Gatos

Precisa adaptar seu gato com outro gato? 5 dicas práticas!

Ter vários gatos é ótimo, mas requer cuidados para adaptar um gato com outro gato. Hoje separamos para você dicas especiais para garantir a harmonia!

Anúncios

por Aline Mesquita

Publicado em 29/06/2021

Descubra como adaptar gato com outro gato facilmente

Como adaptar gato com outro gato
Como adaptar gato com outro gato

Adaptar gato com outro gato para o convívio no mesmo lar é imprescindível para garantir a paz. Contudo, é uma tarefa que exige paciência, tempo e cuidados.

Isso é importante, por exemplo, quando você já tem um gatinho, mas resolve adotar mais um. Ou quando adota dois de uma só vez. Saiba que esse ato poderá ser ótimo para ambos, pois terão companhia. Contudo, infelizmente isso não é verdade desde o começo desse relacionamento.

Gatos requerem cuidados ao serem apresentados uns aos outros. Por isso, saiba que um período de adaptação é muito importante. É durante ele que um felino se acostumará com a presença do outro. Assim, é isso que permite o bom convívio futuro.

Mas como fazê-lo? Essa é apenas uma das perguntas que responderemos hoje. Assim, não deixe de continuar a sua leitura para adaptar gato com outro gato com sucesso. Dessa maneira, você garante não apenas o bem-estar dos bichamos, mas também o seu.

Anúncios

Porque os gatos precisam ser acostumados com outros gatos?

Adaptar gato com outro gato
Adaptar gato com outro gato

O principal motivo pelo qual gatos precisam de adaptação aos outros é o fato de que eles são territorialistas. Ou seja, quando eles se deparam com a presença de outro animal, eles sentem que houve a invasão de seus espaços.

Além disso, gatos costumam disputar um espaço em que moram. Não só ele, mas também o dono. Por isso, caso não sejam tomados os cuidados para adaptar gato com outro gato, isso pode gerar graves comportamentos.

Dentre eles estão os xixis fora de lugar. Igualmente, ataque a móveis e objetos ou mesmo o comportamento agressivo dos gatos. Dessa forma, o período de adaptação é crucial pra que eles não destruam sua casa, não se afetem e permitam um ambiente harmonioso.

Para isso, então, será preciso paciência. O gato que já morava na casa deve entender que não está perdendo seu espaço. Já o novo entenderá que ali já existe um animal e que isso fará parte da sua rotina.

Existem diversos métodos e estratégias que ajudam na tarefa de adaptar gato com outro gato. E, para ajudar você, hoje listamos os principais deles. Para conferi-los, continue lendo e veja como adaptar dois felinos sem maiores dramas.

10 dicas de como cuidar de um filhote de gato

Para cuidar de gato filhote é necessário alguns cuidados, mas acima de tudo muito carinho e amor!

Quanto tempo leva para adaptar gato com outro gato?

Como adaptar gato com outro gato
Como adaptar gato com outro gato

Isso é algo que varia de gato para gato e, também, dos tipos de gatos que você está apresentando. Por exemplo, quando o residente da casa é um gato adulto, ele tende a se acostumar melhor com filhotes.

Primeiramente, porque os gatos, durante a infância, se acostumam melhor com espaços. Assim, eles tendem a se adaptar com a rotina e os hábitos que aquele lar possui. Igualmente, não apresentam resistência ao gato adulto.

Aliás, eles tendem a copiar o gato adulto e não disputar com ele. Assim, fica claro que adaptar gato com outro gato é uma tarefa mais fácil quando um deles for um filhote.

Porém, isso não significa que seja impossível adaptar dois felinos já em fase adulta. Isso é algo possível, contudo, requer maior tempo e paciência.

Em geral é possível afirmar que os gatos levam de 10 a 15 dias para se adaptar uns aos outros. Contudo, saiba que algumas crises até o 2º mês ainda são normais. Afinal, eles podem incomodar-se em algum momento, mesmo que já acostumados com outra presença.

Anúncios

Como adaptar um gato com outro gato: 5 dicas

Por fim, separamos 05 dicas para que você faça a adaptação entre gatos da maneira menos traumática. Igualmente, com as maiores chances de construir uma bela amizade. Esta relação, então, será benéfica para você e para os felinos!

