Dicas

10 apps gratuitos para você e seu gato

Seja para distrair seu gato, acalmar ele em um momento de estresse ou auxiliar você, apps de celular facilitam a vida dos tutores. Conheça 10 deles, que testamos e gostamos.

por

Lucas Silva

Publicado em

Se antes criar um gato era ficar se virando para conseguir dar a atenção necessária ao seu amigo peludo, hoje, a situação está um pouco mais fácil. Principalmente, por conta do grande número de apps para Android e iOS existentes no mercado.

De jogos à redes sociais, passando por serviços como pet shop, delivery de remédios e ração, e entretenimento, os apps para gatos facilitam, em muito, a vida dos tutores. Principalmente, quando eles precisam fazer home office, e o felino resolve aparecer para ver o que o humano está fazendo (como nesse caso, aqui).

Assim, fomos atrás de aplicativos (gratuitos) para gatos e tutores de gatos. Apps tanto para celular quanto tabletet.

Existem muitos que, basicamente, são o velho joguinho de tocar em alguma coisa. Aparece, por exemplo, um ratinho andando pela tela, e seu gato precisa pôr a pata sobre ele; o rato faz um barulho engraçado e some; aparece outro, o jogo recomeça.

Esses apps não nos interessam tanto. Procuramos aqui, aplicativos para gatos que sejam originais, engraçados e bem mais interativos do que o exemplo acima. Você sabia que existe um app de encontros para pets? Que há um app de rações? Um que organiza a agenda de remédios do seu pet?

Confira a lista abaixo, e inclua seu gato na era digital!

(nota: o Senhor Gato não se responsabiliza pelas mudanças nos apps, seja em funcionamento ou gratuidade. Aqui, apenas estamos relatando nossa experiência de uso)
ANÚNCIOS

10. 1,2,3 Smash: Bugs!

10. 1,2,3 Smash: Bugs!

App pensado para crianças, mas que funciona bem para os gatos. É um joguinho de esmagar os insetos na tela. Cada vez que o gato “aperta” o inseto, há um barulho engraçado, e o nível de dificuldade aumenta. Disponível para Android e iOS.

9. Mice Catch – Cat Game

Mice Catch – Cat Game

App para gatos que é uma variação do jogo de pegar a figurinha que aparece na tela.

Diferente de outros, porém, esse jogo para gatos tem fases, o ratinho fica andando, há sons diferenciados. Também há a opção de criar vídeos e tirar fotos do seu gato brincando. Seu felino vai ficar entretido por horas!

Disponível para Android e iOS.

8. Magic piano

Magic piano

App para gatos e para humanos também. Um sucesso, em ambos os casos. Trata-se de um teclado musical, que permite você criar composições, gravar suas “obras”, fazer músicas com sons engraçados…

Além disso, ele tem “partituras” para quem quer tocar músicas conhecidas. Dos clássicos (como Mozart e Beethoven) ao pop (como Bruno Mars e Coldplay), é um sucesso! E, seu gato se diverte por horas, como no caso do gato desse vídeo aqui.

Tanto para o gato, quanto para o tutor, é um ótimo exercício para estimular a coordenação motora, a atenção, o cérebro e, também para relaxar e desestressar. Seu gato vai ficar brincando por horas!

Disponível para Android e iOS.

7. Snap cat

Snap cat

Um app para o seu gato tirar fotos e fazer vídeos. Pode parecer uma coisa simples, mas, quando você lembra que gatos não se reconhecem no espelho, então o app vira uma grande diversão.

Seu gato tira as próprias fotos apertando um botão que aparece na tela (que pode ser substituído pela figura de um laser, um bichinho, um inseto), e então vê a própria foto (que pode ser programada pelo tutor para ser postada nas redes).

Disponível para Android e iOS.

Você gosta de ver fotos de gatos? Então, não deixe de seguir essas páginas de Instagram dedicadas exclusivamente, aos felinos!

