Beleza

O Boticário é cruelty free? Saiba aqui!

Você sabe se o Boticário é uma marca cruelty free? Confira, hoje, se uma das maiores marcas de cosméticos do Brasil usa animais para testes.

Anúncios

Descubra se a marca O Boticário é cruelty free

O Boticário é cruelty free?
O Boticário é cruelty free?

O Boticário é cruelty free? Veja, hoje, tudo sobre os seus produtos e sobre a relação que a marca tem com o uso de animais em testes cosméticos e dermatológicos.

Muito se fala sobre a responsabilidade social das empresas. Ela se revela no cuidado com as leis trabalhistas e ambientais. Ainda, ao respeito à diversidade e à promoção de medidas que ajudem na construção de uma sociedade melhor e mais justa.

Portanto, quando falamos em responsabilidade social também nos referimos aos processos produtivos. E, neles, o respeito à vida. Contudo, esse respeito não deve ser apenas à vida humana, mas a todas as formas de vida que existem.

E é exatamente aqui que entra o conceito de cruelty free. Ele se refere ao uso de animais em testes para produtos humanos. Para saber mais sobre o assunto e se o Boticário é cruelty free, continue sua leitura e confira!

Produtos cruelty free: o que são? Veja aqui!

Hoje muito se fala em produtos cruelty free. Mas você sabe exatamente o que são eles? Conheça hoje e veja as vantagens e porque usá-los.

Anúncios

O que são marcas cruelty free?

São marcas que dispensam do seu processo produtivo o uso de animais para testes dos novos produtos e fórmulas. Por isso, esse selo se refere às fabricantes de cosméticos, produtos de higiene e de beleza que não usam animais como testes.

O termo, portanto, se refere ao respeito à vida animal e ao não uso de animais como cobaias. Porém, não diz respeito apenas ao uso direto de animais. Ele também inclui o uso indireto. Isto é, que a marca não use ingredientes cujos fabricantes usam testes animais.

Assim, exige-se que a marca não use animais em seus testes e, também, não patrocine testes de terceiros em bichos.

Portanto, para saber se o Boticário é cruelty free é necessário analisar esses pontos na sua conduta. Abaixo, então, confira se o grupo Boticário pode ser visto dessa maneira.

Afinal, a marca O Boticário é realmente cruelty free?

O Boticário é cruelty free?
O Boticário é cruelty free?

A marca Boticário aponta que não usa testes em animais há mais de 20 anos. Igualmente, que não faz uso de ingredientes que surgem a partir de testes em animais. Portanto, ela pode ser considerada como cruelty free.

Seus produtos possuem selos que apontam o reconhecimento dessas condições por importantes órgãos internacionais, como veremos abaixo. O que deve ficar claro, contudo, é que o Boticário pode ser cruelty free, mas não é vegano.

Uma empresa vegana é aquela que não usa ingredientes com origem animal, qualquer seja ela. Da mesma forma, requer que a empresa não patrocine eventos que sacrificam ou maltratam dos animais. 

Contudo, o que acontece é que apesar do Boticário ser cruelty free, ele usa alguns ingredientes de origem animal. Por exemplo, leite e mel, dentre vários outros. Entretanto, já é possível ver grandes avanços da marca.

Uma simples pesquisa no seu site aponta que o Boticário possui 1.017 produtos veganos. Isto é, sem qualquer ingrediente de origem animal. Além disso, todos os que são assim possuem informação nas embalagens, sendo facilmente reconhecíveis.

Por fim, cabe ressaltar que mesmo tendo alguns selos de cruelty free, o Boticário ainda causa algumas polêmicas quanto às suas condutas. Abaixo, entenda.

Anúncios

O que diz a marca O Boticário ?

O Boticário é cruelty free?
O Boticário é cruelty free?

