Animais

As 30 melhores e mais populares raças de gato!

Anúncios

30 – Oriental Havana (Havana Brown)

O Havana Brown foi o resultado de uma criação planejada entre gatos pretos siameses e domésticos, por um grupo de criadores de gatos na Inglaterra, na década de 1950. Os criadores adiantados introduziram um tipo siamês do azul do russo em sua criação.

Anúncios

29 – Tonquinês (Tonkinese)

Tonquinês é uma raça de gatos desenvolvida no início do século XX a partir do cruzamento entre o gato siamês e o gato birmanês. No início eram conhecidos como “siameses dourados”, mas a raça conseguiu o reconhecimento no Canadá e nos Estados Unidos da América.

28 – Ocicat

O Ocicat é uma raça de gato criada nos Estados Unidos. O Ocicat é uma raça de gato totalmente doméstica que se assemelha a um gato selvagem, mas não tem ADN selvagem em seu grupo genético. A raça é incomum em que é manchado como um gato selvagem, mas tem o temperamento de um animal doméstico.

Anúncios

27 – Gato de pelo curto americano (American Shorthair)

O Gato de Pelo Curto Americano é uma raça de gato originária dos Estados Unidos. É conhecida pela sua longevidade, saúde, docilidade com crianças e cães, além da sua beleza e temperamento calmo.

26 – Bobtail americano (American Bobtail)

Bobtail Americano é uma raça de gato desenvolvida nos Estados Unidos.

25 – Chartreux

O gato Chartreux, conhecido pelo seu sorriso enternecedor, é um gato silencioso e discreto, menos falador que a maioria dos felinos, mas muito ronronante, sendo que raras vezes se ouve miar. Aliás, quando o faz e se espera um miar forte, apenas se ouve um som minúsculo e delicado.

24 – Singapura

O Singapura é uma das mais pequenas raças de gatos, conhecida pelos seus grandes olhos e orelhas, pelagem castanha e cauda sem corte.

23 – Ragamuffin

O Ragamuffin é uma raça de gato doméstico. É uma variante do gato Ragdoll e foi estabelecida como uma raça separada em 1994. Ragamuffins são notáveis ​​por suas personalidades amigáveis ​​e peles grossas, como coelhos.

22 – LaPerm

LaPerm é uma raça de gato classificada nos Estados Unidos em 1982. LaPerms possuem muitas cores e estilos. Geralmente tem uma personalidade bastante afetiva.

21 – Siamês (Siamese)

Gato siamês é uma raça de gato oriental, caracterizada por um corpo elegante e esguio e uma cabeça marcadamente triangular. Pode ser confundido com a raça de gatos Thai que tem origem na raça siamesa mas apresenta uma morfologia bem distinta — O gato Thai é semelhante ao siamês antigo.

20 – Gato manês (Manx)

O gato manês ou manx é uma raça de gato originária da Ilha de Man cuja principal característica é a ausência de cauda.

19 – Burmilla

O Burmilla é uma raça de gato doméstico que se originou no Reino Unido em 1981. É um cruzamento entre as raças chinchila persa e birmanesa. As normas foram produzidas em 1984 e a raça ganhou status de campeã no Reino Unido nos anos 90.

18 – Balinês (Balinese)

O balinês é uma raça de pêlo longo de gato doméstico com coloração de ponto de estilo Siamês e olhos azuis safira.

17 – Ragdoll

Ragdoll é uma raça de gato desenvolvida nos Estados Unidos durante a década de 1950. Com seu porte gigante, temperamento dependente e dócil e uma pelagem longa e cheia, é um animal de características marcantes. O cruzamento foi feito entre uma gata tipo persa um macho norueguês da floresta.

16 – Sagrado da Birmânia (Birman)

Sagrado da Birmânia ou Birmano é uma raça originária da França. Tornou-se bastante popular no mundo. Hoje, está entre as 10 que mais registram nascimentos nas principais entidades do exterior.