6. Pet perfeito

Pet Perfeito

O nome de app para gatos e tutores de gatos é vagamente inspirado no site “Par perfeito”. Quem conhece o site sabe: é um site para encontros de casais. Aqui, a proposta é quase essa.

Aqui é um app para o “encontro” de animais esperando adoção e humanos, querendo adotar. Como no Tinder, você preenche um perfil, fala do que gosta (animais atléticos ou caseiros? Adultos ou filhotes? Pelo longo ou curto? Etc.), e o app vai te mostrando “candidatos” que se encaixem.

Além disso, o app serve como site para identificar pets perdidos a partir da geolocalização. Isso é, seu gato foge de casa; então você publica fotos dele e seleciona o local onde o bichano se perdeu, permitindo que os usuários vejam o anúncio e enviem informações.

Por fim, é um app que também permite a interação entre tutores. Então, você pode conversar com tutores, trocar fotos, informações, dicas… E quem sabe até, telefones com um algum tutor?

Ou vai dizer que você não lembra dessa cena de 101 Dálmatas, em que o cachorro vira o “cupido” do seu tutor?

Disponível para Android e iOS.

5. Relax my Cat

Um aplicativo com músicas e sons para desestressar seu gato

App para gatos, disponível, também, na versão “Relax my dog”. A proposta é um aplicativo com músicas e sons para desestressar seu gato. Principalmente em situações com nível de barulho muito alto.

Por exemplo, em um fim do ano, ou em um campeonato de futebol, quando há muitos fogos. Seu gato tem um ouvido muito sensível. Esses sons podem ferir o aparelho auditivo dele. Além de causar estresse excessivo, aumentar a frequência cardíaca, deixar o gato inquieto.

A proposta do app é, então, deixar o gato tranquilo. Os sons são em uma frequência própria para gatos, e variam de músicas a sons ambientes, passando por ruídos. App para cuidar da saúde dos bichanos.

Disponível para Android e iOS.

4. Pet Booking

Pet Booking, um app para tutores de gatos que mostra todo tipo de serviço para pets, onde quer que você esteja

Chegam as férias e aí você quer viajar, certo? E, esse ano, você não ter deixar o mais peludo membro da família de fora, nada mais justo. O que fazer? Baixe o Pet Booking, um app para tutores de gatos que mostra todo tipo de serviço para pets, onde quer que você esteja.

Por meio da localização do seu aparelho, o app vai indicar serviços como clínica veterinária, petshop, e até day cares e hotéis pet-friendly mais próximos. Assim, você não é pego de surpresa, no caso de algum imprevisto.

Semelhante a sites como o Trip Advisor e o Booking.com, aqui os usuários avaliam os serviços, escrevem comentários, o dono do estabelecimento pode responder e, fazendo o cadastro, você tem acesso a descontos e promoções exclusivas.

Disponível para Android e iOS

Vai viajar sem seu pet? Não deixe de conferir essas dicas sobre Pet Sitters e Pet Hoteis!

3. Pet Love

Abra o Pet Love e procure pelo delivery mais próximo e barato da sua região

App para tutores de gatos, focado em ajudar aquilo que, muitas vezes, se torna motivo de estresse: comprar os produtos certos para seu amigo. Durante o dia-a-dia, às vezes, não conseguimos nem passar no mercado para comprar um jantar decente.

Para o gato, isso não é possível. Ele precisa ter sua ração sempre em dia. Então, você chega em casa e vê que ela acabou, e você está exausto. O que fazer? Abra o Pet Love e procure pelo delivery mais próximo e barato da sua região.

Como app que emite avisos, para você não se esquecer de passar no pet shop, ou como app de delivery, o Pet Love vai ajudar você!

Disponível para Android e iOS

2. PetSafe

O PetSfae tem como intuído ser um aplicativo de primeiros socorros

App essencial para tutores de gatos e cachorros, o PetSfae tem como intuído ser um aplicativo de primeiros socorros. Essencial, para que você consiga preservar a saúde de seu animal, até encontrar o veterinário.

