Gatos

5 cidades que amam gatos

Você sabe quais são as cidades onde os gatos são tão amados, que eles podem andar pelas ruas, sem se preocupar com comida ou violência? Sabe quais são as cidades onde os gatos podem até mesmo entrar num restaurante? Descubra aqui!

Anúncios

por Lucas Silva

Publicado em 09/03/2021

Imagine uma cidade onde os gatos podem andar tranquilos, pela rua, são respeitados, são amados, são cuidados… Parece um ótimo lugar para passar as férias, não é? Pois saiba que existem algumas cidades assim, no mundo.

Em outras, como por exemplo, Tóquio, o amor aos gatos vem do folclore tradicional – que diz que alimentar e cuidar de gatos dá sorte e a gene sabe que é verdade. Na capital japonesa, inclusive, há os café com gato, um serviço que só chegou no Brasil recentemente.

Assim, se você está pensando em viajar e ainda não escolheu o roteiro, não deixe de conferir essa lista. São lugares bonitos, cheios de atrativos turísticos, cultura, gastronomia. E gatos!

E vale destacar: o primeiro lugar, inclusive, é cenário de um filme (sobre gatos). Será que você sabe de onde estamos falando?

Anúncios

5. Amsterdã, Holanda

Ao mesmo tempo, é uma cidade muito moderna, e tecnológica. E é uma cidade que ama gatos.

O primeiro destino obrigatório para quem ama gatos é a capital da Holanda, Amsterdã. Suas origens remontam ao século 10; então, é uma cidade com milhares de construções antigas. Ao mesmo tempo, é uma cidade muito moderna, e tecnológica. E é uma cidade que ama gatos.

A cidade, inclusive, tem um museu, exclusivamente dedicado a obras de arte com gatos. O Kattenkabinet, com livros, quadros, esculturas e pinturas. Só sobre gatos.

Outro passeio muito famoso na cidade é o De Poezenboot, que traduzido significa “O barco dos gatos”. É mais ou menos autoexplicativo não é? Mas pra não ficar dúvidas, basta dizermos que é um barco, permanentemente atracado no canal de Singel, só com gatos.

É possível você ir lá para adotar um gato, ou só conhecer o lugar e brincar com alguns felinos.

A cidade também têm alguns cafés com gatos.

4. São Petersburgo, Rússia

Um dos Gatos do Hermitage, o museu mais importante da Rússia
imagem: https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=20026352

Segunda maior cidade da Rússia, e um dos polos culturais daquele país, São Petersburgo é uma cidade que, desde 2005, celebra o Dia Nacional dos Gatos (1º de março). Além de ter os Gatos do Hermitage, um grupo de gatos que vive no museu mais importante da Rússia.

Tudo começou em 1999, quando um empresário doou à cidade duas esculturas de gatos, chamadas de Elisha e Vasilisa. Partindo desse fato, grupos de Bem-Estar animal propuseram a criação da data, a fim de conscientizar a população sobre a situação dos gatos.

Já a história do Hermitage é mais antiga.

Começou no século 18, e mais especificamente, em 1745, quando a Imperatriz Elizabeth da Rússia ordenou que gatos fossem levados ao museu, para caçar ratos.

Desde então, os gatos foram se reproduzindo, geração após geração. Durante a Segunda Guerra, todos foram mortos, mas, ao fim da batalha, novos gatos foram levados para o museu. São os descendentes desses, que o turista vê hoje.

Nos anos 90, a diretoria do museu começou a criar campanhas para a saúde dos gatos. Já em 2007, um programa de adoção dos gatos foi criado. Porém, também é possível ir ao museu só pra brincar com os gatos.

Um bom plano pras férias, não?

Anúncios

3. Roma, Itália

Gatos são comuns em toda a cidade de Roma, e circulam pelos comércios e ruínas históricas sem problemas

A capital da Itália é uma das mais antigas cidades da Europa. Lá História e modernidade se misturam. E Lá é possível ver centenas de gatos… No lugar onde o Imperador Júlio Cesar foi morto!

O Largo di Torre Argentina foi descoberto em uma escavação. Documentos e pesquisas mostram que foi lá que o Júlio Cesar foi esfaqueado, em 44 a.C. Porém, milhares de gatos tomaram conta da praça.

Atentos a essa questão, uma associação de Bem-estar animal instalou sua sede lá, e todo o dia os gatos são alimentados (então, nada de dar petiscos e eles), e tratados por veterinários e voluntários. Os gatos são pacíficos e convivem bem com os humanos, e a associação oferece tours guiados, para turistas.

Mas gatos são comuns em toda a cidade de Roma, e circulam pelos comércios e ruínas históricas sem problemas. Muitos moradores, inclusive os alimentam e prestam cuidados veterinários para eles.

Então, já sabe: quando em Roma, faça como os romanos!

2. Tóquio, Japão

Os gatos de Tóquio vivem pela cidade com conforto e tranquilidade

Historicamente, na cultura Japonesa, alimentar e cuidar de gatos dá sorte. O país, inclusive, tem algumas “Ilhas de gatos”, ilhas em que há tantos (ou mais) gatos que humanos, morando.

