Gatos

Quais são as doenças que atacam os gatos? Descubra aqui

por

Lucas Silva

Publicado em

Antigamente, quando não existiam vacinas, humanos e animais ficavam sujeitos ao risco constante de contraírem doenças, e morrerem.

Hoje, a boa notícia é que a maior parte dessas doenças podem ser evitadas com a vacinação correta.

Tanto humanos, quanto pets, como cães e gatos, ou animais utilitários, como vacas e cavalos devem seguir um calendário de vacinação que, ao contrário dos mitos, protegerão você e seu animal dessas doenças.


Assim, é muito importante que você sempre leve seu gato ao veterinário, e siga corretamente todas as orientações sobre vacinas.

Dessa forma, você protege seu amigo de quatro patas, e também você e sua família – afinal, algumas doenças que atacam os gatos podem acatar pessoas, também!

Porém, você sabe que doenças são essas? Como evitar elas? Quais são os sintomas?

Nós, do Senhor Gato, fomos atrás dessas respostas.

Confira aqui no post e garanta que todas as 7 vidas de seu felino estejam bem garantidas!

ATENÇÃO: Esta postagem não substituí uma consulta ao veterinário. As informações trazidas aqui são gerais, e servem apenas para uma informação básica.
Cada animal é único, e às vezes, os sintomas de uma doença aparecem em um gato, mas não aparecem em outro. Para saber mais, consulte seu veterinário de confiança.
ANÚNCIOS

Ancilostomíase

O que é: Doença que ataca o intestino dos gatos, transmitida por parasitas, e afeta animais de qualquer idade, podendo levar a morte. Pode atacar seres humanos.
Como é transmitida: Água contaminada; alimentos contaminados; transmissão pela pele; transmissão pelo leite.
Sintomas: Anemia; fezes escuras, mucosas esbranquiçadas.
Diagnóstico: Exame de fezes.
Prevenção: A prevenção acontece com a limpeza adequada do ambiente onde o gato vive, limpeza adequada do animal, quando ele sair e voltar de casa, filtragem da água, e lavagem correta dos alimentos frescos.
Tratamento: Por meio de remédios, vermífugos e mudanças na dieta. Apenas o veterinário poderá determinar o tratamento mais adequado.

ANÚNCIOS

Chlamydia felis

O que é: Uma bactéria que causa conjuntivite em gatos e pode atacar outros sistemas, como o reprodutivo. Pode ser transmitida para seres humanos, mas são casos raros.
Como é transmitida: Água contaminada, secreções contaminadas, contato próximo, fezes e urina contaminadas.
Sintomas: Conjuntivite, como ou sem sinais de rinite, secreções nasais, espirros, febres e perda de peso.
Diagnóstico: Exames de sangue, fezes e similares.
Prevenção: Pela vacinação polivalente para felinos, dada em três doses em períodos específicos da vida do gato, e pela higienização adequada do ambiente aonde o gato vive – Lembrando: apenas o veterinário poderá dizer qual é a melhor vacina e quando ela deve ser aplicada.
Tratamento: Remédios específicos para gatos. O tratamento deve ser feito por um veterinário capacitado.

Seu gato ficar lambendo o próprio pelo é saudável? O que significa isso? Acesse aqui e entenda

Calicivirose

O que é: Doença viral que ataca o sistema respiratório dos gatos. É uma doença altamente contagiosa, e de fácil transmissão. Não é transmitida para seres humanos.
Como é transmitida: Pelo contato com saliva ou fezes contaminadas, pela proximidade com gatos infectados, através das vias respiratórias, por contato com brinquedos ou outros objetos que os gatos infectados tocaram.
Sintomas: Tosses, espirros, diarreia, febres, corrimentos nasais, falta de apetite, feridas na boca.
Diagnóstico: Exames de sangue, fezes e similares.
Prevenção: Pela vacinação polivalente para felinos, dada em três doses em períodos específicos da vida do gato, e pela higienização adequada do ambiente aonde o gato vive – Lembrando: apenas o veterinário poderá dizer qual é a melhor vacina e quando ela deve ser aplicada.
Tratamento: Remédios específicos para gatos. O tratamento deve ser feito por um veterinário capacitado.