15 – Mau egípcio (Egyptian Mau)

O Mau Egípcio é uma raça de gato que descende de animais originários do Antigo Egipto. Podem ser vistos em papiros e construções egípcias anteriores a 1000 a.C. A raça esteve perto da extinção, no entanto, têm sido feitos cruzamentos na Europa para se criarem gatos que apresentem os padrões da antiga raça.

14 – Somali

O gato somali é frequentemente descrito como um abissínio de cabelos compridos; um produto de um gene recessivo em gatos Abissínios, embora a forma como o gene foi introduzido no pool genético do Abyssinian é desconhecida.

13 – Gato Angorá (Turkish Angora)

O gato angorá é uma raça de gato doméstico. É uma das raças mais antigas e naturais, tendo surgido na região de Ancara, na Turquia. A raça tem sido documentada desde o início do século 17 e acredita-se ser a origem das mutações, tanto para a coloração branca e pelos longos.

12 – Siberiano (Siberian)

O siberiano é uma variedade de gato doméstico, presente na Rússia há séculos, e mais recentemente desenvolvido como raça formal, com padrões promulgados desde o final dos anos 80. Eles variam de médio a médio e grande porte.

11 – Gato pelado canadense (Sphynx)

Sphynx, ou gato pelado canadense, é uma raça de gatos originária do Canadá, e que é conhecida por não possuir pêlos. O gene responsável pela sua nudez é a alopécia hereditária e é recessivo.

10 – Maine Coon

Maine Coon é uma raça de gato estadunidense. É considerada a raça americana de pêlo longo mais antiga, além de ser a maior de todas as raças de gato do mundo. Foi reconhecida como raça oficial no estado norte-americano do Maine, onde era famoso pela sua capacidade de caçar ratos e tolerar climas rigorosos.

9 – Norueguês da Floresta (Norwegian Forest Cat)

Norueguês da Floresta é uma raça de gatos de aspecto selvagem oriunda da Noruega.

8 – Curl Americano (American Curl)

The American Curl é uma raça de gato caracterizada por suas orelhas incomuns, que se enrolam para trás do rosto em direção ao centro da parte de trás do crânio. As orelhas de um American Curl devem ser manuseadas com cuidado, pois o manuseio brusco pode danificar a cartilagem do ouvido.

7 – Gato-de-bengala (Bengal)

O gato-de-bengala, ou Bengal, é uma recente raça de gato americana, que originou-se do cruzamento seletivo entre gatos domésticos e o gato-leopardo asiático, que habita regiões próximas ao Golfo de Bengala. O qual pode também ser domesticado, embora uma licença seja requerida na maior parte dos países.

6 – Bombain (Bombay)

Bombaim é uma raça de gatos de pelagem curta e preta, originária dos Estados Unidos da América. A história dessa raça começa quando a norte-americana Nikki Horner decidiu criar um gato que fosse a miniatura de uma pantera-negra.

5 – Gato Pérsia (Persian)

Persa é uma raça de gato doméstico originária do Irã, antiga Pérsia. É conhecido por sua aparência chamativa, de pelagem longa e focinho achatado.

4 – Gato de pelo curto inglês (British shorthair)

Gato de pelo curto inglês é uma raça de gatos de origem britânica. É mais conhecida por sua pelagem cinza e olhos amarelos vibrantes. É provavelmente a mais antiga raça de gato, e uma das mais populares.

3 – Bobtail japonês (japanese Bobtail)

O Bobtail Japonês ou mi-kê é uma raça de gato originária do Japão.

2 – Scottish Fold

Scottish Fold é uma raça de gato doméstico originária da Escócia. Os gatos desta raça possuem naturalmente um gene dominante mutante, que afeta as cartilagens do corpo, e produz exemplares de orelhas dobradas.

1 – Gato exótico (Exótico shorthair)

O exótico, também chamado de gato exótico, é uma raça de gato que possui a aparência do gato persa, mas com os pelos curtos. Foi resultante do cruzamento entre o gato de pelo curto inglês e gato de pelo curto americano com o gato persa, para a obtenção de um gato de constituição robusta e pelos curtos e grossos.