Nele, você relata o que está acontecendo com seu gato, por meio de vários filtros (parte do corpo, sintomas, aparência, entre outros) e ele vai apontando qual é o possível problema e quais medidas imediatas devem ser tomadas.

Muito importante, principalmente, se o caso de seu gato envolver a contaminação (por exemplo, o gato teve contato com alvejante). Quem conhece animais sabe: às vezes a piora de um sintoma acontece em menos de 1 minuto, porque os humanos em volta não fizeram os primeiros socorros adequados.

Disponível para Android e iOS

1. My Pets – Pet Manager

Para quem é tutor de mais de 1 animal, é o aplicativo perfeito

Um dos melhores apps pra gatos e cães que há. Na correria do dia-a-dia, nem sempre conseguimos lembrar, por exemplo, da próxima consulta ao veterinário, ou, qual é o prazo da vacina, não é? E, anjotar em papel ou agenda, também não parece eficaz (perdemos o papel, esquecemos de olhar a agenda…).

Aí que entra o Pet Maneger. Uma verdadeira agenda eletrônica do seu pet. No aplicativo, você pode anotar absolutamente todas as informações relativas ao seu gato. Para quem é tutor de mais de 1 animal, é o aplicativo perfeito!

Das básicas – nome, data de nascimento, raça, altura, peso, cor – às mais avançadas – data da última vacinação, data do último banho, data da última consulta ao veterinário, informações de saúde (histórico de remédios e problemas de saúde, por exemplo).

O app permite, também, que você tenha uma ficha de castro dos profissionais que atendem seu pet, para fazer ligações de emergência. Além disso, tem a opção de enviar avisos para lembrar o usuário que uma ração está acabando, ou que uma data importante está chegando.

Um verdadeiro assistente virtual de gerenciamento da vida de seu gato. Super recomendamos esse app para todos que tenham gatos e cães em casa.

Disponível para iOS.

E você, conhece outros apps de Android e iOS para Gatos? Sentiu falta de algum? Usa algum? O que acha? O que pode melhorar? Escreva nos comentários.

E, para não perder mais nenhuma postagem do Senhor Gato, assine nossa newsletter e fique por dentro do melhor conteúdo do mundo felino!

Escritor e professor. Escreve sobre literatura, poesia, animais, filmes, séries e demais coisas de cultura. Já publicou dois livros de poesia e logo publica mais um.

Animais

Viajar sem seu animal: Pet Hotel ou Pet Sitter

por

Lucas Silva

Publicado em

| Atualizado em

Você vai viajar de avião e não quer levar seu cachorro? Vai para aquela cidade de praia meio isolada, tem medo de levar seu gato, e o bichano se perder? Vai tirar uma segunda lua-de-mel e não quer levar seu filho de quatro patas?

Não tem problemas: deixe seu amigo em um Pet Hotel (Hotelzinho) ou com um Pet Sitter.

Apesar de viajar com seu bicho é superlegal, tem viagens que é melhor ele não ir; então, escolher um bom cuidador para ele é essencial.

O primeiro lugar é uma casa especializada, com uma equipe que vai garantir amor, carinho e cuidados para seu cachorro ou gato, mas num lugar estranho a ele. O segundo, é uma pessoa que vai na sua casa, durante algumas horas do dia, e lá vai se dedicar, exclusivamente, ao seu amigo peludo, dando todo o amor e cuidado que ele precisa.

Porém, qual é a opção mais adequada para seu animal? Qual é a mais adequada para o seu estilo de vida? A seguir, listamos algumas vantagens e desvantagens de Pet Hotéis e Pet Sitters, para te ajudar a decidir qual serviço escolher, e assim, poder aproveitar sua viagem, sem preocupação!