ANÚNCIOS

Doença da arranhadura

O que é: Doença bacteriana de gatos, transmitida por arranhões, mordidas, e mordidas de insetos como pulgas. Pode ser transmitida para seres humanos, mas sem grandes sintomas.
Como é transmitida: Por arranhões, mordidas e mordidas de insetos.
Sintomas: Manchas na pele, febre, mal-estar, perda de peso.
Diagnóstico: Exames de sangue, fezes e similares.
Prevenção: Pela vacinação polivalente para felinos, dada em três doses em períodos. Lembrando: apenas o veterinário poderá dizer qual é a melhor vacina e quando ela deve ser aplicada.
Tratamento: Remédios específicos para gatos. O tratamento deve ser feito por um veterinário capacitado.

Leucemia felina

O que é: Doença extremamente letal para os gatos, é causada por um vírus, capaz de desenvolver linfomas, leucemia ou doenças degenerativas. Não afeta seres humanos.
Como é transmitida: Pelo contato com saliva, secreções nasais, fezes e urina contaminadas. Não é transmitida por arranhões ou por vias aéreas.
Sintomas: Os sintomas são variados, e alguns gatos não apresentam nenhum. Alguns dos sintomas mais comuns são anemias e linfomas.
Diagnóstico: A doença é identificada através de um teste específico, chamado ELISA. Em caso de positivo, o ELISA precisa ser repetido, depois de 30 dias.
Prevenção: A leucemia felina é prevenida com vacinação, mas a vacina não é 100% eficaz. Gatos que vivam em um ambiente higiênico, e com dieta adequada se tornam mais resistentes.
Tratamento: A leucemia felina é incurável, mas pode ser controlada com uma dieta balanceada, e cuidados para que o gato não se infecte com nenhuma outra doença. Existem casos em que o gato vive muitos anos com a doença, e casos raros em que o vírus é eliminado.

ANÚNCIOS

Panleucopenia felina

O que é: Doença viral que ataca os sistemas digestivos e respiratório de gatos, e em alguns casos, a medula óssea. Não afeta humanos.
Como é transmitida: Pelo contato com saliva, secreções nasais, fezes e urina contaminadas.
Sintomas: Diarreias, vômitos, desidratação, febres e sensibilidade no abdómen. Pode ser transmitida da mãe para o filhote, e os gatos afetados nascem com más-formações ou problemas no sistema nervoso central.
Diagnóstico: Exames de sangue, fezes e similares.
Prevenção: Pela vacinação polivalente para felinos, dada em três doses em períodos específicos da vida do gato, e pela higienização adequada do ambiente aonde o gato vive – Lembrando: apenas o veterinário poderá dizer qual é a melhor vacina e quando ela deve ser aplicada.
Tratamento: O tratamento costuma ser difícil de ser realizado e caro. O gato infectado vai receber reposição de fluídos e antibióticos. O tratamento deve ser feito por um veterinário capacitado.

Adotou um gatinho e não sabe quais são os cuidados médicos necessários? Acesse aqui e descubra!

Raiva

O que é: Doença viral rara em gatos, mas quase sempre fatal para esses animais. Ataca o sistema nervoso central e fazendo o animal perder o controle sobre alguns comportamentos. Pode ser transmitida para seres humanos, e ser fatal para pessoas, também.
Como é transmitida: Por mordidas, através da saliva infectada.
Sintomas: Além da tradicional espuma na boca, os sintomas incluem, mudanças de comportamento, espasmos, tremores, estrabismo, fotofobia (aversão à luz ou a lugares iluminados) e desorientação.
Diagnóstico: Não é possível fazer um diagnóstico da raiva, com o gato vivo. Porém, o veterinário consegue identificar, no animal, sinais de raiva, observando os sintomas.
Prevenção: Pela vacina antirrábica, dada em nos primeiros meses de vida. Lembrando: apenas o veterinário poderá dizer qual é a melhor vacina e quando ela deve ser aplicada.
Tratamento: Não existe um tratamento eficiente para a raiva em gatos. Só a vacina previne a raiva com sucesso de quase 100%.

