Siga nas Redes Sociais

Sem Categoria

Bola de pelo: se lamber e ingerir pelos é prejudicial?

Por

Ana Carolina 

| Publicado em

Olhar para uma bola de pelo pode ser algo agoniante, inclusive limpá-la não parece ser tão agradável assim. Só de pensar que aquilo saiu de dentro do seu gato já dá calafrios.

Porém, é um problema comum em gatos, principalmente aqueles bem fofinhos, cheios de pelos.

Por mais comum que seja, é importante ficar de olho, pois podem causar bloqueio intestinal, o que pode se tornar um sério problema de saúde para o seu animalzinho.

Gato se limpando
Hora da limpeza!
ANÚNCIOS

O que é uma bola de pelo?

Quando um gato se auto limpa e começa a sem lamber inteiro, ele está removendo todos os pelos soltos no seu corpo.

Sua língua é áspera, possui minúsculas estruturas que vão apanhando os fios soltos e mortos da sua pelagem e, consequentemente, são engolidos.

A maior parte desses pelos passam por todo o trato gastrointestinal sem nenhum problema. Mas, de vez em quando, podem se acumular no estômago, formando uma bola de pelo.

Quando isto acontece, a região de saída do estômago fica bloqueada. Dessa maneira, a comida não consegue ser digerida e é expelida por meio de vômito.

Seu gato irá vomitar a bola de pelo que se formou no estômago, podendo também ser uma mistura de pelo com comida semi-digerida.

bola de pelo
Gato com sinais de engasgo e vômito

As raças de pelo longo são as mais suscetíveis às bolas de pelos. Além disso, gatos que perdem muito pelo ou que se limpam compulsivamente têm maior probabilidade de sofrer com bolas de pelos, pois acabam engolindo muitos fios.

ANÚNCIOS

Quando a bola de pelo se torna um problema sério?

O intestino dos gatos é preparado para processar pelos, tanto próprios quanto de presas.

Portanto, não é comum observarmos uma frequência alta de bolas de pelos em um gato saudável.

Em situações normais, todo pelo ingerido deveria ser eliminado pelas fezes.

Entretanto, em estações de troca de pelagem (primavera e outono) e no caso de gatos mais peludos, é comum esperar que o felino elimine oralmente até uma bola de pelo por semana.

Caso note uma frequência anormal de bolas de pelos ou os sintomas abaixo, contate o veterinário de confiança, pois estes podem indicar que seu gato está com algum bloqueio ameaçando sua saúde:

  • Vômito, engasgo, ânsia ou tosse de maneira contínua e sem produção de bola de pelo;
  • Falta de apetite;
  • Apatia;
  • Desconforto abdominal;
  • Constipação.

Se o seu gato apresentar qualquer um destes sinais de maneira repetitiva por mais de 24 horas, leve-o ao especialista.

Além de orientação, pode ser necessário um tratamento específico, como a remoção cirúrgica destes pelos.

ANÚNCIOS

Como prevenir?

Gatos são animais muito limpos, que possuem o hábito de se auto higienizarem.

Como dito anteriormente, é um processo natural dessa espécie, portanto não há como evitar totalmente que o seu bichinho vá produzir bolas de pelos.

Existem ações que os donos podem fazer para reduzir a probabilidade de tê-las ou sua frequência.

  • Limpe seu gato com frequência. Quanto mais pelo você remover do seu gato, menos fios ele irá engolir quando se auto limpar, evitando acúmulo no seu estômago. Escovar o seu animalzinho frequentemente, além de ajudá-lo, pode se tornar uma maneira divertida de se conectar com ele. Não esqueça também de realizar tosas frequentes.
  • Forneça nutrientes adequados. Já é possível encontrar comidas que auxiliam na redução de bolas de pelos. São fórmulas com alto teor de fibras desenvolvidas não só para melhorar a saúde da pelagem, como também a do intestino. Evitam que o pelo não seja corretamente digerido.
Comida anti-bola de pelo
Comida anti-bola de pelo
  • Utilize produtos específicos ou laxantes. Existem diversos produtos disponíveis para auxiliar com as bolas de pelos. A maioria dos quais são laxantes leves que ajudam as bolas de pelos a passarem pelo trato digestivo.
  • Suspeite de limpeza excessiva. Caso você note que as bolas de pelos são decorrentes de limpeza compulsiva do seu bichinho, procure entretê-lo com outras coisas. Brinquedos, exercícios, entre outros, tudo o que o estimule a se movimentar e tirar sua atenção da higiene.

Em resumo, por mais que uma bola de pelo seja natural, sua presença recorrente pode indicar que seu gato não está saudável.

Preste atenção nos sinais do seu gato.

Qualquer aumento na frequência, procure seu veterinário.

ANÚNCIOS

Siga no Facebook

Em Alta