar ainda mais evidentes com a prática de alguns truques.

Para ensiná-los, basta seguir algumas estratégias para ensinar o seu pet. O adestramento de gatos, afinal, ocorre de forma bastante semelhante a de outros animais de estimação, como cachorro. O que ele precisa é de repetições e de incentivos. Veja, abaixo, quais são.

10 apps gratuitos para você e seu gato

Seja para distrair seu gato, acalmar ele em um momento de estresse ou auxiliar você, apps de celular facilitam a vida dos tutores. Conheça 10 deles, que testamos e gostam

Anúncios

Como ensinar o gato? Veja 5 dicas práticas!

Adestramento de gatos
Adestramento de gatos

Abaixo, separamos algumas dicas de como fazer o adestramento de gato. Mas, antes, algumas observações do porquê fazê-lo. É claro que é engraçadinho e fofo ver um pet respondendo comandos e buscando brinquedos, interagindo. Entretanto, não é só isso.

Ao treinar o seu pet, seja um gato ou cão, você ajuda a estimular o raciocínio e a inteligência dele. E isso é muito importante para o bem-estar dele, desenvolvimento e longevidade. Além disso, ajuda no bom comportamento e no relacionamento dele com você e com sua família.

Dito isso, que tal conhecermos dicas incríveis para fazer o adestramento do gato? Com elas, você irá ensiná-lo truques, melhorar o comportamento e desenvolver toda a esperteza do seu pequeno companheiro. Continue lendo, confira e não deixe de colocá-las em prática.

Tenha muita paciência

Em primeiro lugar, saiba disso. Não adianta esperar muito do seu gato em pouco tempo. Os felinos são pets que gostam de rotina. Por isso, é necessário que o comando, brincadeira ou sinal seja absorvido pelo animal como parte do seu dia a dia.

Assim, lembre-se que é essencial ter paciência com ele. Ainda, nada de espernear ou brigar com o pet quando ele não conseguir entender seu comando ou a brincadeira. Seja gentil, e lembre-se de dar tempo ao tempo.

É essencial que o momento de ensino seja um momento tranquilo e de diversão. Isto é, não o torne estressante, mas sim uma oportunidade de conviverem e se divertirem conjuntamente.

Anúncios

Use brinquedos para estimulá-los

Adestramento de gatos
Adestramento de gatos

Hoje existem vários tipos de brinquedos e instrumentos que ajudam no adestramento de gatos. Isso, pois, os estimulam e chamam a atenção deles. Assim, existem os brinquedos inteligentes, como aqueles interativos que geralmente usam como chamariz um petisco.

Da mesma forma, bolinhas, laser e varetas também têm esse efeito. Então, você pode, por exemplo, ensinar o seu gato a buscar o brinquedo. Use a criatividade para outros comandos e os brinquedos como forma de prender a sua atenção.

Ainda, lembre-se de que os execícios não devem ser longos, exaustivos e estressantes. Por isso, sessões de 10 minutos, inicialmente, são mais do que suficiente. Somente ultrapasse esse tempo caso o bichano demonstre a intenção de continuar e esteja feliz com isso.

Faça uso de sons específicos no processo de adestramento de gatos

Outro cuidado que ajuda muito no adestramento de gato é o uso de sons. Eles são ótimos ouvintes e sua audição é realmente impressionante. Por isso, explore o sentido e o utilize como forma de sinalização de comandos e de atividades.

Por exemplo, pense em criar sons específicos e expressões próprias para demonstrar algo. A palavra sequer precisa existir, sendo possível inventá-la. Ou, então, sequer precisa ter sílabas, com um simples “Ts” ou sons do tipo sendo suficientes.

Da mesma forma, você pode usar uma palavra qualquer que seja de fácil reconhecimento e curta para se comunicar com ele. Use tons de voz específicos, igualmente. Tudo isso ajuda o gato a entender o que está acontecendo e o que se espera dele ali.

O adestramento de gatos, então, pode se usar de estímulos visuais e sonoros. Com isso, você dá mais informações ao pet e o ajuda a entender o que está acontecendo e o que se espera dele. Mais uma vez, lembre-se de que isso precisa de tempo e paciência.

Anúncios

Recompense-o sempre que acertar para ter um sucesso maior no adestramento de gatos

O adestramento de gato requer, necessariamente, recompensas. Afinal, saiba que os gatos domésticos amam atenção e agrados. Estes se revelam tanto com carinhos, quanto por elogios (sim, eles os reconhecem) e petiscos.

Sabe a expressão que está na moda, sobre alguém que “quer biscoito”? Pois saiba que os gatos são “biscoiteiros” exemplares. Eles gostam de palco, de aplauso e de reconhecimento. Assim, use e abuse de carinhos (voluntários, quando eles querem) e de petiscos.

Dessa forma, você garante a atenção do pet. Da mesma forma, mostra a ele que a atividade é um momento de interação, feliz e divertido. Com isso, ele baixa suas guardas e se torna mais receptivo aos ensinamentos e truques.

Portanto, lembre-se sempre: gatos são carentes de atenção e gostam de receber recompensas. Assim, use e abuse dos cuidados e o biscoite muito ao ensiná-lo algo e sempre que ele acertar a brincadeira!

Saiba como reprimir maus comportamentos

Por fim, o adestramento de gato também terá que lidar com situações desagradáveis. Afinal além de se voltar ao ensinamento de truques e brincadeiras, também envolve eliminar maus hábitos. Considere, por exemplo, ele subir na pia da cozinha ou na mesa. Igualmente, arranhar móveis. Ou, então, acordá-lo de madrugada para receber comida.

Saiba que berrar ou usar violência não adiantarão de nada. Por isso, tenha resistência quanto aos chamarizes. Ele irá tentar acordá-lo, miar alto, arranhar coisas e ser bem teimoso. Contudo, quando você faz o que ele quer, ele é que o está usando.

Assim, tenha resistência. Igualmente, para reprimir maus hábitos, use fortes e firmes “não” (sem gritar!). Sprays com água também ajudam a mostrá-lo algo (quando pegos no flagra) que não é desejável.

Com essas dicas, o adestramento do gato se torna possível! Assim, coloque-as em prática para mudar seu relacionamento com seu pet e estimular a inteligência dele.

Gato siamês: saiba tudo sobre essa raça de gato!

O gato siamês é comum no Brasil e no mundo todo. Conheça hoje essa raça encantadora de felinos que esbanja energia e beleza!

Em Alta

content

Curso de yoga: descubra tudo sobre e comece a fazer!

O curso de yoga, além de ser uma atividade profissional, permite trabalhar com uma área que está em crescimento, além de proporcionar paz!

Continue lendo
content

Curso de aromaterapia: saiba tudo sobre ele e como fazer!

O curso de aromaterapia é uma opção incrível para você que está buscando uma atuação estratégica na área de cuidados pessoais e saúde! Veja.

Continue lendo
content

Cachorro vomitando: o que fazer para ajudar?

Se o seu cachorro está vomitando, é uma situação delicada, e que requer entender o motivo de estar acontecendo para ajudar. Saiba tudo aqui!

Continue lendo