Rinotraqueíte (gripe felina)

O que é: Doença viral que ataca gatos, de forma parecida com a gripe humana. Porém, não é contagiosa para seres humanos.
Como é transmitida: Pelo contato com saliva, secreções nasais, fezes e urina contaminadas.
Sintomas: Parecidos com os da gripe humana. Pode acontecer espirros, conjuntivites, dificuldades para respirar, infecções no pulmão e traqueia e rinites.
Diagnóstico: Exames clínicos de secreções nasais e saliva.
Prevenção: Pela vacinação polivalente para felinos, dada em três doses em períodos específicos da vida do gato, e pela higienização adequada do ambiente aonde o gato vive – Lembrando: apenas o veterinário poderá dizer qual é a melhor vacina e quando ela deve ser aplicada.
Tratamento: Remédios específicos para gatos. O tratamento deve ser feito por um veterinário capacitado.

Toxoplasmose

O que é: Doença causada por um protozoário. Pode ser transmitida para todos os animais, incluindo seres humanos, mas apenas os gatos se tornam hospedeiros.
Como é transmitida: Água contaminada; alimentos contaminados.
Sintomas: Variável, dependendo da idade do gato. Em filhotes, os sintomas mais comuns são vômitos e diarreias. Em gatos mais velhos, pode acontecer tosses, icterícia (pele amarela) febres e dores musculares.
Diagnóstico: Exames de sangue, fezes e similares.
Prevenção: A prevenção acontece com a limpeza adequada do ambiente onde o gato vive, limpeza adequada do animal, quando ele sair e voltar de casa, filtragem da água, e lavagem correta dos alimentos frescos.
Tratamento: Por meio de remédios e mudanças na dieta. Apenas o veterinário poderá determinar o tratamento mais adequado.

Seu gato já teve alguma dessas doenças? Faltou falarmos alguma informação? Conte para nós como foi.

Tire suas dúvidas nos comentários.

E, para não perder mais nenhuma publicação, se inscreva na nossa newsletter para receber sempre as atualizações do Senhor Gato no seu e-mail.

Escritor e professor. Escreve sobre literatura, poesia, animais, filmes, séries e demais coisas de cultura. Já publicou dois livros de poesia e logo publica mais um.

Animais

25 celebridades que amam gatos, tanto quanto nós

por

Lucas Silva

Publicado em

| Atualizado em

Que o gato é um dos melhores amigos que a gente poderia ter, isso todo mundo já sabe, não é? Agora, o que você não sabe é que tem muitos famosos que tinham e tem seus gatos e amam eles completamente!

Alguns, você nem imaginava que eram Cat people, outros, como os poetas T.S. Eliot e Ferreira Gullar até escreveram livros inteiros sobre gatos!

Então, fomos atrás de celebridades e seus gatos. Têm milhares de famosos que tem bichanos em casa e você nem imaginava. Aqui, porém, fomos atrás de 25 deles.

São escritores, atores, músicos e até o ex-Primeiro Ministro da Inglaterra! Alguns, tipo Kate Perry e Marina Ruy Barbosa preferem os gatos porque eles são superfofos e carinhosos (à sua maneira); outros, como escritor de terror Stephen King e o pintor Salvador Dali porque os gatos têm esse quê de mistério e reserva que só quem tem um gato, ama e entende.

Mas todos, porque um gato é tudo de bom, e faz toda a diferença, em qualquer casa! Confira nossa lista e se surpreenda com alguns felinos que fazem o coração dos nossos ídolos.

25.  Marina Ruy Barbosa

Quem vê a atriz Marina Ruy Barbosa arrasando nas telinhas não imagina, mas a atriz é a verdadeira “doida dos gatos”.

Além de ser “mãe” de vários deles, e publicar milhares de fotos nas suas redes, Marina costuma resgatar os bichanos na rua, cuidar deles e depois procurar um dono que possa cuidar deles com amor e carinho.

Ela é nossa heroína felina!

24. Carol Castro

A atriz global Carol Castro é uma verdadeira fã dos gatos, e, fora dos holofotes, as verdadeiras celebridades da casa da atriz são seus quatro gatos, que ela adora fotografar e publicar nos stories!

23. Ed Sheeran

O cantor ruivo de “Shape of you” adora tanto seus gatos que até criou uma conta de instagram exclusiva para eles! A conta foi sucesso absoluto na rede, mas infelizmente, um deles, Graham, foi atropelado em 2019. O cantor ficou extremamente devastado. E nós também.