O Boticário ressalta, em sua página, a inexistência de uso de animais em testes. Veja o que diz publicação do grupo ainda em abril de 2021:

“O Grupo Boticário e O Boticário não realizam testes em animais nos produtos fabricados em suas operações, para marcas próprias e/ou licenciadas, nem em matérias-primas há mais de 20 anos, mesmo não havendo legislação que proíba a prática no Brasil, e exige esse mesmo compromisso de seus fornecedores.

Não realizamos testes em animais e fomos pioneiros no Brasil na criação de métodos alternativos. Hoje, são mais de 50 métodos desenvolvidos por nossos pesquisadores, que garantem a segurança e a eficácia dos produtos. Entre eles, destacam-se a pele 3D – que simula a pele humana – e o organs on a chip – que atua como um órgão humano em um chip.”

Além disso, a marca se orgulha dos seus selos que atestam o não uso de animais em testes. Veja, então, o que diz a marca Boticário sobre ser cruelty free:

“Temos o selo Beauty Without Bunnies, da PETA, voltado a marcas que oferecem cosméticos e outros produtos de cuidados pessoais que não são testados em animais. Também temos o selo Leaping Bunny, o que significa que todos os produtos das nossas marcas são aprovados pela organização de proteção animal Cruelty Free International, um programa de referência internacional que certifica produtos livres de crueldade animal”.

O que dizem sobre isso?

Como vimos acima, o Boticário afirma ser cruelty free ao mesmo tempo em que sustenta selos de instituições importantes que afirmam isso. Onde estão, então, as polêmicas? Pois bem, vamos aos fatos.

Muitas instituições e representantes da causa vegana e animal afirmam que o Boticário não seria realmente cruelty free. E isso decorreria do fato de que ele faz parte da ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos).

Ou melhor, não só faz parte, mas também ocupa importantes papéis no conselho da Associação. Dessa forma, em 2018 essa associação, cuja presidência estava nas mãos do Grupo Boticário, entrou com uma ação no Supremo Tribunal Federar.

Essa ação, então, visava derrubar algumas leis estaduais que proíbem o uso de animais nos testes. Portanto, ativistas apontam que o Boticário não é cruelty free. E isso se deve ao fato de que ele tenta, ainda, derrubar normas que protegem o reino animal.

Nesse sentido, o principal argumento dos ativistas é que a empresa ocupava a presidência da ABIHPEC. Com isso, tomou um posicionamento nocivo e que representaria os princípios da empresa.

Portanto, mesmo que o Boticário não use testes em animais no seu processo produtivo, é como se ele estivesse sendo favorável à liberação. E, com isso, permitia outras empresas e o próprio Boticário ao uso desses testes. 

Marcas cruelty free

Você sabe quais são as marcas cruelty free? Então confira a lista completa e saiba com quem comprar sem que isso cause prejuízos aos animais.

Sobre o autor

Aline Mesquita

Redatora profissional e Analista de Sistemas, apaixonada pela escrita e pelo aprendizado! Especializada em Marketing de Conteúdo e SEO.

Em Alta

content

Maquiagem para iniciantes: conheça 7 truques

Existem alguns truques de maquiagem para iniciantes como a escolha do pincel correto e a ordem de passar cada produto. Saiba mais aqui!

Continue lendo
content

Curso de fotografia de autorretrato para iniciantes Domestika!

O curso de fotografia de autorretrato para iniciantes domestika é muito recomendado para quem está buscando mais conhecimento na área. Veja!

Continue lendo
content

Maquiagem perfeita: veja 8 dicas incríveis!

Como fazer a maquiagem perfeita? Veja aqui as dicas e toda a preparação necessária para você conseguir uma make incrível!

Continue lendo

Listas

As 10 raças de cachorro pequeno mais populares e fofas

Se você está pensando em ter um cachorro em casa pequena ou apartamento, confira nossa lista de raças pequenas antes de adotar seu amigo peludo. Dessa forma, descubra as principais características de algumas raças e veja a média de tamanhos!