Em Alta

content

Curso de manicure Faby Cardoso: conheça o curso online!

Conheça o curso de manicure online Faby Cardoso e aperfeiçoe suas técnicas em cutilagem e esmaltação sem sair de casa, com certificado! Veja!

Continue lendo
content

Comunicação felina: tudo sobre a linguagem dos gatos

A comunicação felina é repleta de sinais e sons que os gatos emitem quando querem dar alguma mensagem. Conheça mais sobre ela aqui!

Continue lendo
content

Como fazer um certificado de curso de maquiagem?

Para que você consiga fazer um certificado de curso de maquiagem é importante ter em mente algumas dicas práticas, veja como e comece hoje!

Continue lendo

Beleza

Moda para pessoas baixas: veja 8 dicas e se inspire!

A moda para pessoas baixas requer alguns cuidados. Conheça, hoje, dicas e inspirações para valorizar seu corpo e arrasar!

Descubra ótimas dicas de moda para pessoas baixas

Existem alguns cuidados de moda para pessoas baixas que evitam achatar a silhueta. Conheça quais são eles e veja como valorizar ainda mais seus looks!

O formato do corpo influi nas melhores escolhas de peças e de combinações. E isso inclui, é claro, a altura. Por isso, saber algumas dicas para o seu tipo é uma forma de evitar erros comuns. Igualmente, de se destacar sempre.

Em relação à moda para pessoas baixas, o que mais influi é a possibilidade das roupas acharem-nas. Isto é, façam-nas parecer menores do que realmente são. Ao mesmo tempo, podem diminuir as pernas ou fazer com que o tronco pareça maior que elas.

Mas da mesma forma que existem situações e que isso pode ocorrer, também existem formas de evitá-las. Para saber como evitar e ao mesmo tempo apostar nas melhores peças e combinações, continue lendo! Abaixo estão dicas maravilhosas e que valorizarão seu tipo físico!

O que as baixinhas devem evitar usar?

Em geral, a moda para pessoas baixas pede que sejam adotados cuidados com as peças que podem achatar o corpo. Não apenas de achatá-lo, mas de dar impressões de assimetria. Assim, existem algumas peças e combinações que deve ser evitadas.

Confira algumas delas:

  • Botas de cores diferentes às da roupa, meia calça ou calça. Isso, afinal, “corta” as pernas e fazem-nas parecer menores do que realmente são;
  • Listras horizontais, que tendem a engordar e achatar a silhueta;
  • Uso de cores muito contrastantes, como estampas com fundo em tom muito diferente;
  • Roupas com comprimento entre joelhos e canela, pois encurtam as pernas;
  • Estampas grandes;
  • Volume como franzidos, babados e até mesmo pregas.

Antes de vermos algumas dicas de moda para pessoas baixas, uma ressalva é necessária. Embora a moda contraindique essas peças para quem tem estatura baixa, a decisão é sua. Isto é, é possível ser baixinha e mesmo assim usar tais peças com estilo.

Basta que você se sinta bem, afinal. Além disso, é possível evitar os efeitos que essas peças ou combinações geralmente dão. Isso pode ocorrer de acordo com os calçados e acessórios.

Ao final, o que importa é o seu estilo. Contudo, se o seu desejo for alongar e evitar o achatamento, então você deve evitar a lista acima. Da mesma forma, deve seguir nossas dicas, conforme as que seguem abaixo!

Looks de trabalho para calor

Nem sempre é fácil compor looks de trabalho para o calor. Veja dicas de como contornar as altas temperaturas sem sair do dress-code.

Que tipo de roupa pode ser usada na moda para pessoas baixas? Veja 8 dicas!

Agora você já sabe o que pessoas de baixa estatura devem evitar para não achatá-la ainda mais. Por outro lado, resta saber quais são as dicas de moda para pessoas baixas que dão certo! E, para isso, basta que você continue lendo e confira alguns truques que não têm erro.

01 – Use sapatos e calças da mesma cor

Em primeiro lugar, usar calças e calçados da mesma cor é uma ótima forma de usar a moda em seu favor. Quando você mantém o look monocromático na região das pernas, elas são parecem menores. Isto é, você não apenas não “corta” as pernas, como também as alonga.