Basta lembrar da gatinha Hello Kitty, do Doraemon e dos Maneki Nekos (a famosa escultura de gato branco com a pata levantada).

Então, Tóquio, a capital, não podia ser diferente. A cidade é recheada de tecnologias dos mais avançados tipos. Mas também é recheadas de cafés do gatos (lugares cheios de arranhadores, onde você pode ir com seu gato, tomar um expresso, ou ir sem nenhum, brincar dos os felinos que encontrar).

Maneki Nekos, o gatinho que acena

Além disso, lá existe um bairro inteiro que ama gatos. Yanaka, chamada informalmente de Cidade dos Gatos, é um bairro que sobreviveu ao famigerado terremoto de 1923 (que deixou quase 2 milhões de pessoas desalojadas).

Em Yanaka também há um cemitério onde algumas das mais conhecidas celebridades japonesas estão enterradas. E nos cemitério há… Gatos (vivos), andando tranquilamente. Além disso, comerciantes locais apostam na febre dos gatos, oferecendo produtos com felinos como imãs, badulaques, adesivos, canecas e afins.

AriGATO!

1.     Istambul, Turquia

Em Istambul os gatos têm prioridade

É imediato. Você procura “cidade dos gatos” na internet e aparece a capital turca em primeiro lugar. A fama é tamanha, que em 2015 a cineasta Ceyda Torun fez o filme Kedi, onde acompanhamos a vida de alguns gatos de rua da cidade.

E de onde vem esse amor dos turcos pelos gatos? Por que que Istambul é a cidade onde gatos entram e saem de cafés, restaurantes, lojas de grife e até mesquitas?

A resposta se deve às muitas lendas e histórias envolvendo o profeta Maomé e felinos. Uma lenda, ainda, diz, que gatos teriam salvado o profeta do ataque de uma cobra.

Além disso, o Corão traz mensagens de respeito e tolerância com seres irracionais. Assim, tanto pela questão do respeito à vida, quanto pela questão da utilidade (caçar ratos e outros animais nocivos), entre os mulçumanos, gatos são animais quase sagrados.

Todos os cidadãos de Istambul zelam pelo bem estar-dos gatos

Isso faz com que todos os turcos tenham enorme respeito pelos gatos. Os felinos, além de terem passe-livre em restaurantes, comércio e templos, são alimentados pelos moradores.

Ou seja, se você ama gatos e ama viajar, mas não foi ainda a Istambul, anote na agenda, IMEDIATAMENTE. Todo amante de gatos precisa, pelo menos 1 vez na vida, ir em Istambul.


E você? Acha que faltou falar de alguma cidade? Já viajou para alguma dessas cidades listadas? Conte para nós como foi, nos comentários. Diga se esquecemos de abordar alguma coisa.

E para não perder mais nenhuma postagem do Senhor Gato, assine nossa newsletter e fique por dentro do melhor conteúdo sobre gatos e demais pets!

Sobre o autor

Lucas Silva

Escritor e professor. Escreve sobre literatura, poesia, animais, filmes, séries e demais coisas de cultura. Já publicou dois livros de poesia e logo publica mais um.

Revisado por

Luiza Lamas

Editor(a) sênior

Em Alta

content

Pinscher 0: saiba tudo sobre essa raça de cachorro!

A raça Pinscher 0 é uma das menores raças de cães que existem, eles são bem pequenos, e tem a fama de estressados, mas carinhosos! Veja.

Continue lendo
content

Spitz Alemão: saiba tudo sobre essa raça de cachorro!

O Spitz Alemão é uma raça de cão com pelagem longa e pode variar entre as cores de caramelo, preto e branco. Veja mais sobre a raça aqui!

Continue lendo
content

Unha stiletto: como aplicar a técnica?

A unha stiletto ficou muito famosa por ser a queridinha das famosas e principalmente, das blogueiras. Por isso, veja algumas dicas aqui!

Continue lendo

Você também pode gostar

content

Conheça o cartão Banrisul Mastercard Black e saiba se vale a pena!

Voltado para quem sempre viaja, o cartão Banrisul Mastercard Black oferece diversos benefícios que podem valer a pena. Aliás, seu programa de pontos no BanriClube é uma excelente opção para acumular milhas!

Continue lendo
content

5 melhores apps tradutores para usar em viagens

Nem toda viagem internacional precisa ser um sufoco se você não fala a língua do seu destino. Para ajudar, veja aqui uma lista de melhores apps tradutores para viagens que preparamos e assim tenha mais conforto para se comunicar!

Continue lendo
content

10 dicas para não errar no planejamento de uma viagem: fuja de ciladas!

Nem sempre planejar uma viagem precisa ser um pesadelo. Aliás, fazer um bom planejamento pode ser mais simples do que você imagina. Assim, trouxemos 10 dicas de planejamento de viagem para ajudar você a tirar suas férias mais tranquilamente. Confira!

Continue lendo