Descubra quais são as raças de cachorro pequeno populares e fofas

Antes de mais nada, quem é que resiste a um cachorro? Um olhar doce, um beijo de nariz molhado e pronto, estamos rendidos! Aliás, quanto menor o cão, mais fofo ele parece! Se você mora em apartamento e também quer ter um melhor amigo peludo, trouxemos aqui algumas raças de cachorro pequeno populares e fofas para você escolher.

Nesse sentido, raças pequenas se dão melhor em espaços menores. Portanto, um cão de pequeno porte pode ser ideal se você mora em apartamento, ou ainda se sua casa for menor. Assim, eles podem se adaptar melhor a esse tipo de ambiente. Então, confira nossa lista a seguir.

Preço de cachorro de raça: qual é a média?

O preço de cachorro de raça pode variar bastante entre eles, dependendo do porte, do tipo, e de vários outros fatores. Veja mais aqui!

10 raças de cachorro pequeno mais populares e fofas: confira!

Primeiramente, lembre-se de que cada cão possui uma diferente personalidade. Entretanto, de um modo geral, podemos classificar algumas raças que tem mais propensão a serem agitadas, inteligentes ou até mesmo pacientes. Então, confira 10 sugestões de raças de cachorro pequeno populares e fofas.

Pug

A raça clássica de cão com focinho achatado e um corpo rechonchudo é o Pug. Embora não tenha muito fôlego para fazer atividades mais pesadas ou passeios longos, essa raça tem bastante energia, além de ser um cão travesso.

Além disso, o Pug também é bastante amoroso, muito apegado com seus donos. Então não fique surpreso se perceber que ele te segue pela casa. Ademais, essa raça não costuma passar de 30cm de altura, mas pode se tornar obeso ao longo da vida, fique de olho! Dentre os problemas de saúde que ele pode apresentar estão problemas respiratórios e obesidade.

Yorkshire

Pois bem, uma das menores raças de cachorro pequeno populares e fofas que vamos apresentar aqui é o Yorkshire. Assim, sua altura padrão é de 22cm de altura apenas, podendo chegar a pesar 3,5kg!

Embora seja uma raça bastante peluda, o Yorkshire não costuma perder muitos pelos pela casa. No entanto, pode ser que você tenha mais trabalho com a sua manutenção. Escovações frequentes são muito indicadas.

Além do mais, essa raça é ótima com crianças e ter uma personalidade brincalhona e amorosa. Assim, os problemas de saúde mais comuns são problemas no fígado e nos dentes.

Pinscher

Com altura média de 27cm e chegando a pesar de 3 a 5kg, o Pinscher é mais uma dentre as raças de cachorro pequeno populares e fofas que você pode ter. Além disso, a raça é muito popular no Brasil, embora tenha um comportamento mais defensivo.

Aliás, o Pinscher também é um cão bastante agitado e costuma latir muito. Além do mais, a raça pode apresentar problemas ortopédicos ao longos da vida. Ademais, são cães muito inteligentes e tem uma boa expectativa de vida.

Shi Tzu

Antes de tudo, essa raça de cachorro é uma das mais amorosas e gentis. Portanto, são opções ideais para quem quer uma companhia, além de se adaptarem muito bem a vida em apartamentos. Além disso, o Shi Tzu não costuma soltar muitos pelos, mas é sempre bom manter a escovação em dia.

Ademais, uma altura padrão da raça é de 27cm apenas, podendo pesar entre 4,5 e 7,5kg. Além disso, essa é uma raça silenciosa e se dá muito bem com toda a família. No entanto, é preciso ficar atento, já que o Shi Tzu é bastante propício a ter doenças de pele e alergias.

Maltês

Então, como o próprio nome diz, a raça se originou em Malta, e tem um tamanho médio de 25cm. Dessa forma, o Maltês se enquadra nas raças de cachorro pequeno populares e fofas que listamos aqui.