Conforto

Se para nós, sair um pouco da rotina, experimentar uma cama nova, acordar com uma bela paisagem é renovador, para o cachorro ou gato, às vezes é assustador. Pense bem: ele está em um lugar que ele não conhece, com pessoas e animais que ele não conhece.

Assim, o chamar um Pet Sitter é uma opção bem melhor, em termos de conforto. Seu animal não vai sair do lugar dele, da cama dele, não vai se afastar dos seus brinquedos e do seu cantinho do xixi...

Claro que tem animais que conseguem se dar muito bem em lugares novos. Também temos Pet Hotéis que, igual hotéis para pessoas, são muito mais luxuosos que nossas casas. Então, se você acha que seu amigo merece dar essa variada de ambiente, vale a pena investigar.

Mas é como diz o ditado: não há lugar como nosso lar.

Ponto: Pet Sitter

Socialização

A não ser que você seja o tutor de vários animais, quando você viaja, seu gato ou cachorro vão ficar sozinhos em casa. O Pet Sitter vai na sua casa, vai brincar com eles e, eventualmente, poderá levar seu amigo para passear. Mas ele ficará sozinho, principalmente de noite.

Gatos são, por instinto, animais mais propensos a ficarem sozinhos. Pense em um tigre, ou um leopardo: grandes felinos solitários. Diferente de cães, que evoluíram dos lobos, que viviam em enormes alcatéias. Assim, em um Pet Hotel, seu animal vai interagir com outros bichos da sua espécie e até de outras.

Para algumas raças de cachorro e até de gatos, ficar muitos dias sozinho pode ser bastante estressante. Pense bem: um som diferente, pessoas diferentes no bairro, ou situações inesperadas (como gritos de torcedores em dias de jogos) são coisas que vão assustar seu animal.

Se ele estiver com outros animais, no Hotelzinho, vai se sentir mais seguro, mais acolhido. Na sua casa, principalmente de noite, ele não terá ninguém para passar essa sensação de segurança.

Ponto: Hotelzinho

Atendimento individual

Quando falamos dos nossos animais, todo dono é igual: “todos os gatos são parecidos, mas só o meu gato faz isso”, vão dizer os donos. O mesmo vale para cachorros.

Dessa forma, o serviço que vai, melhor atender às necessidades exclusivas do seu animal, é um Pet Sitter. Nos Pet Hotéis, é claro que seu cachorro ou gato será muito bem cuidado, será observado de perto por cuidadores especializados e carinhosos, e vai brincar bastante. Mas, será um tratamento genérico – porque terão lá muitos outros animais

Dessa forma, só um Pet Sitter, contratado para cuidar exclusivamente do seu animal, vai saber fazer aqueles cafunés e brincadeiras que só o seu cachorro ou gato gostam. Essa pessoa estará lá para entender seu amigo peludo, para se dedicar exclusivamente para ele, e eventualmente, para fazer chamadas de vídeo para você falar com seu bichinho.

Além disso, alguns Pet Sitter podem fazer visitas ao seu animal, algumas semanas antes da sua viagem. Assim, seu gatou ou cachorro não vão estranhar quando ele for lá, e você não estiver, e o profissional já vai conhecendo melhor, cada necessidade própria, do seu amigo peludo.

Um Pet Sitter é alguém que vai amar seu pet tanto quanto você.

Ponto: Pet Sitter

Seu gato está entediado? Descubra aqui arranhadores divertidos e diferentes para ele se distrair!

Segurança

Quando você hospeda seu gato ou cachorro em um Pet Hotel, lá haverá monitoramento por câmeras, 24 horas, provavelmente, um veterinário plantonista, além de diversas pessoas, cuidando para que seu cachorro não sinta frio, fome sede, e fique sempre limpo. Ou seja, é um lugar seguro, administrado por pessoas experientes e dedicadas.