Assim, use a mesma cor em meia-calça e calçado. Igualmente, em calças skinny e nos sapatos que você usará com eles. Dessa forma, aproveite esse truque ao usar vestidos, saias, calças ou leggings! Independentemente da ocasião, ele cabe perfeitamente.

02 – Aposte em estampas com tons semelhantes à cor de fundo

A nossa segunda dica de moda para pessoas baixas é quanto ao uso de estampas. É verdade que se deve evitar aquelas grandes. Contudo, isso não significa que as baixinhas não possam usá-las. Com alguns cuidados é possível usá-las.

Para isso, evite estampas cuja cor delas e do fundo destoe muito. Isto é, estampas claras com fundos escuros e vice-versa. As baixinhas devem dar preferência às estampas que tenham cor semelhante à de fundo.

03 – Listras na vertical fica incrível para usar na moda para pessoas baixas

A terceira dica de moda para pessoas baixas é o uso das listras. Se de um lado não se deve usar listras horizontais, de outro as verticais são perfeitas para quem tem baixa estatura. Isso, pois, elas alongam a silhueta!

Aposte nelas principalmente em relação às calças, saias e às peças únicas, como vestidos e macacões.

04 – Maxi colares e brincos grandes

Os brincos e os colares grandes também ajudam a alongar a silhueta. Enquanto as demais dicas até agora focavam mais na parte inferior do corpo, aqui nos voltamos à superior. Por isso, não deixe de usar acessórios longos.

Eles, ao mesmo tempo em que não achatam, ajudam a alongar. Da mesma forma, são ótimas formas de enriquecer um look e se destacar.

05 – Cintura alta marcada

Use e abuse das peças com cintura alta e marcada! Seja com shorts, calças ou saias, isso sempre ajuda a alongar as penas. Além disso, também considere os casacos e blazers compridos e acinturados.

Nesse caso, você também pode apostar em cintos sobrepostos. Isso sempre ajuda a alongar as pernas e silhuetas.

06 – Looks Monocromáticos

Como falamos anteriormente, a moda para pessoas baixas pede cuidado com cores. Especialmente no uso de cores contrastantes. Por isso, apostar em looks monocromáticos é, além de chique e fashion, ajuda a alongar.

Além disso, você pode apostar nas peças retas e mais largas, da mesma cor, para deixar seu corpo proporcional. Assim, parece que o seu tronco e pernas são proporcionais. Isso é muito importante especialmente para as baixinhas de pernas curtas.

07 – Decote em V é ideal para moda para pessoas baixas

Nossa sétima dica de moda para pessoas baixas é abusar do decote em V. Ele estica o pescoço e, automaticamente, ajuda a passar a impressão de que se é mais alta.

08 – Calça Flare

Por fim, nossa última fica de moda para pessoas baixas é a calça flare. Mais uma vez, ela dá a impressão de que você é mais alta. Além disso, ela permite o uso de cintura alta e marcada conjuntamente.

Da mesma forma, com ela você pode esconder o salto, de modo que parece que você é naturalmente mais alta.

Como usar coturnos: 5 dicas

Saber como usar coturnos é uma maneira de ir além do usual e arrasar no estilo. Hoje, aprenda dicas de como usar esse item que está em alta.

Você também pode gostar

content

Plaid nails: conheça a tendência das unhas xadrez!

Uma das tendências mais fortes desse inverno são as Plaid Nails, que são as unhas com padronagem xadrez! Clique e veja como fazer.

Continue lendo
content

As 15 raças de gatos mais carinhosas

Se você adora ficar pertinho do seu animal de estimação, precisa conhecer as 15 raças de gatos mais carinhosas que existem. Confira aqui!

Continue lendo
content

Top 10 melhores oportunidades na indústria da Beleza!

Confira as áreas com mais oportunidades no mercado de trabalho da beleza, como designer de cílios e designer de sobrancelhas! Veja mais aqui!

Continue lendo