22. Miley Cyrus

Miley Cyrus, supercelebridade pop e eterna Hannah Montana ama animais de todos os tipos. Ela tem dezenas de cães, passarinhos, peixes, e até um porquinho. Mas aqui, os pets da atriz americana que a gente mais gostou foram: seus gatinhos! Devastaram a gente, tipo uma bola de demolição!

21. Kate Perry

Kate Perry, a melhor cantora pop dos Estados Unidas, simplesmente idolatra todos os seus gatos. Os bichanos da diva, frequentemente, são fotografados por ela em suas contas de Instagram e Facebook. Kate é tão Cat Lover que ela até lançou dois perfumes em homenagem a eles.

Ela tem um gato, e gostou! Nós também.

20. William S. Burroughs

O escritor americano William S. Burroughs escreveu romances altamente experimentais, em que ele fala sobre a violência, drogas e contracultura. Porém, Burroughs escreveu um dos mais livros que nós mais adoramos, uma mistura de Crônica, Psicologia e História, “O gato por dentro”, uma homenagem aos seus bichanos que ele tanto amava!

19. T.S. Eliot

O poeta americano T. S. Eliot era um homem muito sério. Um intelectual quase sempre visto com a cara fechada. Mas no fundo, Eliot era só sorrisos para seus gatos, tanto que seu livro infantil “Os Gatos” foi o maior sucesso e inspirou o musical “Cats”.

18. Jason Mraz

O cantor americano Jason Mraz, compositor da música “I’m yours” ama seu gatinho Holmes, e em 202, durante a pandemia, inclusive levou ele para participar de algumas lives. Jason, inclusive, disse que já compôs músicas com Holmes.

Isso que é sucesso!

17. Taylor Swift

A cantora americana Taylor Swift, de “Shake It Off”, é outra pessoa que ama fotografar seus gatos, e publicar milhares de fotografias deles nas redes. Para nossa felicidade, porque seus bichanos são lindíssimos! Taylor ama tanto gatos, que ela aceitou participar do filme “Os Gatos” inspirado no musical “Cats” – no papel principal!

Agora não sabemos se a gente gosta mais do filme pela diva ou pelos gatos fofíssimos da fita.

16. Ferreira Gullar

Um dos maiores poetas brasileiros de todos os tempos, Ferreira Gullar era um homem sério, com um olhar profunda e poesias densas e inovadoras. Além disso, Gullar era também um tipo de pessoa que a gente adora: um fã de gatos!

O autor maranhense escreveu o adorável livro infantil “Um gato chamado Gatinho” em homenagem ao seu amigo peludo. Gatos são pura poesia, não é verdade?

Quer adotar um gato e não sabe qual raça escolher? Veja aqui algumas das mais comuns no Brasil.

15. Ernest Hemingway

Ernest Hemingway foi um dos maiores autores de todos os tempos, e suas histórias cheias de dramas amorosos ardentes e conflitos na Primeira Guerra escondem sua verdadeira personalidade: a de um amante de gatos, que tinha milhares deles andando livres pela sua casa em Cuba.

Agora sabemos por quem os sinos... Miam!

14. Carolina Dieckmann

A atriz global é uma verdadeira amante de gatos, e nunca se cansa de postar milhares de fotos do seu bichano (um enorme Maine Coon) nas redes. O felino fez tanto sucesso que Carolina até criou uma conta no Instagram exclusiva para ele! Ela está certa! É importante manter os laços de família felina, não é?

13. John Lennon

Um dos maiores cantores e compositores de todos os tempos, John Lennon e sua amada Yoko Ono viviam cercados por milhares de gatos. O Ex-Beatle era fascinado por esses animais, e em dado momento ele teve mais de 20 animais convivendo soltos, em sua casa.

Imagine todos os gatos...

12. Rita Lee

Nossa rainha do rock Brasileiro, Rita Lee, é uma amante de gatos que desde a infância sempre teve milhares deles em casa - tanto que ela até escreveu uma música para seu gato: "Eu e meu Gato".

Hoje, aposentada dos palcos, Rita passa o dia escrevendo, cuidando das plantas e dos gatos e publicando fotos dos bichanos nas redes.

Tantos bichanos me dão... água na boca.

11. Karl Lagerfeld

Um dos maiores estilistas de todos os tempos era também um tutor de gatos muito apaixonado por sua gatinha Choupette. A bichana branca e toda peluda combinava com Karl, era conhecido por seu estilo meio esquisitão: sempre de roupas pretas, luvas, óculos escuros e o cabelo todo branco.