Lembre-se de que o espaço pertence ao gato residente para adaptar gato com outro gato

A nossa primeira dica é que você deve se lembrar de que o gato residente é o “dono da casa”. Ou seja, para ele, este é o seu espaço e território. Por isso, nos primeiros dias, deixe o gato novato em um espaço à parte.

Para isso, deixe um cômodo da casa, que tenha porta, reservado para ele. Nesse espaço deixe caixa de areia, água e comida. Lembre-se de deixar a caixa o mais distante possível dos potes de água e comida.

Assim, não deixe o gato novo livre pela casa nos primeiros dias. Ele deve ficar à parte. Com isso, o gato residente percebe que ele ainda tem o espaço. Igualmente, começa a se acostumar com o cheiro do novo felino.

Não coloque-os frente a frente, apresentando-os

Ainda, jamais coloque um gato em frente a outro, como se apresentando-os. Diferentemente do que ocorre com humanos, essa não é a melhor maneira para apresentações. Aliás, isso tende a causar estresse e sustos.

Acostume um gato ao cheiro do outro

Para adaptar um gato com outro gato, aposte nos cheiros. Assim que o novato chegar, deixe-o em cômodo separado. Depois, deixe que o felino residente cheire a porta e as frestas, mas sem contato visual ou físico.

Dessa forma, o gato residente começa a se acostumar com a presença de outro felino. Outra dica é trocar pertences entre eles. Por exemplo, pegue uma manta em que um dorme e dê para o outro e vice-versa. Ou seja, apresente os cheiros.

Dê recompensas nos encontros

Quando os gatos já estiverem mais acostumados um com o cheiro do outro, comece os primeiros encontros. Assim, deixe o novato sair do cômodo, sempre com sua supervisão. Deixe que eles se vejam e cheirem.

Algumas reações são naturais, como gritos, miados agudos e pelos eriçados. Mas, deixe que eles se conheçam aos poucos. Ainda, busque dar recompensas nos encontros, como petiscos ou brinquedos. Com isso, eles entendem que o momento em que estão juntos é bom e gera recompensas. 

Apenas interfira caso extremamente necessário para adaptar gato com outro gato

Por fim, é normal que gatos se estranhem no começo. Igualmente, é comum que ao adaptar gato com outro gato eles troquem miados finos e até algumas patadas. Mas, saiba: isso é normal.

Aliás, mesmo quando se adaptam as brincadeiras geralmente envolvem lutas. Os gatos pulam uns sobre os outros, se dão patadas e isso é uma diversão para eles. Entretanto, caso a coisa realmente fique violenta, aí sim interfira!

5 dicas para criar um gato em apartamento

Leia aqui nossas dicas, e crie seu gato, seja numa duplex, seja num studio, sem medo de deixar o gato infeliz.

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Revisado por

Luiza Lamas

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Proteger os móveis dos gatos: veja 10 dicas práticas!

Para proteger os móveis dos gatos, existem algumas modificações e adaptações, para proteger sua casa e manter a alegria do seu gato. Veja!

Continue lendo
content

Como fazer os Cursos do Centro das Sobrancelhas?

Veja como fazer os cursos do Centro das Sobrancelhas para aprender sobre estética facial e faça sua matrícula para as aulas presenciais!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Couchsurfing é confiável? Veja como funciona antes de usar

Couchsurfing é uma plataforma global em que você encontra hospedagem de graça na casa de moradores locais. Conheça a opção para fazer amizades com quem tem os mesmos interesses que você e economizar na viagem!

Continue lendo
content

Martur Viagens é confiável? Veja como funciona antes de comprar

A Martur Viagens é uma agência com matriz em Recife, Pernambuco e que oferece diversos tipos de serviço de turismo. Além de pacotes, você pode fazer passeios locais, tours e até mesmo locar um veículo com a agência!

Continue lendo
content

Aplicativo PackPoint: veja como funciona e se vale a pena!

O app PackPoint surgiu para facilitar a vida de quem precisa fazer a mala de viagem. Através dele, você organiza os itens que precisa levar de forma prática e agilizada. Veja mais detalhes de como ele funciona e se vale a pena baixar!

Continue lendo