Assim, a raça é bastante peluda e requer manutenção frequente, embora não deixe muitos pelos pela casa. Portanto, esteja ciente que você deverá escová-lo e levá-lo ao petshop com frequência. Ademais, o Maltês é um cão bastante carinhoso e leal, mas tem um temperamento agitado.

Chihuahua

Talvez o menor cão da nossa lista de 10 raças de cachorro pequeno populares e fofas, essa raça surgiu no México e é bastante popular ao redor do mundo. Então se você procura um amigo peludo que caiba dentro da sua bolsa, pode ser que você se encante pelo Chihuahua.

Ademais, essa raça é apegada aos donos, além de muito carinhosos e leais. Aliás, o Chihuahua tem a fama de ser protetor, não interagindo bem com pessoas que não conhece. Assim, devido aos latidos agudos, pode ser que não seja uma boa opção para apartamentos, dependendo do seu vizinho.

Beagle

Primeiramente, o Beagle é uma raça de cão que se dá muito bem com crianças. Embora seja um pouco teimoso, essa raça é muito carinhosa e tem bastante energia. Portanto, será necessário levá-lo para passear todos os dias.

Ademais, os Beagles são propensos a ter problemas de otite, além de engordarem fácil. Assim, fique atento para que ele não fique obeso, ou você poderá desencadear outros problemas de saúde.

Poodle

Uma das mais famosas raças de cachorro pequeno populares e fofas, o Poodle é um dos cães mais queridos pelos brasileiros. Ademais, a raça possui diversas variações como Toy, miniatura e o médio. Assim, ele pode variar bastante sua altura e peso, mas se adapta muito bem a vida em apartamento.

Além disso, o Poodle é uma raça leal e muito carinhosa que gosta de ficar próxima aos donos. No entanto, seus pelos longos exigem cuidado e tosa constante. Então procure fazer uma boa escovação em casa pelo menos uma vez na semana.

Papillon

Primeiramente, essa raça tem origem francesa e suas orelhas grandes e peludas são bastante características. Ademais, o Papillon pode apresentar problemas ortopédicos durante a vida, embora seja um cão saudável.

Além do mais, o Papillon é um cão muito leal e carinhoso com os membros da família. No entanto, ele não se dá bem com pessoas desconhecidas, se tornando quase um cão de guarda dos seus donos. A raça tem um peso médio entre 1,5 a 4,5kg e pode chegar a medir 25cm de altura.

Dachshund

Por fim, uma das mais famosas raças de cachorro pequeno populares e fofas no brasil, temos o famoso “salsicha”. Com altura média de 21cm, essa raça possui o corpo mais alongado e corre o risco de se tornar obeso com a idade.

Ademais, esse o Dachshund é uma ótima raça para famílias e se dá bem com crianças. No entanto, é um cão um pouco barulhento e adora latir, então talvez não seja a melhor opção para apartamentos. Além disso, a raça gosta de sair para passear e tem bastante energia para gastar.

Então, depois de todas essas dicas você ainda acha que prefere um cão de raça grande? Já conhece o Pastor Húngaro? Pois acesse nosso conteúdo a seguir e descubra tudo sobre essa raça!

Pastor Húngaro: saiba tudo sobre essa raça

A raça pastor húngaro é um cachorro de porte grande, com pelos longos e normalmente branco, um cão dócil e muito brincalhão. Veja mais!

Você também pode gostar

content

10 melhores cursos de marketing digital online e grátis: divulgue seu negócio!

Se você deseja se tornar um profissional de sucesso, confira nossa lista de cursos de marketing digital online grátis e faça sua inscrição!

Continue lendo
content

Vitaminas para pelo de cachorro: veja 10 principais!

As vitaminas para pelo de cachorro são essenciais para manter um pelo brilhante e sem quedas, mas existem outras vitaminas para a saúde.

Continue lendo