Choupette e Karl arrasando em estilo!

Você acha que todos os gatos são cuidados e calculistas? É porque você não viu esses bichanos: confira aqui 18 GIFs que vão te fazer chorar de rir!

10. Stephen King

O mestre dos livros e filmes de terro moderno, Stephen King, é outro que, no fundo, é um doce de pessoa, e ama gatos. Apesar o estilo sinistro do filme “Olhos de gato”, King adorava os seus. No fim, não tem palhaço assassino que resista a uma bola de pelos, não é verdade?

9. Freddie Mercury

Um dos maiores cantores de todos os tempos, o ídolo Freddie Mercury, da banda Queen, teve 10 gatos – ao mesmo tempo! Uma delas, a pequena Delilah, até serviu de inspiração para o astro compor um dos sucessos de Queen.

Acho que sabemos quem era a “rainha” da casa de Freddie, não?

8. CeeLo Green

Caso típico de cara durão, que não resiste a um gato. O cantor e jurando do programa American Voice CeeLo Green, autor do sucesso “Crazy”, é conhecido no programa por seu estilo meio durão e até rabugento. Seu gato Purrfect The Cat (Perrfeito, o gato), às vezes faz mais sucesso até que o artista.

7. Pablo Picasso

O grande pintor espanhol Pablo Picasso conviveu, sua vida toda com milhares de gatos. Conhecido por ser uma pessoa um pouco difícil de lidar, apesar de ser um artista brilhante, Picasso tinha milhares de gatos convivendo com ele em sua casa.

Que obra de arte!

6.  Salvador Dali

O pai do surrealismo nas pinturas, Salvador Dali, era conhecido por suas esquisitices, como os bigodes enrolados e por ser um amante de gatos. Alguns até serviram de modelo para seus quadros e suas obras fotográficas.

Todo o gato é meio artista, não é?

5. Stenio Garcia

Um dos mais populares atores da TV, Stenio Garcia adora animais e vive com vários deles, inclusive com alguns gatos. Sua esposa chegou a dizer que, às vezes, os bichanos até dormem na sua cama!

Mas se não for assim... É cilada, Bino!

4. Winston Churchill

O primeiro ministro britânico que venceu Adolf Hitler na II Guerra amava animais. Churchill tinha uma fazenda, no interior na Inglaterra, onde criava dezenas de gatos, cachorros, porcos, vacas, e outros animais.

Já na sua casa em Londres, ele tinha mais alguns cachorros e gatos com os quais ficava brincando.

Porque afinal, a política também se faz com miados e bolas de pelo, não é?

3. HP. Lovecraft

O pai dos contos de terror alienígena e sobrenatural dos Estados Unidos, o escritor Howard Phillips Lovecraft adorava gatos. Uma pessoa cheia de manias e preconceitos, Lovecraft, por outro lado, tratava seus gatos com muito amor e dedicação.

Ele até escreveu o conto de terror, em que gatos fazem coisas terríveis, “Os gatos de Ulthar

SPOILER: eles fazem coisas terríveis com pessoas que maltratam gatos. Muito que bem, não acham?

2. Marlon Brando

O maior ator americano de todos os tempos, um dos grandes galãs do Cinema, Brando era também um amante de gatos, e teve vários em sua casa, até o fim da vida. Além disso, em um de seus papeis mais famosos, o do mafioso Vito Corleone, teria sido ideia de Brando o gato branco no colo.

Uma oferta que não dava para recusar, não é mesmo?

1. Charles Bukowski

O escritor americano Charles Bukowski foi, sua vida toda, polêmico: fosse pelos livros com histórias picantes e violentas, fosse por beber demais, fosse por suas opiniões controversas e agressivas...

A última pessoa que nós imaginaríamos ser toda derretida por um gato, não é? Mas a verdade é que o velho Buk tinha alguns, e tratava eles com muito amor e carinho. Tanto que ele escreveu um livro de poesias sobre gatos!

Os gatos são sempre artistas!

E você, lembrou de alguma outra celebridade que era fã de gatos? Sentiu falta de alguém? escreva para nós nos comentários!

E para não perder mais nenhuma postagem do Senhor Gatos, se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro do melhor conteúdo sobre gatos da internet!

Continuar Lendo

Em Alta