Um Pet Sitter precisa ser uma pessoa de sua extrema confiança. Existem alguns pet shops que, eventualmente, oferecem o serviço. Mesmo assim, pense bem: trata-se de uma pessoa que vai entrar, sozinha (é o que se espera) na sua casa, e, sem ninguém ver, e sem nenhuma presença de câmeras de monitoramento, vai cuidar de seu amigo – e ter acesso às suas coisas.

Por isso, é muito importante você pesquisar bem, quem é o Pet Sitter, caso opte por esse serviço. Pesquisar referências, o que falam dele nas redes sociais, se há fotos do profissional com outros cães e gatos, se ele tem conhecimentos básicos de veterinária e primeiros socorros, se ele sabe sobre alimentação animal...

Além disso, haverá períodos em que o seu animal estará sozinho, no caso de contratar um Pet Sitter. Assim, se acontecer algum problema na casa, no momento em que o Pet Sitter já tiver ido embora, não terá lá ninguém pra resolver isso de forma rápida.

É claro que existem milhares de Pet Sitters excelentes, como também existem Pet Hotéis com atendimento e instalações que deixam a desejarem. Por isso, pesquisar sobre Hoteizinhos, ver avaliações em sites especializados e redes sociais, procurar fotos, é muito importante.

Mas, de maneira geral, Pet Hotéis são mais seguros – em uma avaliação genérica.

Ponto: Hotelzinho

Valores

Um Pet Sitter é um profissional que vai dedicar algumas horas do seu dia, exclusivamente, ao seu gato ou cachorro. Ele estará com seu animal por certo período de horas, vai conversar com ele, levar para passear, dar banho, fazer toda a higiene...

Em um Pet Hotel, seu animal será cuidado, limpo, bem alimentado, brincará bastante. Mas ele não será o único animal do lugar.

Logo, alguns serviços de Pet Sitter podem ser tão caros quanto de um Hotelzinho, se não mais.

O Hotelzinho tem o custo com lavanderia e limpeza das áreas comuns, ração, eventuais remédios e brinquedos (principalmente se você tiver um cachorro que adora destruir coisas), além das contas como água, luz e eletricidade. E alguns são tão luxuosos quanto hotéis de luxo para pessoas.

Um Pet Sitter vai cobrar pelo horário que estará, pelo serviço (só alimentar e brincar? Correr com o animal? Aparar o pelo e as unhas?), mas não vai somar ao valor total as contas como mercado, farmácia e brinquedos. Logo, talvez seus valores sejam menos, mas nesse caso, você terá que arcar com todas as outras contas.

Então, vale você pesquisar bastante, sobre a estrutura e as facilidades de cada serviço, se a questão do valor for um problema.

Ponto: Empate

Resultado

Tanto um Pet Sitter quanto um Pet Hotel podem ser escolhas boas ou não, para o seu gato ou cachorro, quando você for viajar. A primeira coisa a fazer é você analisar o que você acredita que será o melhor para seu amigo. Em segundo lugar, você deve pesar as vantagens e desvantagens de cada serviço, e então, procurar aquele que for o melhor possível, o que mais te agradar e te passar confiança, dentro das suas condições.

Cada serviço tem seus pontos positivos e negativos, e, como cada gato e cada cachorro é um ser único, às vezes, um serviço será melhor para o bichano de um tutor, mas não será para outro.

Por isso, é importante você conhecer seu pet, e então pensar consigo mesmo, qual serviço será melhor para ele. O mais importante é não deixar a oportunidade das suas merecidas férias passar. Seu animal ficará bem, se o serviço escolhido for realizado por pessoas dedicadas e carinhosas.

Todo mundo merece umas férias. Até nossos amigos de quatro patas!

E você? Já hospedou seu gato ou cachorro em um Hotelzinho? Já contratou um Pet Sitter? Conte para nós como foi, nos comentários. Diga se esquecemos de abordar alguma coisa.

E para não perder mais nenhuma postagem do Senhor Gato, assine nossa newsletter e fique por dentro do melhor conteúdo sobre gatos e demais pets!

Continuar Lendo

Em Alta